xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic.ETOr0wQZW2

Descontentes com o prefeito da cidade, Artur Silva Filho (PP), servidores municipais de Barra, no oeste baiano, hostilizaram também o vice-governador da Bahia, João Leão (PP). Investigado pela Operação Lava Jato, Leão esteve no município, área considerada reduto eleitoral dele, para reinaugurar o Hospital Santa Rita, agora é administrado pela Fundação da Associação Bahiana de Medicina (Fabamed).

Porém, ao invés de comemoração, o vice-governador assistiu a um grupo de manifestantes portando cartazes com dizeres como “Barra não tem otário, Lava Jato nele” e “Leão, cadê o Lava Jato?”. Enquanto discursava, Leão ouviu ainda apitos e panelas, além de chamamentos de “mentiroso”, de acordo com o site Fernando Pop. Leão, inclusive, teria cancelado a participação em um ato público no centro da cidade após ser informado da possibilidade de hostilidade por parte dos manifestantes contrários ao prefeito. ( Bahia Notícias).


20150614172242

O prefeito de Itiruçu, Wagner Novaes (PSDB), participou da convenção estadual do PSDB, na manhã deste domingo (14), onde o deputado federal João Gualberto foi conclamado presidente estadual da legenda.

20150614172243

Com chapa única, o deputado foi eleito ao lado de seu vice, o ex-governador Nilo Coelho, para comandar o partido até 2017. O gestor itiruçuense é uma das lideranças que o PSDB quer manter no comando da  prefeitura de Itiruçu, visando à reeleição de Wagner em 2016.


balbinotancredoneves

Neste domingo (14) os 19 mil eleitores da cidade de Presidente Tancredo Neves, sul da Bahia, compareceram às urnas e elegeram o novo Prefeito e Vice-Prefeito do município. Valdemir de Jesus Mota, o Balbino, da Coligação “União e Trabalho (PT/PV)”, derrotou na disputa Carlito de Jesus Sacerdote na Coligação “Somos Mais Por Tancredo (PSDB/PMN)” e assumirá o município de forma efetiva até a próxima eleição, em 2016. Balbino já estava no comando do executivo local desde a cassação do ex-prefeito Moacy Pereira e seu vice, Moacir Félix.

De acordo do o Site Diário Paralelo, no dia 2 de junho deste ano o Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) manteve, por unanimidade, a eleição direta para a escolha do novo Prefeito e Vice-Prefeito do município. Os ministros da Corte negaram mandado de segurança apresentado pela Câmara Municipal da localidade, que pretendia que a eleição do novo Prefeito ocorresse de maneira indireta, por meio dos votos dos vereadores, por entender que a vacância dos cargos teria se dado na segunda metade do mandato dos cassados.


alexandrevereador

 O TRE julgou o processo de acusação contra o vereador do Alexandre Maimone (PC do B), nesta quinta-feira, dia 11, e o inocentou de uma das acusações de  abuso do poder político e captação ilícita de sufrágio, razão pelas quais foi requerida a cassação da diplomação de ALEXANDRE ANTONIO MASCARENHAS.

 

Este processo trata de uma Ação de investigação judicial Eleitoral –AIJA-, que discorreu da acusação   de que  um veículo da empresa Casa Brito entregava materiais para pagar votos que supostamente estavam sendo comprados pelo vereador no Pé na Jaca.

 

O processo de acusação havia sido vencido na Justiça Eleitoral Regional de Maracás, sendo na época o acusante recorrido da decisão.   O parecer da Justiça Eleitoral de Maracás foi mantido no TRE por 6 a 0 entre os 7 desembargadores, já que o presidente da mesa não vota de forma direta, apenas se houver empates. Foram quase 3 anos de processo e várias audiências. As decisões, exceto do Ministério Público, foram favoráveis ao vereador.

 

Em contato com o Itiruçu Online, o vereador comentou a decisão e disse que não guarda ressentimentos da acusação e que  o sentimento é de justiça.   “Minha sensação é de alegria e cada vez mais de fé em o nosso grande Deus, pois  costumo usar nas minhas falas  ‘ tu posso naquele q me fortalece’. Me sinto hoje um vitorioso e agraciado por mais essa vitória. Agradeço de coração a todos que acreditaram, torceram ,vibraram oraram por mim. Que o divino espírito santo ,junto com o mando sagrada da virgem Maria interceda com o nosso Deus iluminado cada um de vocês”, comentou o vereador, finalizando dizendo que não guarda magoa pelo processo que está enfrentando.

 

“Mágoa, não sinto, pois creio eu que foi no fervor da política, e no momento o meu coração é de alegrias e justiça. Sou uma pessoa simples, não guardo rancor. Tenho um bom relacionamento com os autores dos processos, nunca levei para o lado pessoal, pelo contrário tenho um bom convívio com todos. A vida é assim; sempre nos ensinando. Esse processo a meu ver, foi desconfortável, claro que sim, mais mesmo com esse desconforto obtive  aprendizado e experiências”, finalizou.

 

O vereador espera agora o julgamento de outro processo pelo abuso de poder econômico, que deve ser julgado nos próximos meses. O vereador acredita que sairá vitorioso.


iujdtgssgshss

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (10), por 348 votos a favor e 110 contra, fixar em cinco anos o mandato para todos os cargos eletivos- presidente, governador, prefeito, senador deputado federal, deputado estadual e vereador. A ampliação de quatro para cinco anos é uma maneira de “compensar” o fim da reeleição para mandatos do Executivo, aprovado em 28 de maio pelo plenário.

Atualmente o mandato de senador é de oito anos enquanto os demais cargos eletivos têm mandato de quatro anos.

Para os defensores da medida, o tempo maior à frente do governo é necessário para implantar e consolidar programas e políticas públicas, caso seja confirmada a proibição de dois mandatos consecutivos para presidente da República, governador e prefeito. O tamanho do mandato é um dos tópicos da reforma política, que começou a ser votada em plenário no final de maio.
Além da ampliação dos mandatos, a votação da reforma política, iniciada há duas semanas, resultou em outras três mudanças na legislação atual: o fim da reeleição, restrições de acesso de pequenos partidos ao fundo partidário e permissão de doações de empresas a legendas. Por decisão dos líderes partidários, cada ponto da proposta de emenda à Constituição, como o fim da reeleição, será votado individualmente, com necessidade de 308 votos para a aprovação de cada item.


Foto/Itiruçu Online
Foto/Itiruçu Online

O vice-governador da Bahia João Leão presta depoimento na tarde desta terça-feira (9), em Brasília. Ele é um dos políticos citados na lista do Supremo Tribunal Federal (STF), em inquérito relativo à Operação Lava Jato. A informação foi divulgada pelo repórter Wladimir Neto, da GloboNews.

Na época da divulgação da lista dos investigados, Leão se disse “triste” e “surpreso” ao ver seu nome citado. “Tenho a mais absoluta certeza de que a verdade vai aparecer e todos os fatos serão esclarecidos de forma transparente. De que cabeça erguida, com o apoio dos amigos, da família e do povo, continuarei trabalhando em defesa da Bahia e do Brasil”, disse.

Ele chegou a dizer também, em nota enviada à Folha de S. Paulo, que estava “cagando e andando na cabeça desses cornos todos”. O político do PP se referia às pessoas que o citaram durante as investigações.

João Leão é um dos quatro baianos na lista de investigados na Lava Jato, divulgada na sexta-feira (6). Além dele também foram citados o ex-ministro e conselheiro do Tribunal de Contas do Município (TCM) Mário Negromonte, o ex-deputado Luiz Argôlo e o deputado do PP Roberto Britto.

O vice-governador foi citado em delações premiadas durante a investigação da Polícia Federal, que apura esquema de corrupção na Petrobras. Na época, Leão era deputado federal. Na mesma petição, estão os nomes de Argôlo, hoje no Solidariedade, e de Negromonte, que também era deputado federal pelo PP.


sollaaa

O deputado federal Jorge Solla (PT), comentou ao Blog Itiruçu Online a citação da Sesab no período de maio e dezembro de 2014 – época das primeiras fases da Operação Lava Jato, em matéria da coluna Satélite do Jornal Correio.

