O evento acontecerá no Centro de Comercialização de Animais e Leilões de Planaltino. Serão grandes oportunidades de compras, venda e troca de animais, entre gado leiteiro, de cria, ovinos, cavalos manga larga machador, dentre outras raças. A expectativa é que bons negócios sejam realizados.

A programação do evento conta ainda com a distribuição de mudas frutíferas e nativas;

Venda de artesanatos;

Toldo de expositores;

E Shows musicais.

CAVALGADA DE NOVA ITAÍPE

No dia 16 as atenções serão voltadas para a Cavalgada de Nova Itaípe, que tem a expectativa de   reunir cavaleiros e amazonas de Planaltino e região. O show musical ficará por conta da Banda SEM RETOQUE.

O evento conta com apoio do Governo da Bahia, CAR, ADAB E SETAF.


Foto/Blog do Marcos Frahm

Faleceu na madrugada dessa segunda-feira (03), o empresário e ex-prefeito de Jaguaquara, Sr. Ítalo Amaral, aos 98 anos.  Amaral foi prefeito por dois mandatos frente ao município de Jaguaquara e empresário.

O município decreta luto oficial por três dias em respeito a história de Ítalo Amaral.


Foto/Agência AM de Notícias.

O deputado estadual Zé Cocá (PP), parabenizou e agradeceu ao governador Rui Costa pela decisão de autorizar a construção da nova Ponte do Mandacarú e a requalificação da Avenida Tote Lomanto. “São obras de infraestrutura que trarão grandes benefícios à população de Jequié”, disse ele, acrescentando que as ordens de serviço deverão ser assinadas na primeira quinzena de fevereiro. As intervenções vão desafogar o trânsito em dois pontos de grande movimentação.

A expectativa é de que os serviços de construção e duplicação da nova ponte estejam concluídos em um ano e meio a partir da assinatura da ordem de serviço. A obra vai facilitar o acesso da população de Jequié e de cidades vizinhas à Policlínica Estadual, no bairro Mandacaru. O deputado avaliou que a nova ponte vai fazer fluir o tráfego de veículos e garantir maior segurança a pedestres e ciclistas que fazem a travessia do Rio de Contas, que separa o Centro da Cidade do populoso bairro Mandacarú e do Centro Industrial de Jequié.

A Tote Lomanto, uma das principais avenidas de Jequié, vai ser duplicada e requalificada ao longo de três quilômetros e meio. De acordo com o projeto, serão construídas três praças públicas temáticas: a Praça dos Esportes, com quadra poliesportiva, pista de skate, equipamento de ginástica e parque infantil; a Praça Academia da Saúde, com equipamentos de ginástica ao ar livre e uma pista para caminhada e corrida, e a Praça da Contemplação, equipada com bancos e mesas com tabuleiro de damas e xadrez.


A Prefeitura de Ubaíra segue empenhada na realização da limpeza e manutenção de ruas atingidas pela forte chuva no último domingo (26). A solidariedade e apoio das prefeituras de Santa Inês, Jiquiriçá e Mutuípe tem reforçado as equipes e maquinários nessa operação conjunta. As Secretarias de Saúde e Desenvolvimento Social, que também tiveram suas sedes atingidas, mobilizaram suas equipes e estão visitando as famílias e residências prestando o apoio necessário, através de benefícios eventuais e produtos que auxiliam na desinfecção de ambientes e utensílios domésticos.


De acordo com Fred Andrade, a prefeitura não medirá esforços para acolher os desabrigados, promover a limpeza das vias, recuperar e reconstruir tudo aquilo que foi destruído em um curto espaço de tempo. “Neste momento difícil o empenho dos nossos servidores, apoio e solidariedade das cidades vizinhas, especialmente, Santa Inês, Jiquiriçá e Mutuípe, são imprescindíveis para desobstrução das vias e acolhimento da população”, destacou o prefeito.


O último dia para a quitação em cota única do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) 2020 com 10% de desconto é 10 de fevereiro. Há, também, a opção de pagamento com 5% de desconto para quem saldar o valor integral do imposto no dia do vencimento da primeira das três cotas do parcelamento padrão, data que varia de acordo com o número final da placa do veículo. Todas as informações poderão ser consultadas por meio do site www.sefaz.ba.gov.br, no Canal Inspetoria Eletrônica, botão IPVA, ou do call center da Secretaria da Fazenda do Estado (SEFAZ-BA), pelo 0800 071 0071.

