Confusão: chapa de oposição é impugnada para concorrer à presidência da câmara em Itiruçu

Este parecer foi fotografado pela câmera do Blog Itiruçu Online.

Este parecer foi fotografado pela câmera do Blog Itiruçu Online.

Pela primeira vez na história das eleições da mesa diretora da Câmara de vereadores em Itiruçu, uma chapa foi impugnada.

O motivo, ainda confuso, segundo a assessoria jurídica da Câmara, se deu mediante a autorização de um nome que compõe à chapa e sem os dados da Câmara de vereadores, a qual foi classificada como um colapso.

A chapa de oposição tenta uma liminar tornando a decisão sem efeito. Caso consiga, a eleição será realizada hoje com as duas chapas, caso contrário apenas uma chapa concorrerá. A situação movimenta os bastidores político da cidade.

 Val Caetano disputa a reeleição na Casa Legislativa

Val Caetano disputa a reeleição na Casa Legislativa, agora como candidato único.

Os vereadores da situação protocolaram na noite da última segunda-feira (08), na secretaria parlamentar da Câmara Municipal de Vereadores, um documento pedindo registro da 2ª chapa para concorrer à eleição da Mesa Diretora da Casa Legislativa de Itiruçu para o biênio 2015/2016.

As assinaturas dos Edis asseguram a disputa da Chapa que tem a seguinte composição: Presidente – Erisvaldo Teixeira de Novaes, (Pros); Vice-presidente – Paulo Ézio Silva das Mercês (PSB); 1° Secretário – Josevi Umburanas (PMDB); 2° Secretário – Agnaldo Vieira Lopes (SSD).

Vereador Bauro deixou a base para ser presidente da Câmara, mas teve candidatura impugnada .

Vereador Bauro deixou a base para ser presidente da Câmara, mas teve candidatura impugnada .

Confira a chapa de oposição, 1ª  a ser apresentada na Câmara e impugnada nesta terça-feira pelo presidente da Câmara.

 

Presidente: Robson Mauro Ribeiro ( DEM)

Vice-presidente: Junior Petrúquio ( PT)

1º Secretário: Alexandre Maimone ( PC do B)

2º Secretário: Nilman Brochini

 

A briga na situação era na escolha do nome, que apesar da afirmação, o vereador Bauro restringia votar em alguns colegas, optando em receber os votos de oposição para se eleger presidente, como assim aconteceu na sua última presidência da casa, quando recebeu apoio do grupo do ex-prefeito Carlos Roberto Martinelli do PT, para depois se tornar o maior opositor que um prefeito já teve em Itiruçu, quando ao comando da Câmara.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas