Conquista: Sem médicos, mulher dá à luz na recepção do Hospital Municipal Esaú Matos

hospital

Uma das referências na saúde pública do Sudoeste Baiano está sendo alvo de críticas nos últimos meses. Trata-se do Hospital Municipal Esaú Matos, gerido pela Fundação Pública de Saúde de Vitória da Conquista. Recentemente o Blog do Anderson denunciou a falta de alimentação e óbito em procedimentos de partos. Neste final de semana o problema se agravou com a falta de médicos para obstetrícia o que tem motivado revolta por pacientes que buscam a unidade atendida exclusivamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Pela manhã deste domingo (8) uma mulher teve o trabalho de parto numa poltrona da recepção, enquanto aguardava por um médico, fato registrado em vídeo e distribuído por redes sociais. Segundo informações da família, o recém-nascido não resistiu e morreu logo após o seu nascimento. Leia mais sobre  o assunto, clique aqui


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas