Com apoio do Convale, Santa Inês inicia construção de aterro sanitário; confira outros serviços

          

A Prefeitura de Santa Inês, com apoio do Convale, deu iniciou a construção do aterro sanitário, que contará com uma estrutura totalmente orientada pela vigilância sanitária, além de uma grande área de compostagem, dentre muitos outros benefícios para o meio ambiente e comunidade santineense.

Ainda na cidade de Santa Inês, o município realiza em parceria com o Consórcio, a Escavação de aguada para o  Projeto Fazenda Urbana.

No município de Amargosa, a equipe do GAC realizou visita técnica ao Sítio Baixa de Areia de Itachama, para atendimento às demandas de licenciamento no município. A gestão recebeu o apoio da equipe técnica do S.I.M, juntamente com a equipe do GAC e com a Assessora Jurídica Dra. Renata Lima, que  estiveram no município para fazer uma segunda visita no empreendimento de Sr. Francirnei, com objetivo de verificar questões ambientais e oferecer todas as orientações necessárias para adequação do S.I.M.

Orientações para o Serviço de Inspeção Municipal  

GAC – Visita técnica ao Sítio Baixa de Areia de Itachama em Amargosa.

A adesão dos municípios aos Serviço de Inspeção Municipal – SIM-, com orientações do Convale, continua exigindo acompanhamentos e orientações visando o bom funcionamento.   O Consórcio tem dedicado esforços para acompanhar de perto todas as demandas possíveis.

A Equipe Técnica do Programa reuniu-se com a Secretária de Agricultura Municipal Queli Carmelinda, no município de Maracás, pautando estratégias para melhorar a divulgação do SIM no município e, assim, conscientizar não só os produtores, mas à população sobre a importância de consumir produtos que garantem sua qualidade e não traz riscos à vida do consumidor.

Foi discutida a importância de levar a informação a toda população e, sobretudo, buscar apoio dos gestores e das secretarias do município para conscientizar aos produtores que esta lei existe há muito tempo, e que é importante todos se adequem ao Serviço de Inspeção. Com isso terão a garantia de poder, além de vender no município, ainda vender os produtos por todo vale do Jiquiriçá.  Vale salientar que, independente dos produtores no município aderirem ao S.I.M, outros produtos produzidos no Vale e com a certificação em seus produtos, podem ser vendidos sem nenhum problema no município.

Operação Tapa-buracos na BA-026

O Consórcio tem feito possível para diminuir o aparecimento de buracos nas vias do Território, mas devido às dificuldades no fornecimento de emulsão asfáltica pelo Estado, o CONVALE está temporariamente impossibilitado de realizar a operação tá buraco com a massa usual. No entanto, para sanar problemas com buracos em algumas localidades, foi necessária a substituição da emulsão por cascalho.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas