Debate em Feira

A candidata a governadora Lídice da Mata, do PSB, comprometeu-se a transferir, logo no início de seu governo, o Parque de Exposições Agropecuárias da Bahia, que funciona em Salvador, para o Parque João Martins da Silva, em Feira de Santana.

“Vamos atrair para Feira uma parte do turismo de negócios por meio de uma forte agenda de eventos agropecuários na cidade, que tem muito mais vocação para este tipo de evento que Salvador”, explicou Lídice. Ela esteve neste domingo (14) em Feira, onde participou de debate com os demais candidatos ao governo na Rádio Princesa. No debate, a candidata reclamou do governo estadual, por não cobrar da Via Bahia, empresa que detém a concessão do trecho da Rodovia BR-324 entre Feira de Santana e a capital.

“É um absurdo que se tenha pedagiado a BR-324 e a viagem para Salvador, que antes durava pouco mais de uma hora, agora chega a durar mais de três. A Via Bahia atrasa obras, não presta um bom serviço e não há cobrança. Comigo no governo estadual e com Marina Silva presidente da República, eu garanto que esta situação será resolvida”, prometeu.Ainda no debate, a candidata lamentou a situação da saúde pública em Feira de Santana, que conta apenas com o Hospital Regional Clériston Andrade para atender os casos de média e alta complexidade. Lidice comprometeu-se a reformar a unidade de saúde, “que está degradada e por isso não tem condições de prestar um serviço de qualidade”, e assegurou que irá construir um novo hospital regional “para acabar com o déficit de leitos na região”


marina

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva comentou neste sábado, 13, as declarações da candidata à presidência Marina Silva, que chorou ao falar do ataques da sua ex-legenda. “A dona Marina não precisa contar inverdades a meu respeito para chorar”, disse durante ato de campanha em Sapopemba, negando que tenha feito ataques a sua ex-correligionária. “Nunca falei mal da dona Marina e vou morrer sem falar. Ela que tem de se explicar por que falou mal do PT”, afirmou.

Lula disse ainda que não costuma utilizar nome de adversários do palanque do PT. “Vocês nunca me viram xingando uma adversária, eu prefiro falar bem do meu candidato”, disse, ressaltando que nunca deixou de ter relação de amizade por conta de disputas eleitorais. “Agora não vai chorar na impressa porque eu nunca falei dela a não ser nesse comício”, disse.

O ex-presidente lembrou que Marina saiu o seu governo quando ela quis e explicou por que escolheu a presidente Dilma Rousseff para ser sua sucessora. “Na hora que eu tinha de escolher para quem ia entregar o direito de dirigir o País, tinha de entregar para a pessoa que achava mais preparada”, disse. Segundo ele, questionavam o fato de Dilma nunca ter tido um cargo executivo, mas ele disse que sabia que ela aprenderia a governar. “E a bichinha é inteligente e aprendeu”, disse. O ex-presidente disse ainda que “um verdadeiro líder não muda de partido toda hora”, alfinetando Marina. “um verdadeiro líder não muda de opinião toda hora, ele evolui.”


renata

A candidata ao governo baiana pelo PSTU, Renata Mallet, concede entrevistas e participa de atividades na Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) na sexta-feira (12). Já na quinta-feira  (11), Mallet concedeu entrevista ao site PIMENTA. Ela defende bandeiras do PSTU, avalia o quadro político baiano e disse que um eventual retorno de Paulo Souto (DEM) ao Palácio de Ondina será culpa do grupo do governador Jaques Wagner.

Para ela, o PT chegou ao poder e manteve algumas práticas carlistas – como a privatização da saúde, além de aliar-se a políticos do grupo do falecido ex-senador Antônio Carlos Magalhães.


luiz

Registrado para as próximas eleições concorrendo ao cargo de Deputado Federal, Manoelito Argôlo Júnior (SDD), irmão de Luiz Argôlo, que responde por envolvimento com o doleiro Alberto Youssef,  foi noticiado na Coluna Tempo Presente do jornal A Tarde desta sexta-feira (12). De acordo com informações do jornalista Levi Vasconcelos, corre o boato em Entre Rios, cidade em que Manoelito já comandou como prefeito, que ele seria o “Plano B” em caso de negativa do Conselho de Ética da Câmara dos Deputados ao irmão Luiz.


Em tempo, apesar de cadastrado com o nº 7733, Manoelito não faz campanha, o que reforça o burburinho.  Como gestor de Entre Rios, Manoelito Argôlo Júnior chegou a ter sua candidatura para 2012 impugnada por ter suas contas de 2008 rejeitadas, mas conseguiu parecer da Justiça Eleitoral.  Ele assumiu o lugar de José Aderval, que renunciou à disputa ao Congresso. Fonte: Bocão News. 


foto

Pesquisa Ibope divulgada nesta sexta-feira, 12, mostra ampliação da vantagem da presidente Dilma Rousseff, candidata à reeleição pelo PT, diante de sua principal adversária, Marina Silva (PSB). Dilma oscilou de 37% para 39% e Marina foi de 33% para 31%; dessa forma, as duas saíram da situação de empate técnico. O candidato do PSDB, Aécio Neves, manteve os 15% pontuados na semana passada.

Pastor Everaldo (PSC) tem 1% dos votos, também o mesmo índice alcançado na última sondagem. Os outros candidatos, somados, têm 1%, ante 2% no levantamento anterior. Brancos e nulos são 8%, ante 7% na sondagem anterior, e indecisos somaram 5%. Na pesquisa espontânea, em que não são apresentados os nomes dos candidatos, Dilma aparece com 35% das intenções de voto, seguida de Marina, com 23%, e de Aécio, com 12%. Outros somam 1%, brancos e nulos são 11% e não sabem ou não responderam somam 19%.

A pesquisa Ibope contratada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) entrevistou 2.002 eleitores em 144 municípios de todo o País entre os dias 5 e 8 de setembro. A margem de erro máxima é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos, em um nível de confiança estimado de 95%. Ou seja, se fossem feitas 100 pesquisas idênticas a esta, 95 deveriam apresentar resultados dentro da margem de erro. A pesquisa foi registrada na Justiça eleitoral com o número BR-00593/2014. O último levantamento Ibope, da semana passada, foi encomendado pelo Estado e pela Rede Globo.


mendes

O candidato ao Governo do Estado, Marcos Mendes (PSOL), encerrou hoje a série de entrevistas da rádio Metrópole, defendendo sua candidatura e disparando críticas aos seus adversários. Para Mendes, a população não pode apostar em um “passado retrógrado e nem em um presente como está”, se referindo aos candidatos do DEM e PT. O psolista citou a atual situação da segurança no estado e os ataques constantes às agências bancárias do interior. “Se eu fosse marginal, eu também faria a mesma coisa, já que não existe policiamento nos municípios”, disse.

O candidato defendeu também a participação popular no processo político. “O PSOL quer radicalizar o processo de participação popular. As pessoas foram eleitas com os votos da população. É preciso dialogar e ver o que é melhor para o estado da Bahia”, afirmou.  Questionado sobre a candidatura de Marina Silva à Presidência,  Mendes afirmou que ela não representa uma mudança real. “Marina demonstra a sede de mudança, mas para chegar no poder ela vai largar os seus princípios. Diz que vai dar autonomia ao Banco Central e sempre foi contrária ao agronegócio. Infelizmente as pessoas estão acreditando na mudança, mas não é real. Quem é a mudança real é Luciana Genro.” disse. (Política Livre). 


blogitirucuoline

Mais uma novidade pode surgir na política de Itiruçu e mudar todo um cenário na esfera municipal. É que, o atual prefeito tucano, Wagner Novaes, seguirá novos rumos caso Paulo Souto vença as eleições no estado. Amigo e aliado do deputado federal Jutahy Magalhães Junior (PSDB), Wagner será indicado pelo líder do PSDB a ocupar uma das secretarias no estado. A informação circula nos meios políticos dos corredores na Assembleia Legislativa do Bahia, em Salvador.

Caso o prefeito se afaste do cargo, para assumir uma pasta no governo estadual, ou na intenção de que a vice-prefeita Dra. Rita Novaes chegue para amenizar as desavenças dentro da prefeitura (outra hipótese para o pedido de afastamento do prefeito) e assim unir forças visando às eleições no ano de 2016. Portanto, ocorrendo tais informações, Itiruçu teria a médica Dra. Rita Novaes gerindo o município por um período de dois anos.

A notícia do afastamento já circula no âmbito municipal, apesar de ter um teor diferente e o prefeito parece suavizar a informação. No município, a conversa é de que Wagner avalia um pedido de afastamento por um período de 03 meses. É esperar para ver até onde as informações estarão corretas; uma coisa é certa: Wagner assumiu a coordenação da campanha de Paulo Souto em mais de 25 cidades. Estaria ele visando um degrau maior?


Mnilo

Contratante da pesquisa produzida pelo instituto Bahia Pesquisa e Estatística Ltda (Babesp), o presidente da Assembleia Legislativa (Al-BA), Marcelo Nilo (PDT), ironizou os números da última pesquisa Ibope divulgada nesta quarta-feira (10). A diferença mais significativa entre o levantamento encomendado pela TV Bahia e o divulgado pelo Babesp na última segunda-feira (8), de acordo com o parlamentar, seria a disparada na pontuação atrelada ao candidato ao governo Paulo Souto (DEM). Comparando as estimativas, Souto obtém sete pontos a mais na pesquisa do Ibope, com 46% das intenções de voto, em detrimento dos 39% apontados pelo levantamento do Babesp. Já o postulante Rui Costa (PT) possui uma diferença de três pontos em relação às aferições: de 24% no Ibope, para 27% no Babesp. Na avaliação de outros governáveis, ambas as pesquisas não possuem resultados distoantes, ou que se excedam em, pelo menos, 4%. “Por que só Souto tá diferente? Aumentaram”, acusou Nilo, em nota.

nilo

As avaliações do governo de Jaques Wagner contam com pontuações também bastante próximas, sem disparidades que excedam três pontos. As comparações entre ambos os levantamentos seriam uma resposta de Nilo quanto ao nível de credibilidade da pesquisa que ele encomendou, questionada após divulgação das relações do parlamentar com o sócio do Babesp. Recentemente, o Ministério Público (MP-BA) instaurou um inquérito civil para averiguar a bolsa de estudos da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) recebida por Matos para o seu filho. “O conceito de carência é relativo”, comentou Marcelo Nilo. O deputado afirmou, logo depois, que os critérios foram preenchidos. “Alguém que ganha R$ 4 mil não pode pagar R$ 2,5 mil de mensalidade da escola. Normalmente, as pessoas têm dificuldades para pagar a escola do seu filho, e ele tem não sei quantos. Estava dentro dos critérios. Ele ganha pouco. A empresa funciona só de dois em dois anos, para fins eleitorais”, respondeu o presidente do legislativo baiano. ( Bahia Notícias)


val

O Diretório do DEM de Itiruçu definiu que, em 2016, o partido lançará candidato a prefeito na cidade. Na última reunião do partido, com o deputado Sandro Régis, que consolidou atual presidente da Câmara de vereadores, Val Caetano, exercendo o 6º mandato, como o nome a ser defendido pelo partido ao cargo de chefe do executivo municipal.

Depois de ouvir as bajulações do vereador do DEM, Robson Mauro, citando Caetano como o nome a ser construído candidato pelo partido, afirmando que, buscará apoio do atual prefeito de Salvador, Acm Neto para que a legenda consiga lançar a candidatura.

Já o vereador Val Caetano, usou de discurso crítico aos que já concorreram à prefeitura, afirmando que ambos fazem promessas para que os jovens não precisem sair do município na busca por outros destinos mais desenvolvidos. “Aqui entra prefeito e sai prefeito com as promessas de que os jovens não irão mais sair e os que estão fora irão voltar, mas na prática não há quem busque projetos de novas fábricas para geração de emprego”, criticou o vereador.

 Resta saber se a ideia irá realmente ser amadurecida e se o vereador, em seu 6º mandato, usará do mesmo discurso dos demais para galgar a prefeitura.


Dilmajpg

A nova pesquisa Vox Populi/CartaCapital mostra uma vantagem de oito pontos percentuais da candidata à reeleição Dilma Rousseff (PT) sobre a adversária Marina Silva (PSB) no primeiro turno e um cenário de empate técnico no segundo. Na intenção de voto estimulada, Dilma aparece com 36%. Marina tem 28% e Aécio Neves, 15%. Este foi o primeiro levantamento da série após a morte de Eduardo Campos e a escolha de Marina Silva para substituí-lo, portanto não há base de comparação. Os demais candidatos somam 2%. Brancos e nulos seriam 7%. Outros 13% não souberam indicar um candidato ou não quiseram responder.

O Vox fez duas simulações de segundo turno. Marina Silva obteria 42% dos votos, contra 41% de Dilma Rousseff. Brancos e nulos somariam 10%, enquanto 7% estariam indecisos. Entre Dilma e Aécio, a petista venceria por 44% a 36%, com 12% de brancos e nulos e 8% de indecisos. Apesar de Marina ainda estar numericamente à frente no segundo turno, 49% do eleitorado aposta na vitória de Dilma Rousseff. Para 31%, a ambientalista será a nova presidenta. Apenas 8% ainda acreditam nas possibilidades de Aécio Neves.

O tucano possui ainda o maior índice de rejeição (45%). Dilma alcança 42% e Marina, 40%. O levantamento, com duas mil entrevistas em 147 cidades, foi realizado entre a segunda-feira 8 e a terça 9. Mostra, portanto, que o mais recente escândalo na praça, o vazamento de trechos da delação premiada do ex-diretor da Petrobrás Paulo Roberto da Costa, ainda não surtiu efeitos eleitorais. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais e o número de registro na Justiça Eleitoral é BR- 00588/2014.

Mais detalhes sobre a pesquisa na edição 817 de CartaCapital, que chega às bancas na sexta-feira 12.