images

Em uma publicação na Folha de São Paulo de Hoje, o nome do empresário e candidato a prefeito de Jaguaquara pelo PT nas eleições de 2012, Ricardo Lealdade, como um dos beneficiados na compra de apoios políticos do candidato a deputado federal pelo PTB, Benito Gama. Lealdade perdeu as eleições mais obteve uma expressiva votação nas urnas.  Consta na denúncia, que o candidato a deputado federal pela Bahia, o presidente nacional do PTB, Benito Gama, contratou ilegalmente aliados políticos e distribuiu entre eles R$ 2,2 milhões com dinheiro da campanha.

Esses pagamentos foram incluídos na primeira prestação de contas ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) na rubrica “serviços prestados por terceiros”. Estão na lista ex-vereadores, ex-prefeitos e até pastores evangélicos. Cada um recebeu até R$ 300 mil para subcontratar serviços para a campanha. Essa contratação indireta de serviços, porém, vedada pela legislação, segundo o TSE. Na prestação de contas, Benito declarou gasto de R$ 3 milhões, ante arrecadação de R$ 2,2 milhes. Deputado federal de 1990 a 2002, ele assumiu a presidência do PTB em 2012, quando Roberto Jefferson, preso pelo mensalão, afastou-se do cargo. Em 2013, assumiu uma vice-presidência do Banco do Brasil, mas, neste ano, levou a sigla para a oposição, apoiando Aécio Neves para o Planalto.

Benito Gama
Benito Gama

Ao todo, 40 pessoas foram contratadas como prestadoras de serviço da sua campanha. A Folha conversou com alguns dos que receberam mais de R$ 100 mil. O ex-prefeito de Cícero Dantas, Zelito Ribeiro (PDT), a pastora Ana Cláudia Leite, o dentista Olympio Junior e o advogado Erivan Rodrigues, por exemplo, afirmam que a verba foi repassada para fazer a campanha de Benito em suas regiões da Bahia. Com o dinheiro, dizem, contrataram cabos eleitorais, fizeram pintura de muros e pagaram pela impressão de materiais. Esses serviços, porém, no constam da prestação de contas do candidato.

IMG-20140908-WA0008

Militante do PT no Estado, Ricardo Lealdade aparece como beneficiário de R$ 300 mil, mas ele nega ter recebido o recurso. “Isso é muito dinheiro. Estão me confundindo com outra pessoa.” Gama confirma o pagamento. Leia mais na página do A Folha. 


blohihihih

Rui Costa, candidato a governador pela coligação Pra Bahia Mudar Mais, pediu, em Jaguaquara, que antes de votar a população faça uma comparação entre o projeto político que representa, liderado no Estado pelo governador Jaques Wagner e no plano federal pelo ex-presidente Lula e pela presidente Dilma Rousseff, e o grupo do ex-governador Paulo Souto, “verifique quem fez mais pela Bahia e será fácil ver quem realmente está produzindo uma real transformação em favor dos baianos”. Ao participar de comício naquele município, tendo ao lado o governador Jaques Wagner e seus companheiros de chapa majoritária, Otto Alencar, candidato a senador, e João Leão, candidato a vice-governador, Rui lembrou que nesta eleição estão em disputa dois projetos políticos bem distintos e pediu que os eleitores: “Comparem as duas estradas e vejam qual é a mais segura e que leva a um futuro melhor”.

blogtiago

O comício em Jaguaquara foi o encerramento de mais uma Caravana 13 que, liderada pelos candidatos da chapa majoritária, percorreu seis municípios do Vale do Jiquiriçá, mais Jequié e Cravolândia, e sequer a chuva tirou a multidão da frente do palanque. O governador Jaques Wagner lembrou que é pela ação política “que a gente bota a Bahia, o Brasil prá cima ou prá baixo” e destacou que quanto mais perto os bons estiverem da política, melhor ela se torna, daí ter reiterado o pedido para que as lideranças municipais se juntem pelo bem da Bahia. A velha política foi enterrada pelo povo baiano quando me deu a oportunidade em 2006”. E fez questão de destacar a competência e preparação da presidente Dilma para governar o país e de Rui Costa, “um excelente gestor”, além de ter classificado Otto Alencar como “o senador municipalista”, pelas profundas ligações que o candidato tem com os municípios de toda a Bahia.

Ex-prefeito Aílton Cezarino e a vice-prefeita Dra. Rita ao lado de Rui Costa.
Ex-prefeito Aílton Cezarino e a vice-prefeita Dra. Rita ao ladeados  por  Rui Costa.