 

Segundo a coluna, a empresa apontada como dona do helicóptero emprestado por Alberto Youssef ao ex-deputado Luiz Argôlo recebeu cerca de R$ 284 mil em contratos sem licitação com o governo do Estado. De acordo com o texto, os valores são referentes a 14 pagamentos realizados pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) pela compra de próteses e órteses, e ocorreram entre maio e dezembro de 2014 – época das primeiras fases da Operação Lava Jato.

Segundo o deputado, a empresa é credenciada para fornecer material para cirurgia ortopédica de coluna no HGE. “Chequei tudo com a direção do HGE. Não há qualquer tipo de problema. Nada que indique nenhum favorecimento, pelo contrário, estão com valores a receber da Sesab que não foram pagos porque a empresa está com débitos tributários. Pode ser que a empresa seja “laranja” de Youssef, mas o fornecimento junto a Sesab foi efetivamente prestado e documentado nas AIH de cada paciente operado no HGE”, disse Jorge Sola ao Blog Itiruçu Online.


yuserffff

A empresa apontada como dona do helicóptero emprestado por Alberto Youssef ao ex-deputado Luiz Argôlo recebeu cerca de R$ 284 mil em contratos sem licitação com o governo do Estado, apontou a coluna Satélite, do jornal Correio. De acordo com o texto, os valores são referentes a 14 pagamentos realizados pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) pela compra de próteses e órteses, e ocorreram entre maio e dezembro de 2014 – época das primeiras fases da Operação Lava Jato.

No Registro Aeronáutico Brasileiro, a Cardiomed Comércio e Representações de Materiais Médicos apareceria como dona do helicóptero Robinson, modelo R44 Raven II, com preço estimado entre R$ 1,5 milhão e R$ 2 milhões. Ainda assim, a empresa é classificada na Junta Comercial da Bahia como empresa de pequeno porte, com um capital social de apenas R$ 500 mil.

Segundo o portal de transparência do governo, a maior parte dos repasses à Cardiomed foi feita nos meses de junho, agosto e setembro, durante a campanha eleitoral. Até 2013, os negócios entre a empresa e o governo não passavam de R$ 4 mil. A Agência Nacional de Aviação Civil apontou que, mesmo que a Cardiomed seja a proprietária do helicóptero, ele era operado pela GDF Investimentos, que pertenceria ao doleiro Alberto Youssef – apontado pela Polícia Federal como chefe do esquema de propina na Petrobras. Informes do Bahia Notícias.


iracemaitaquaraaaaa

Recebida na Secretaria de Relações Institucionais do Estado (SERIN), a Prefeita Iracema Araújo esteve com Elisa Pellegrini, Coordenadora Executiva da pasta, agendando uma audiência com o Governador Rui Costa. O Governador já havia sinalizado o encontro com a Prefeita Iracema em outras oportunidades, onde dividiram palanques pelo interior do estado.

A audiência entre a Prefeita e o Governador deverá acontecer no início do segundo semestre, Iracema solicitará de Rui apoio em infraestrutura, que é um dos maiores desafios da gestão municipal.

O Governador Rui Costa vem pregando que os adversários políticos são seus aliados administrativos e com este discurso vem conquistando prefeitos que não marcharam com ele nas eleições de 2014.

Já a Prefeita Iracema faz questão de ressaltar que, seu partido é o município e que vai em busca de todos para que os anseios dos itaquarenses sejam atendidos. Por Weder Mello.


jawagnerrrr

O ex-governador da Bahia e ministro da Defesa, Jaques Wagner (PT), afirmou neste último sábado, dia 30 de maio, durante a etapa estadual do 5º Congresso Nacional do PT, no Hotel Fiesta, em Salvador, que o “erro do PT foi não ter feito a reforma política antes”.

Ele disparou críticas à aprovação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) sobre financiamento de empresas privadas a partidos políticos. “A democracia brasileira nao pode estar refém do financiamento empresarial de campanha. Os partidos políticos têm que ter autonomia pra viver. Tem que haver uma reforma política que abaixe os custos de campanha, como o financiamento público para que os partidos possam ter expressão da vontade popular”, disse.

De Acordo com a Tribuna da Bahia, Wagner disse ainda que o partido tem um saldo positivo “extremamente grande com o povo brasileiro”. “Nós precisamos ter orgulho da nossa caminhada de 35 anos”, declarou o ministro.