itirucuonline

Desde sua fundação, a UPB segue a filosofia de reunir e representar os municípios baianos buscando, por meio das suas potencialidades e individualidades, o fortalecimento de cada um e o consequente desenvolvimento estadual. Seus parceiros são os gestores municipais que acreditam no princípio municipalista como alavancados para a construção de um Estado e um país soberano.

Em seu discurso de abertura, na festa comemorativa do jubileu de ouro no dia 18 de agosto, a presidente da UPB Maria Quitéria lembrou da contribuição de seus fundadores e ex-presidentes que, em meio às dificuldades dos primeiros tempos, ergueram a entidade. “Chegamos ao jubileu de ouro de nossa associação, oxigenados pelas mudanças em curso. Fruto da Campanha SOS, iniciada pela UPB, acabamos de conquistar no Senado Federal o aumento de 1% para o FPM. Estamos confiantes em um acordo na Câmara dos deputados para que a medida seja sancionada o mais rápido possível e possa aliviar a crise que se arrasta nos municípios brasileiros, sobretudo, os da Bahia tão castigados pela seca, queda das receitas e má distribuição do bolo tributário. Além disso, reestruturamos departamentos técnicos, firmamos parcerias, capacitamos servidores das prefeituras afiliadas e reformamos dependências físicas para mais conforto e praticidade de todos aqueles que nos visitam”. Leia mais na UPB


ruicosta

O anúncio de novos investimentos para construção de 11 unidades básicas, centros integrados de Saúde para reforçar o atendimento com exames para diagnósticos e tratamentos; informatização do sistema, construção de oito centros de atenção psicossocial e um Centro de Referência do Trabalhador, além do hospital regional para Salvador e Região Metropolitana foi comemorado pelo candidato a governador Rui Costa. “Vejam os avanços imprimidos pelas gestões de Jaques Wagner”, chamou a atenção, reforçando que irá aprofundar os avanços obtidos pelo setor nos últimos anos, dando como exemplo a construção de novos hospitais regionais, uma das prioridades do Programa de Governo Participativo da Coligação Pra Bahia Mudar Mais. “O governador Jaques Wagner encontrou a Saúde totalmente sucateada. Eu encontrarei alicerces sólidos para desenvolver meus projetos e irei avançar muito, descentralizando o atendimento com a implantação de unidades no interior, para  aproximar os serviços da população, evitando que as famílias tenham que fazer longas viagens para tratamentos de saúde”.

Leia mais aqui


itirucuonline

O ex-governador Paulo Souto (DEM) seria eleito em 1º turno, caso a eleição fosse realizada no atual cenário político. Pesquisa estimulada do Ipespe/ Bahia Notícias, quando os entrevistados veem o nome dos candidatos em um cartão, mostra o candidato do DEM ao governo da Bahia com 47% das intenções de voto, percentual acima da soma dos votos válidos de seus adversários. Rui Costa (PT) aparece com 14% dos votos, em segundo lugar, seguido pela senadora Lídice da Mata (PSB), com 9% – o equivalente para ser considerado um empate técnico entre os dois postulantes, levada em consideração a margem de erro de 2,6% para mais ou para menos. O candidato Da Luz (PRTB) é opção para 2% dos 1.800 baianos entrevistados, enquanto Marcos Mendes (PSOL) e Renata Mallet (PSTU) são citados por 1% dos pesquisados. O número de pessoas que não sabem ou não responderam chega a 13% dos entrevistados, mesmo percentual daqueles que indicam votar branco ou nulo.

 

O cenário de liderança de Souto se repete quando a pesquisa é espontânea, quando os entrevistados respondem em quem votariam sem conhecer os postulantes ao governo da Bahia. O democrata possui 20% das intenções de voto, enquanto Rui é apontado por 7% dos eleitores pesquisados. Lídice também aparece na espontânea, com 3% das intenções de voto, um ponto à frente do governador Jaques Wagner (PT), que não é candidato nas eleições de 2014. Segundo a pesquisa Ipespe/ Bahia Notícias, 55% dos entrevistados não souberam ou não responderam em quem votariam para governador na pesquisa espontânea e brancos e nulos somaram 11%. Foram citados ainda como respostas os políticos Da Luz, Arthur Maia (SDD), Otto Alencar (PSD), ACM Neto (DEM), César Borges (ex-PR), José Ronaldo (DEM), Eduardo Campos (PSB), Aécio Neves (PSDB), Alan Sanches (PSD) e Nelson Pelegrino (PT). A margem de confiança da pesquisa registrada sob protocolo nº BA-00009/2014 é de 95%. Foram entrevistadas 1.800 pessoas em 75 municípios baianos, entre os dias 8 e 12 de agosto, e a margem de erro é de 2,6% para mais ou para menos.


lajedo

Os vereadores de Lajedo do Tabocal elegeram na última segunda-feira, 27, a Mesa Diretora da Câmara Municipal, biênio 2015/2016. A chapa única encabeçada pelo vereador Antonio Marcos Araújo de Sena e composta por PEDRO D’ANGELO DE SOUZA ( VICE-PRESIDENTE), ODIMAR ALMEIDA DE NOVAES (1º SECRETÁRIO) e CLAUDINEI NOVAES SANTOS (2º SECRETÁRIO). Com a nova formação do Legislativo, a oposição, em tese, mostrou força de melhor articulação.


10592799_316279971876928_5576872585954744910_n

Em entrevista a imprensa na manhã desta terça-feira (12) durante reinauguração da sede do Sine Bahia em Jaguaquara, o prefeito Giuliano Martinelli falou pela primeira vez sobre a ida do vice-prefeito Raimundo Louzado para a chapa de oposição e sobre o  afastamento da gestão municipal. Giuliano não estava em tom agradável ao citar a perda de um aliado político, para ele, é um desfalque irreparável tanto no campo político quando na gestão municipal.

“Esse é um assunto que muito mim entristeceu, isso é um fato. Estarei fazendo um pronunciamento com maior precisão depois que Raimundo falar da situação com a imprensa.  A meu ver, é uma prejuizo  irreparável, pois todos sabem que não o tenho apenas como vice-prefeito, mas também como amigo-irmão. A vida de cada um é feita de opções, eu tive a minha e ele está tendo a dele, que Deus abençoe àquele que estiver certo, eu não estou feliz com essa situação, acho que a união faz força. Sabemos de nosso comprometimento com o povo de Jaguaquara, não é atoa que hoje sou fiel ao grupo de João Leão, Cacá e Aderbal Caldas, por conta desse comprometimento com Jaguaquara. Eles acreditaram em mim como um agente transformador dessa cidade, então,  sobre meu amigo Raimundo falarei depois que ouvir o pronunciamento dele, mas uma coisa eu tenho dito sempre que uso os microfones da Rádio Povo: o povo de Jaguaquara não é mais besta não!  Os deputados que povoarão Jaguaquara nesta eleição, são os paraquedistas e já estão com as malas pretas em nosso município novamente. Ai, eu volto a repetir para que o  eleitorado de Jaguaquara  peça sua “fatia” do bolo também, pois o bolo é grande!  Eles estão usando de um momento político para se aproveitarem da situação e desarticular um grupo, mas tenho muita fé em Deus e sei  que nada irá atrapalhar meus planos, nosso Deus sabe de todas as coisas e comigo não será diferente”, afirmou Giuliano.

O prefeito ainda citou o atual prefeito de Itiruçu como um dos  que articulou a saída do vice-prefeito da base do governo, e em tom de decepção, disparou contra Wagner.

“O que muito mim decepciona, é que vejo um prefeito como Wagner Novaes, que sai de um município como Itiruçu, chorando em não poder realizar um São Pedro por não ter dinheiro, pregando não haver condições de pagar uma serie de coisas por falta de recursos e dai vem a nosso município para fazer propostas indecentes ao vice-prefeito e a grupos, fazendo uma “falsa promessa”, nada mais que isso ele está fazendo com Jutahy em Jaguaquara, pois Jutahy já foi votado em Jaguaquara por mais de 16 anos e nunca trouxe uma pedra para o município, mas  voltará agora em mais uma eleição. Volto a dizer que Raimundo será meu eterno amigo, jamais existirá brigas entre nós, por mais que sua opção tenha sido outra. Respeito à opção dele, mas o que mim entristece é vê  Wagner Novaes sair de Itiruçu e vir fazer gracinha com o deputado dele em Jaguaquara, mais o povo aqui não é mais besta não, e sabem muito bem, sabem que quem trabalhou por Jaguaquara foram os deputados João Leão e Cacá Leão, agora entrou Aderbal pelo simples motivo de Leão ter ido para vice e Cacá para federal. Mais eu quero dizer a todos os cidadãos jaguaquarenses: se Wagner não está dando certo em Itiruçu, dará certo em Jaguaquara? Essa é a pergunta que fica no ar!”.


ti

Continua sendo o assunto mais comentado no cenário político regional, em especial na cidade de Jaguaquara, depois que o atual vice-prefeito Raimundo Louzado (PP) resolveu  “rachar” com o prefeito Giuliano Martinelli e selar apoio à chapa de oposição ao governo da Bahia e também com novos deputados.

Com a decisão, o vice-prefeito deixa de buscar votos para os candidatos Aderbal Caldas (PP) para estadual e Cacá Leão para federal. Ele também seguirá contra a chapa do PT, que é encabeçada por Rui Costa governador e João Leão vice. Raimundo preferiu seguir os ares da oposição e aliançou com Paulo Souto governador e Joaci Góes vice, do DEM. Ele esteve em salvador para oficializar o apoio a seus novos candidatos a deputados que buscarão votos em Jaguaquara.

O deputado federal Jutahy Magalhaes Junior e o deputado estadual Augusto Castro são os novos aliados do vice-prefeito de Jaguaquara. Segundo fontes, o ex-secretário de cultura e atual chefe de comunicação da prefeita de Itaquara, Weder Mello, foi um dos articuladores para que o racha incidisse entre o prefeito e o vice de Jaguaquara.


Foto/Blog Itiruçu Online. Telhado bastante danificado
Foto/Blog Itiruçu Online. Telhado bastante danificado

O ginásio de esporte Senador Jutahy Magalhães está em péssimas condições de uso e é alvo de críticas por parte dos desportistas. Usado para sediar eventos importantes e promover a popularidade do Futsal , o bem público já teve suas laterais destruídas nos últimos anos.

Agora a cobertura já não é de confiança para o uso.  É possível notar rachaduras em diversas partes. A falta de atenção ao bem público é o principal causador das avarias. A prefeitura local, procurada pelo Blog Itiruçu Online, disse ter recursos destinados por meio de emenda para fazer a reforma completa, mas que não dispõe de recursos próprios para sanar os problemas.

De certo, é que caso o Ginásio não seja interditado, os desportistas correm riscos de ter parte do telhado desabado. Outra parte que preocupa, é a execução de uma obra numa posse ao lado do muro, que  deixou o alicerce descoberto, podendo cair a qualquer momento.