João Leão, que tem uma grande base eleitoral em Jaguaquara, voltou a questionar a credibilidade das pesquisas de opinião e, muito aplaudido pela multidão, perguntou aos participantes do comício se havia alguém ali que tenha visto um pesquisador do Ibope na cidade. Ante a resposta negativa, ele renovou seu voto de confiança na vitória de Rui para o governo do Estado e de Otto Alencar para o Senado, dizendo que a verdadeira pesquisa foi a que ele viu durante a visita aos nove municípios, “com multidões nos recebendo em todos os lugares”. E garantiu que, com Rui no governo, Jaguaquara, que já uma referência em termos de hortifruticultura na Bahia, irá dar saltos em seu desenvolvimento econômico e social”.

blogiu

 O prefeito de Jaguaquara, Giuliano Martinelli (PP), elogiou a postura do governador Jaques Wagner à frente da administração estadual, afirmando que ele governa para a situação e para a oposição “e tenho a certeza de que Rui é o melhor candidato para continuar nesta trilha de desenvolvimento que a Bahia e Jaguaquara passaram a viver. Rui tem esta grande missão, de substituir a um grande homem e a um grande governador. E Jaguaquara é 13, com João Leão, Rui Costa, Otto Alencar e Dilma Rousseff. Não podemos retroceder e, se depender de Jaguaquara, é no primeiro turno”.

blogitirucuonlinesuper

Segundo o deputado federal Nelson Pelegrino (PT), é  crescente a receptividade nas ruas, principalmente após o início do programa eleitoral. “O povo está conhecendo melhor o nosso candidato que nos diversos cargos que ocupou sempre teve atuação destacada em beneficio da Bahia, mas nunca havia disputado uma campanha majoritária. À medida que é feita a comparação entre os oitos anos do governo Wagner com o período de Paulo Souto, fica claro que realizamos mais em todas as áreas. Nossos projetos são melhores e apontam para o desenvolvimento econômico com distribuição de renda e justiça social” – argumentou.


Pelegrino  participou da carreata em Mutuípe, Laje e Ubaíra, onde conta com apoio dos prefeitos Luís Carlos da Silva (PT), Emiran Feitosa (PT) e Fábio Cristiano (PT); e também em Jiquiriçá. A carreata contou ainda com a presença dos prefeitos de Wenceslau Guimarães, Nestor Vicente (PDT); de Valença, Jucélia Nascimento (PTN); de Jiquiriçá, Waldemar Andrade (PR), e dos ex-prefeitos de Itiruçu, Ailton Cezarino (PDT), e de Maracás, Nelson Portela (PT). A coligação “Pra Bahia Mudar Mais” finalizou a agenda com comício em Jaguaquara.


marinalidice

A candidata do PSB à Presidência da República, Marina Silva, reuniu neste sábado mais de 30 mil pessoas em dois grandes comícios em brumado e em Vitória da Conquista, no Sudoeste da Bahia, ao lado da candidata do partido a governadora do Estado, Lídice da Mata. Nos dois eventos, sob intensa aclamação popular, Lídice destacou a importância, da vitória de Marina nas eleições deste ano para a região do Semiárido.

“Votar em Marina é garantir ao povo do Sertão baiano, do Nordeste, que hoje vive as consequências de uma seca prolongada e a ameaça de uma nova estiagem, que vamos ter uma política de enfrentamento das consequências e para a convivência com a seca. A luta pela preservação ambiental é uma luta da vida de Marina, e a vitória dela é a garantia de que o Semiárido será prioridade para garantir o futuro e a sobrevivência do povo do Sertão”, disse Lídice, que estava acompanhada da candidata ao senado Eliana Calmon. A candidata a governadora destacou ainda  importância que Marina terá para destravar obras que recuperem as bacias hidrográficas da Bahia, com a construção do eixo-sul da transposição do Rio São Francisco, mas principalmente a criação de um corredor ecológico para recuperar e proteger as margens do São Francisco, além de investir no saneamento básico para não poluir o rio.

lidice

“Lídice sempre me diz que, aqui no Semiárido, também é fundamental recuperar a mata nativa para que a água não desapareça e o povo possa produzir. Cuidar do meio ambiente é cuidar da nossa vida e das futuras gerações. Temos que evitar este processo de desertificação”, disse a candidata a presidente. Nos dois comícios, Marina assegurou que precisará de Lidice da Mata como governadora da Bahia para que consigam, juntas, realizar uma revolução na educação baiana. “Perdi minha mãe quando tinha 14 anos, até os 16 era analfabeta. Com muito orgulho sou professora de história pela Universidade Federal do Acre. Com educação a gente melhora a vida das pessoas. A educação fez um milagre em minha vida”, ressaltou.

“Podemos ser diferentes na roupa que a gente veste, na comida que a gente come, a casa que a gente mora. Mas todos nós temos as mesmas potencialidades, o que nos falta é oportunidades. É papel do governo dar para o pobre a mesma escola do rico. Quando isso acontecer, Brasil será um país socialmente justo, um país politicamente democrático”, completou Marina.


 Bahia Notícias
Bahia Notícias

Pesquisa realizada pelo Instituto Sensus divulgada nesta quinta-feira (04) aponta que Paulo Souto (DEM) seria eleito no primeiro turno com 43% dos votos válidos. O segundo colocado, Rui Costa (PT), aparece com 16% e Lídice da Mata (PSB) está em terceiro com 10%. Da Luz (PRTB), Marcos Mendes (PSOL) e Renata Mallet (PSTU) somam 3% das intenções de voto. Votos em branco, nulos e indecisos somam 28% do eleitorado. A pesquisa, encomendada pelo grupo Vota Bahia (TV Aratu, rádio Metrópole e jornal A Tarde), ouviu mil pessoas no período de 27 de agosto a 1º de setembro. A margem de erro é de 3,1% para mais ou para menos e a margem de confiança é de 95%. Os dados foram registrados no Tribunal Regional Eleitoral, número BA-00014/2014.


ruillawagner

Em confirmação do Comitê Eleitoral de Rui Costa (PT), candidato a governador da Bahia pelo PT, houve mudança na agenda do candidato para os municípios da região. Divulgada na última segunda-feira (01) que a Caravana do 13 visitaria os municípios de Lafaiete Coutinho, Itiruçu, Lajedo do Tabocal e Maracás, agora, com o novo agendamento, Rui fará uma carreta no município de Jequié, às 09h, em seguida o destino será a cidade de Laje, no Vale Jiquiriçá, onde cumprirá agenda de campanha também  nas cidades de Mutuípe, Jiquiriçá, Ubaíra, Santa Inês, Itaquara, encerrando com um comício na maior cidade do território, Jaguaquara.

Ainda não foi confirmada uma nova data de visita aos municípios que tiveram o ato político cancelado.


blogbauro

Após a publicação do Blog Itiruçu Online, mediante a posição contraria do ex-vereador Vilberto Leal e assessor da vice-prefeita Dra. Rita Novaes, que “negou” ter firmado aliança com o deputado estadual Sandro Régis, o vereador Robson Mauro (DEM), aliado e amigo do deputado, entrou em contato com a redação do Blog para comentar a situação.

  “Eu não seria irresponsável de usar o nome  de  uma pessoa,  principalmente  um  amigo  pessoal, ( Vilberto )  sem  sua permissão. Entrei em contato com ele depois que saiu a nota no Itiruçu Online e disse que ele estava esquecido, mas a partir da nota ele entrou em evidência. Estou fazendo campanha para o deputado Sandro Régis com o apoio de mais dois vereadores e não penso em prejudicar nenhum candidato a deputado, principalmente  do grupo político que faço parte. Conversando com o prefeito Wagner juntamente com o  deputado federal Jutahy, eu lhe perguntei se haveria condição de liberar o ex-vereador Vilberto e ele sinalizou que  Vilberto tinha autonomia para tomar sua posição, mas se  estiver havendo algum desentendimento, Vilberto pode tomar o caminho que achar melhor”, comentou Bauro.


blogvilberto

Vilberto Leal, ex-vereador e atual assessor da Vice-prefeita Dra. Rita Novaes, negou em conversa com o Blog Itiruçu Online, que tenha definido apoio a Sandro Regis, candidato a deputado estadual pelo DEM. O nome dele aparece em outro veículo de comunicação em afirmação do vereador Robson Mauro, divulgando Vilberto como um aliado de Régis em Itiruçu.

Segundo informou o ex-vereador, ele segue a risca obediência política ao prefeito Wagner Novaes e cita que, seus candidatos são os mesmos apoiados e de interesse do mandatário municipal, ou seja, Marcelo Nilo para estadual e Jutahy para federal.