Outra possibilidade é o parcelamento do IPVA em três vezes, bastando, para isso, observar os vencimentos das cotas no cronograma de pagamento do imposto. O cronograma se estende até o final do mês de outubro. O proprietário que perder o prazo da primeira cota deixa de ter o direito ao parcelamento em três vezes. O pagamento pode ser feito em qualquer agência do Banco do Brasil, Bradesco ou Bancoob, bastando apenas apresentar o número do Renavam.

Os débitos referentes à taxa de licenciamento e às multas de trânsito deverão ser pagos até a data de vencimento da terceira parcela. Os débitos anteriores do IPVA ainda não notificados também podem ser divididos em três vezes, juntamente com o IPVA 2020. No entanto, o proprietário que perder o prazo da primeira cota deixa de ter o direito ao parcelamento em três vezes. O pagamento do tributo referente a embarcações e aeronaves deverá ser efetuado até 1º de junho de 2020.

Ainda segundo informação do Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (DETRAN-BA), o IPVA está, em média, 3,56% mais barato para os contribuintes baianos em 2020. A queda mais acentuada com relação ao IPVA 2019 beneficiou os utilitários, que vão pagar 4,35% a menos. Em seguida, vêm os automóveis, com 4,20%. Para ônibus e micro-ônibus, o imposto ficará 3,93% menor. Já para as motos e caminhões a queda no valor do imposto será de 2,72% e 2,62%, respectivamente. Os novos valores baseiam-se em pesquisa realizada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE) com base nos preços praticados no Estado em outubro de 2019.


Saltou para 47 o número de mortes decorrentes das chuvas de quinta a segunda-feira, em Minas Gerais. Os números são confirmados por meio de um novo boletim divulgado pela Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec) no início da noite desta segunda-feira. Outras quatro pessoas continuam desaparecidas, todas no interior do estado. A queda no número de desaparecidos, de 19 para quatro, significa que 13 pessoas fizeram contato e foram localizadas com vida. Mas, outras duas engrossaram o número de mortos em decorrência dos temporais.

A maioria das mortes está concentrada na Grande BH: 13 em Belo Horizonte, seis em Betim, cinco em Ibirité e dois em Contagem. No interior, os óbitos estão listados em 11 municípios da Zona da Mata mineira: Alto Caparaó (quatro), Alto Jequitibá (três), Carangola (uma), Divino (uma), Luisburgo (duas), Manhuaçu (uma), Pedra Bonita (três), Santa Margarida (um), Tocantins (um) e Simonésia (três). Também foi confirmado o óbito da criança de dois anos após ser soterrada em Olhos D’Água. Ainda de acordo com o balanço da Defesa Civil estadual, 17.935 pessoas estão fora de suas casas em Minas: desalojadas (7.079 na Grande BH e 7.530 no interior) e 3.386 desabrigadas (1.092 na RMBH e 2.294 no interior). Além disso, 65 pessoas ficaram feridas no estado – 54 na Grande BH e outros seis no interior.
Na corrida para ajudar as cidades, decreto do governo estadual, que foi publicado na manhã desta segunda-feira, reconheceu situação de emergência em 101 municípios. Hoje, a Defesa Civil do estado informou que Diamantina e Nova Era entraram na lista. Desde de outubro do ano passado, 121 municípios decretaram emergência. Já Carangola (Zona da Mata) e Orizânia (Zona da Mata) e Ibirité (Grande BH) decretaram estado de calamidade. Configura-se situação de emergência quando ocorre a alteração intensa e grave das condições de normalidade comprometendo parcialmente a capacidade de resposta. Já é decretado calamidade pública ocorre quando há alteração intensa e grave das condições de normalidade comprometendo substancialmente a capacidade de resposta. Os decretos facilitam a transferência de recursos do governo federal para reparos e a entrega de doações – como colchões, cobertores, travesseiros e alimentos – recolhidas pelo Executivo estadual. Domingo, o governo federal garantiu que tem R$ 90 milhões para atender aos estados atingidos pelas enchentes.


