Na manhã desta quinta-feira (08), um idoso de 66 anos acabou registrando um boletim de ocorrência em desfavor do prefeito de Lafaiete Coutinho, João Freitas (PP), com acusação de agressão.

De acordo com informações da vítima, Valdir Rodrigues Gonçalves, que é borracheiro na cidade, o prefeito teria perdido a paciência sobre críticas que vinha fazendo em relação a situações do município. Segundo relatos da denúncia, o gestor teria se aproximado do ancião e pedido para ele sair do veículo, mas teria ouvindo da vítima que não iria sair do carro, pois não tinha nada a tratar com ele, sendo depois ofendido de vagabundo pelo prefeito.  Valdir estaria comentando que o carro-pipa do município estaria abastecendo a fazenda do prefeito, segundo denúncia feita por um vereador da oposição na sessão da Câmara.

“Ele meteu a mão nos meus peitos eu dento do carro com o vidro suspenso pela metade. Depois disso ele saiu”, disse Valdir. De acordo com relatos obtidos pelo IO, a vítima é um crítico da gestão na cidade e embraveia o discurso contra o gestor. O Blog entrou em contato com o prefeito, que disse ser criticado e acusado de ladrão pelo denunciante diariamente.


Produtores da Cooperativa de Caprinos e Ovinos União Rio das Contas (Uniagro), de Manoel Vitorino, garantiram a oferta de animais de qualidade e a quantidade suficiente para ampliar as vendas. Com isso, 50 famílias agora contam com mais renda no bolso. A cooperativa tinha um rebanho de 1.800 matrizes, hoje, o número de animais já ultrapassa 3.400. O preço do animal, que era de R$14 o quilo da carcaça, agora chega a R$20,50. E a venda, que era feita para atravessadores, está sendo direcionada para o maior frigorífico baiano da agricultura familiar, a Organização de Cooperativas e Produtores de Caprinos e Ovinos da Bahia (FrigBahia).

A mudança de vida desses produtores é resultado dos investimentos do Governo do Estado, por meio do projeto Bahia Produtiva, que destinou R$602,9 mil para a cooperativa, em assessoria técnica, a contratação de um profissional especializado para orientar os produtores, 60 reprodutores registrados para o melhoramento genético do rebanho da região, e máquinas forrageiras para o manejo alimentar e nutricional. Também foram entregues à Uniagro 250 mil raquetes de palma para a recomposição e melhoramento das áreas de produção, uma caminhonete e um caminhão boiadeiro para o transporte e abastecimento dos mercados regionais.
O produtor Boa Ventura de Oliveira, do município de Mirante, comemora o investimento do Bahia Produtiva: “Que esse apoio possa chegar a mais famílias. Nosso Semiárido tem capacidade de produzir e de agregar valores. O borrego, reprodutor que recebemos por meio do projeto, já está melhorando o desenvolvimento do meu rebanho. Somos capazes de crescer e produzir dentro da nossa terra”. Para o produtor José Santos, foi uma mudança decisiva para os beneficiários do projeto: “Recebemos apoio em todo o sistema da caprinocultura. Já plantei 5 mil raquetes na minha propriedade e estou com muito orgulho desse reprodutor de primeira linha que vai mudar todo o meu rebanho”.
O Bahia Produtiva é um projeto executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), cofinanciado pelo Banco Mundial, e já investiu R$58,1 milhões na ovinocaprinocultura, beneficiando diretamente 3.753 famílias.

Foi assassinado no início da noite de ontem, domingo (04), na cidade de Planaltino, o radialista Weverton Rabelo Fróes, de 32 anos. Popularmente conhecido como ‘Toninho Locutor’ foi alvejado com aproximadamente 06 disparos de arma de fogo na região das Guaribas, zona rural do município.

Segundo informações obtidas pelo Itiruçu Online, ele estava em sua residência quando bateram na porta dizendo “É Mateus de Planaltino” pedindo ajuda, pois sua motocicleta havia quebrado a correia. Ao sair para fornecer uma ferramenta, Toninho recebeu vários disparos de arma de fogo tipo revolver.

Toninho era dono de uma rádio pirata em Planaltino há 12 anos. Ele era humorista e tinha um quadro na Rádio Antena 1 com o personagem Seu Marujo. Em um áudio que postou em um grupo de Whatsapp, o radialista chegou a dizer que sua rádio vinha sendo ameaçada de fechar, mas que não tinha medo de ameaças;ouça.

O corpo do comunicador foi encaminhado para o Instituto Médico Legal de Jequié para necropsia e exame pericial no aparelho celular. A Polícia Civil agora segue com as investigações para chegar aos autores do crime contra o radialista.


Manancial seco com vazão mínima, torneiras vazias, reservatórios com níveis baixos e água fornecida com cor. Esses são os efeitos que apareceram no sistema de abastecimento de Itiruçu e Lajedo do Tabocal.

O que não muda são os discursos de que tudo vai melhorar e as promessas de investimentos trazendo água da Barragem Bandeira de Mello, do Paraguaçu, mas, no entanto, basta às chuvas caírem que some toda esperança de investimentos até que as dificuldades sejam novamente à realidade.

O reservatório na cidade de Itiruçu, localizado no Bairro Santo Antonio, recebeu nos últimos dias abastecimento através de carros pipas, para melhorar o abastecimento. Lajedo, Itiruçu, Maracás e Irajuba são os municípios que diariamente apresentam reclamações pela falta do abastecimento continuo no sistema da Embasa.

As dificuldades de Itiruçu e Lajedo do Tabocal são as mesmas, por serem abastecidas pelo mesmo sistema. Itiruçu ainda conta com uma vantagem, pois conta com Poços tubulares auxiliares a vazão recebida diariamente do Sistema de Abastecimento.

Zona Rural

As reclamações se estendem ainda ao abastecimento através de carros pipas na zona rural, cada vez menos assistida pelo município.


Pela primeira vez depois de quase 12 anos sedo distribuído na semana santa, os jaguaquarenses que vivem em vulnerabilidade social não receberam o Kit Semana Santa, composto por peixes e itens auxiliares – relembre aqui.

Depois de ocupar o cargo de Secretária de Desenvolvimento Social e ser a sucessora escolhida pelo ex-prefeito Giuliano Martinelli, Edione alega dificuldades financeiras para continuar com a ação social. Segundo o blog local do Marcos Frahm, a mandatária esbarra em sérios problemas financeiros herdados pela Prefeitura, que vem sofrendo desde janeiro com bloqueio de repasses de parte do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), principal recurso do município.

As alegações, no entanto, não sã novidades. Quando assumiu o município de seu antecessor, há 08 anos, Giuliano também alegou terra arrasada por problemas financeiros e dívidas com o INSS, além de salários atrasados. O que se espera é que o município consiga regularizar as pendências com a previdência e retomar o programa social no ano seguinte.


Em decisão publicada na tarde desta quarta-feira (31), o presidente do Tribunal de Justiça da Bahia, desembargador Lourival Trindade, acatou o pedido da Procuradoria Geral do Estado da Bahia e suspendeu os efeitos da liminar concedida pelo juiz de direito da 1ª Vara Crime da comarca de Itabuna que autorizou a não realização do toque de recolher no município.

De acordo com o magistrado, a manutenção da decisão antes proferida ocasionaria “incontendível risco à ordem e à saúde públicas, mormente, por impedir a efetivação de relevante medida de contenção da disseminação do novo coronavírus”.

O presidente do TJBA entendeu ainda que as medidas adotas no toque de recolher, “nos moldes em que editadas, entremostram-se adequadas, porque colimam ampliar a proteção dos direitos fundamentais à vida e à saúde; necessárias, mercê da inexistência de medidas, menos restritivas, que alcancem os mesmíssimos resultados; e, ainda, proporcionais, em sentido estrito, por isso que o sacrifício aos direitos fundamentais corresponde aos benefícios atingidos”.

Em sua solicitação a PGE argumentou que a concessão da liminar baseou-se em fundamentos que “não somente negam a realidade da pandemia, mas também revelam absoluta desconsideração ao quadro de necessidade e desatenção ao empenho – que deve ser comum – à contenção ao contágio de um vírus letal”.


O professor e ex-pastor e ex-vereador Reginaldo Barros perdeu mais um processo por danos morais e terá de pagar indenização no valor de R$ 2.500 mil reais (dois mil e quinhentos reais).

De acordo com o Processo No. 0002407-31.2020.8.05.0141, Reginaldo teria feito, em um grupo de Whatsapp, declarações sobre o caráter e teria exposto um determinado drama familiar que envolve um grave quadro de saúde da filha de Bruno Rabelo Silva Fernandes, autor do processo. O Juiz de Direito, Paulo Henrique Esperon Lorena, julgou procedente e condenou o professor, que milita nas redes sociais como fervoroso apoiador do deputado Antônio Brito, a pagar uma indenização reparadora e, ainda, terá que fazer uma retratação pública. Não havendo pagamento voluntário, no prazo de quinze dias, contados do trânsito em julgado da sentença e da regular intimação do réu, o montante da condenação será acrescido de multa no percentual de 10%.

Em setembro de 2019, Reginaldo Barros se envolveu em uma outra polêmica que se transformou em outro processo por danos morais. Na época ele foi condenado a pagar R$ 6 mil reais ao então secretário de Educação, Roberto Gondim.


O Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado da Bahia (ADPEB/Sindicato) divulgou nota pública nesta terça-feira (30) externando seu irrestrito apoio e total solidariedade ao delegado de polícia de 9ª Coorpin/Jequié, Dr. Nilo de Siqueira Costa Neto, diante “da postura desarrazoada” do advogado, Dr. Reginaldo Barros de Novaes Júnior, após lavratura de procedimento criminal que culminou com a sua prisão, no último sábado (27), detido  juntamente com outras oito pessoas, em ação desencadeada por policiais militares da Companhia de Emprego Tático Operacional (CETO), na região do povoado de Santa Clara, de posse de seis barras de aço (trilhos), pertencentes ao canteiro de obras da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (FIOL).

O Dr Fábio Daniel Lordelo presidente da ADPEB/Sindicato, concedeu entrevista ao programa ‘Bahia Ponto a Ponto’, da Rádio Povo FM comentou a nota pública, que  tem o seguinte teor:

“O Dr. Nilo de Siqueira Costa, como delegado de polícia, ao determinar a prisão do advogado, Dr. Reginaldo Barros de Novaes Júnior, atuou com absoluta lisura ao analisar o caso concreto que lhe foi apresentado por prepostos da PM, aplicando a lei penal pertinente nos termos do ordenamento jurídico pátrio.

Pela análise fática ficou evidente que todos os envolvidos, inclusive o Dr. Reginaldo Barros de Novaes Júnior, praticaram a conduta delituosa descrita como furto qualificado, em tese. Diante do fato, todos foram devidamente inquiridos pelo delegado de polícia, cabendo destacar que advogado do então conduzido Reginaldo Barros de Novaes Júnior, bem como um representante da Ordem dos Advogados do Brasil, Seção Bahia (OAB/BA), se fizeram presentes em todo procedimento, nos termos do Estatuto da OAB.

Importante constatar ainda que todo o procedimento criminal presidido pelo delegado de polícia, Dr. Nilo de Siqueira Costa Neto, foi homologado pela autoridade judiciária local, confirmando a legalidade da prisão.

Não obstante, e alegando não ter sido tratado da forma adequada, o Dr. Reginaldo Barros de Novaes Júnior, gravou um vídeo que foi divulgado em suas redes sociais, tentando atingir a imagem e a honra do nobre delegado de polícia e, consequentemente, de toda a Polícia Judiciária da Bahia.


Por volta das 18h45 desta segunda-feira (29), quatro homens após resistirem a abordagem entraram em confronto com patrulhas da CIPE Central e CETO do 19º BPM, na região conhecida como Frisuba, foram baleados e morreram no Hospital Geral Prado Valadares, para onde foram levados.  De acordo com as informações policiais, os homens são pertenciam à organização criminosa “TD2”, ligados ao Comando da Paz, liderado por Sandro Real. Os homens são indicados como atuantes no tráfico de drogas, assaltos a transeuntes e diversos homicídios na região e na cidade. As suas identificações e idades não foram fornecidas. Foram apreendidos quatro revólveres sendo três calibres 32 e um calibre 22. Também foram apresentadas na DPC, 70 pedras pequenas e 22 grandes de crack; 22 trouxas pequenas e 01 trouxa grande de maconha; dois pinos para acondicionar droga; 03 porções maiores de crack. 01 rolo de plástico/filme e 01 balança de precisão. Jequié Repórter.


Um homem agredido, na tarde da terça-feira, 24, por moradores do loteamento Jardim Eldorado, no bairro Jequiezinho, em Jequié, após ser acusado de manter sua filha de 8 anos em cárcere privado. De acordo com a Polícia Militar, uma denúncia anônima informou ao órgão sobre a situação. Ainda conforme a PM, a criança era mantida presa dentro do banheiro de uma casa, localizada na avenida Professora Virgínia Ribeiro.

Resgatada na última segunda-feira, 22, por policiais, a menina foi encaminhada ao Conselho Tutelar. Já o pai da vítima, que havia fugido no momento da ação, foi encontrado nesta terça-feira, e espancado por populares, antes da chegada de uma guarnição Encaminhado por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), ao Hospital Geral Prado Valadares, o suspeito será conduzido à delegacia da cidade após sua recuperação, segundo informações do Giro Ipiaú.