Antes das declarações do vereador rechaçar a afirmação, o ex-prefeito Aílton Cezarino também manteve contato com o Itiruçu para afirmar que Vilberto segue com apoio definido à candidatura de Marcelo Nilo para estadual.  Nas últimas eleições estaduais, Vilberto e Robson Mauro apoiaram Sandro Régis no município, obtendo pouco mais de 150 votos.


blog

Pesquisa Ibope divulgada nesta quarta-feira (3) aponta Dilma Rousseff (PT) com 37% das intenções de voto e Marina Silva (PSB) com 33% na corrida para a Presidência da República. O candidato Aécio Neves (PSDB) tem 15% e Pastor Everaldo (PSC), 1%. Os outros sete candidatos somados acumulam 2%.

O levantamento indica que, em um eventual segundo turno entre Dilma Rousseff e Marina Silva, a ex-senadora aparece com 46% e a atual presidente, que tenta a reeleição, com 39%. A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal “O Estado de S. Paulo”.

No levantamento anterior do instituto, divulgado no dia 26 de agosto, Dilma tinha 34%, Marina, 29%, e Aécio, 19%. Entre uma pesquisa e outra, a taxa de indecisos passou de 8% para 5%, e a de quem pretende votar em branco ou nulo se manteve em 7. Leia mais aqui


15127712602_7ff2eff528_z
A universalização do acesso à água e à energia elétrica e a duplicação do número de vagas no ensino profissional foram algumas das propostas apresentadas por Rui Costa, candidato a governador pela coligação Pra Bahia Mudar Mais, no comício que encerrou, em Irará, mais uma Caravana 13, na noite da terça-feira (02). Rui pediu que a população compare o que foi feito em cada região, antes e depois do atual governo: “Tínhamos mais de dois milhões de baianos vivendo na escuridão. Com Lula, Dilma e Wagner, levamos energia elétrica para 2,5 milhões de baianos, para dar apenas um exemplo da importância deste projeto político para o desenvolvimento da Bahia”.
O governador Jaques Wagner, ao pedir votos para Rui Costa (governador) e Otto Alencar (para o Senado), afirmou que o povo baiano não quer um gerente no governo do Estado “e sim um governador que tenha um coração comprometido com o povo e que seja um bom gestor pra fazer”.  Em relação a Otto, Wagner destacou o fato de ele ser um político com profundas ligações com os municípios: “Otto tem o municipalismo no coração”, definiu. Com a Praça do Pedrão completamente tomada pela população de Irará e municípios vizinhos, a chapa majoritária e o governador foram saudados por diversos oradores que, falaram da importância do apoio ao projeto político liderado pelo PT na Bahia e no Brasil.
Otto Alencar lembrou que no próximo dia 10 Jaques Wagner vai descer de avião em Feira de Santana, no aeroporto recuperado e ampliado, uma conquista do atual governo. E observou que o projeto político liderado na Bahia pelo governador não se limita a realizar e implantar programas sociais, “ele também planeja e realiza o desenvolvimento das cidades”. João Leão, candidato a vice-governador, destacou o trabalho realizado em favor da mobilidade, com o grande investimento feito na construção e recuperação de rodovias: “Essas estradas eram um buraco só. Da BR-101 a Coração de Maria, de Coração de Maria ate Irará, de Irará à BR-116, de Irará até Ouriçangas, o governador entregou todas”. E disse que Rui vai fazer muito mais: “O povo do atraso quer voltar, mas tenho certeza de que isso não vai acontecer. Eles não têm legitimidade para vir aqui pedir voto”.

marinasilva

A evangélica Marina Silva talvez devesse considerar a hipótese de incluir no seu staff alguém capaz de receber o caboclo tranca-ruas dos programas de governo. Há urucubaca demais na peça divulgada na última sexta-feira pela candidata. Três tópicos sofreram ajustes ou sumiram do texto em menos de 24 horas –“casamento” gay, apoio ao projeto de lei que criminaliza a homofobia e o uso da energia nuclear. Decorridos mais quatro dias, descobriu-se outra macumba.

No capítulo dos Direitos Humanos, o programa de Marina empilha dez tópicos. Quatro não são originais. Foram copiados, palavra por palavra, do Plano Nacional de Direitos Humanos baixado por Fernando Henrique Cardoso em 2002, último ano dos seus dois mandatos (compare nos documentos abaixo).

Marina sabia? Não sabia? Por que diabos sua equipe plagiou o documento alheio? Se gostavam tanto dos trechos, por que não citaram o autor? Aécio Neves tirou uma casquinha: “É só mais uma sinalização do improviso que ronda essa candidatura.” Como peça inaugural de uma candidata que se vende como nova, um projeto engordado pelo plágio se parece mais com pão dormido do que com nova política. Clique aqui e veja o plagio da candidata.