Desde a quarta-feira, dia 22, o prefeito de Jequié, Sérgio da Gameleira, acionou o Comitê Emergencial, formado por todas as Secretarias municipais, para intervirem, de forma pontual, para tratarem das ocorrências ocasionadas pelas fortes chuvas que se precipitaram sobre a cidade. Foram identificados alagamentos em algumas localidades, como no entorno da Estação Rodoviária e Avenida Santa Luzia, no bairro Joaquim Romão; no entorno do Centro de Abastecimento Vicente Grilo; na Avenida Landufo Caribé; na Avenida Rio Branco, nas imediações da Biblioteca Municipal, em trechos dos bairros Mandacaru, KM 3 e KM 4 e no Loteamento Vila Aeroporto, no Jequiezinho. Além disso, quedas de árvores e a água das chuvas trouxeram lama e entulho, prejudicando o acesso de algumas ruas. As equipes da Secretaria de Serviços Públicos e da Secretaria de Infraestrutura já começaram a fazer a limpeza das vias, a desobstrução de bueiros e canais de escoamento, retirando o entulho e o lixo trazido pelas águas.

A Secretária de Educação disponibilizou o Centro Educacional Presidente Médici, no Joaquim Romão, para a alocação de famílias possivelmente atingidas pelas chuvas e a Secretaria de Desenvolvimento Social vem visitando os locais mais atingidos para a identificação das ocorrências que serão atendidas pela área Social.

A Prefeitura de Jequié disponibilizou o número da Ouvidoria Geral do Município (0800 071 1710), via ligação gratuita e, ainda, o número (73) 3526-8039, para o aplicativo de mensagens WhatsApp, para que a população informe sobre ocorrências de alagamentos, deslizamentos de terra ou solicitação de ajuda, caso ocorram problemas em decorrência das chuvas.


Um homem utilizando camisa e crachá de uma clínica de recuperação para dependentes químicos é suspeito de aplicar golpes no comércio de Ubatã. De acordo com publicação do blog Ubatã Notícias, o homem, segundo testemunhas, se apresentava no comércio e pedia doações, que supostamente seriam utilizadas para custear despesas. O homem ainda é suspeito de ter furtado um celular de uma funcionária durante abordagem num supermercado. O radialista Garcia Júnior, em contato com a proprietária da Clínica “Voltar a Viver”, com sede em São Paulo, negou que o homem fosse funcionário da empresa e tampouco que a clínica trabalhasse com doações. Não há informações precisas sobre quantidade de doações arrecadadas e tampouco de valores. Em tempo, o caso deve ser investigado pela Polícia Civil. *Ubatã Notícias


O município de Planaltino vive o clima de luto pela morte do vereador Raimundo Dionizio de Morais, que faleceu hospitalizado no HGPV, em Jequié, nesta última terça-feira (21).

Aos 54 anos de idade, Zica, como era conhecido, morava no Povoado da Angélica e estava no segundo mandato de vereador. O cortejo fúnebre foi acompanhado por uma multidão nesta quarta-feira (22) ao cemitério da comunidade.  Zica era casado e pai de duas filhas.

O prefeito do município, Zeca Braga, assinou decreto oficial de luto por três dias. Na rede social o gestor postou condolências a Zica.

A Prefeitura Municipal de Planaltino, com muito pesar, decreta, luto oficial de três dias pelo falecimento do Sr. Raimundo Dionízio de Morais, ocorrido neste dia 21/01/2020. Popularmente conhecido como Zica, faleceu aos 54 anos, era Vereador do Município de Planaltino e sempre teve uma vida pautada na humildade, no bem servir e no amor com Planaltino. Deste modo, manifestamos as sinceras condolências à todos os familiares e amigos.

Planaltino-BA, 21 de Janeiro de 2020

Joseval Alves Braga
Prefeito Municipal


Destacando que a estadualização e pavimentação asfáltica da estrada vicinal localizada no município de Jequié que serve de ligação entre o distrito de Florestal ao município de Jaguaquara é de importância vital para o desenvolvimento social e econômico daquela região, o deputado estadual Zé Cocá (PP), encaminhou indicação ao governador Rui Costa, reivindicando que a Secretaria Estadual de Infraestrutura (Seinfra), seja autorizada a atender essa demanda. O deputado explicou que a estrada tem apenas 25 quilômetros de extensão, mas representa um importante atalho para os moradores daquela localidade, que se destaca por ter grande produção agropecuária.
Zé Cocá esclareceu em sua indicação que “trata-se de uma estrada de grande circulação, importante para o escoamento da produção agrícola da região, mas encontra-se em precário estado de conservação, tornando impraticável o tráfego de veículos, sobretudo caminhões, situação que piora em época de chuva”.