Por volta das 16h30min desta segunda-feira (13), militares lotados na SOINT/93ªCIPM,  ao efetuarem ronda de observação e mapeamento no Bairro Maracaizinho,  flagrou um Pálio cor Prata Placa HDQ-7661,  licenciado de Itaquara, aproximar-se de uma residência e efetuar disparo de arma de fogo e  o proprietário da residência saiu à frente da casa também de posse de uma arma de fogo.

 

Ao tentar da voz de abordagem ao Veículo, o condutor se evadiu, sendo identificado a posteriormente  como Marcos, residente também no bairro Maracaizinho. Após contato com Gilmar, o qual sofreu a tentativa de homicídio, esse entregou sua arma, bem como levou os militares até a casa de Marco, o qual não se encontrava. Contudo, após relato dos militares,  o avó do acusado pegou a arma utilizada por Marcos entregando aos militares. Gilmar e as duas armas foram apresentadas a delegacia de Maracas para as providências legais. Quanto a Marcos encontra-se até o momento fugindo da justiça.

 

Disque denúncia
    PETO/93ªCIPM
(73) 99114-9152
(73)3533-2160

 


Ato inaugural José Cairo Junior, juiz do trabalho da Bahia, proferiu dura sentença contra um empregado no sábado (11), baseando-se na nova legislação trabalhista. O funcionário havia processado o empregador por ter sido assaltado a mão armada pouco antes de sair para a firma. Pedia R$ 50 mil, mas foi obrigado a desembolsar R$ 8.500 por litigância de má-fé e pelas custas da ação.

 

“Nesse processo, o reclamante pedia danos morais pelo fato de ter sido assaltado na sua própria residência, atribuindo a responsabilidade para o empregador […]. Em relação ao pedido, foi afastada essa hipótese. Pela nova lei, quando o empregado postula em juízo e ele não obtém sucesso, ele deve pagar os honorários advocatícios da parte contrária. E foi isso que aconteceu nesse caso. Ele foi obrigado a pagar os honorários equivalentes a 10% do valor que ele atribuiu o pedido“, contou.

O funcionário da empresa do ramo agropecuário teria afirmado que foi assaltado a mão armada pouco antes de sair para a empresa e que, por isso, buscava uma indenização por danos morais. Além disso, o mesmo funcionário teria reclamado do não cumprimento por parte da empresa da intrajornada (tempo de descanso diário incluído na carga horária)


Cidades no sudoeste da Bahia tiveram uma segunda-feira (13) marcadas por chuvas intensas. Em Caetité, segundo a prefeitura, choveu 85 milímetros. Ruas ficaram inundadas e a água invadiu comércio e casas. Parte do muro de ginásio de esportes desabou. Pelas ruas, buracos e crateras foram abertas pela força da enxurrada. Ainda conforme a gestão municipal, não há registro de feridos e desabrigados.

Choveu forte também na manhã desta segunda-feira em Tanhaçu. Segundo moradores, a chuva durou cerca de duas horas. A água tomou conta de várias ruas da cidade. Em Jequié, as chuvas começaram a cair desde o final da tarde de domingo (12), mas não houve registro de ocorrências graves. Em alguns pontos da cidade, ruas ficaram alagadas, principalmente nos bairros periféricos.*G1.


A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu, no município baiano de Vitória da Conquista, um homem que estava foragido da Justiça paulista desde setembro deste ano pelo crime contra o Sistema Nacional de Armas. A prisão ocorreu por volta das 14h, desta segunda-feira (13),  no KM 830 da BR 116, trecho localizado na região sudoeste da Bahia, onde foi abordado um ônibus que seguia de São José do Rio Preto/SP com destino a Recife.

Ao realizar a fiscalização da documentação dos passageiros, os policiais encontram um mandado de prisão em aberto contra um dos viajantes, um homem de 25 anos. De acordo com os registros no banco de dados, a ordem de prisão contra ele foi emitida pelo Tribunal de Justiça de São Paulo por crime contra o Sistema Nacional de Armas ocorrido em janeiro de 2013. A ocorrência foi encaminhada para a Delegacia de Polícia Civil em Vitória da Conquista


Mais de 300 agentes comunitários de saúde (ACS) e de combate às endemias (ACE) de toda a Bahia se reuniram, hoje (13), em Ribeira do Pombal, para debater as leis que estão em curso para a regulamentação e valorização da categoria. O encontro, que teve a participação do deputado federal Antonio Brito (PSD-BA), da presidente da Confederação Nacional da categoria, Hilda Angélica, da presidente do sindicato Regional, Maria José Aragão, e do vereador Fábio de Nadja, teve como centro das reivindicações a aprovação da Proposta de Emenda Constitucional 22/2011. A PEC prevê diretrizes para os planos de carreira dos agentes de saúde e de combate às endemias. A proposta ainda será analisada pelo Plenário da Câmara.

Os agentes também reivindicam o Projeto de Lei 6.437/16, que dispõe sobre as atribuições das profissões do ACS e do ACE. “Estarei, no Congresso Nacional, endossando a luta dos agentes comunitários de Saúde e Combate às Endemias”, declarou Antonio Brito. Também estiveram presentes a advogada da Conacs, Elane Alves e representantes de diversos sindicatos da categoria no Estado.


Momentos do 1º Encontro.

Em dezembro será realizado a II edição do Encontro dos ‘Amigos do Distrito de Upabuçu’, Distrito de Itiruçu. A data será no próximo dia 17 de dezembro. Em mensagem encaminhada ao Itiruçu Online, à comissão anuncia o evento, confira:

 

-Atenção filhos de Upabuçu, distrito de Itiruçu-Ba, que residem no estado de São Paulo: dia 17/12/2017 será realizado o segundo grande encontro dos amigos de Upabuçu, na cidade de Barueri São Paulo. Rever os velhos amigos não tem preço, além de tudo, teremos muito forró,  bebidas, churrasco e muito bate papo.   Quem for filho de Upabuçu e quiser  participar, favor entrar em contato com alguns dos organizadores: Eraldo, 11-98437-1692; Dinair, 11-96678-7438; Gessé, 11-98336-3486; Eliete, 11-98756-0296; Antônio, 71-98305-1842; e Leleci, 11-95126-0931.

Confira aqui sobre a realização do I Encontros dos Amigos de Upabuçu, relembre os momentos.


Estudantes do Colégio da Polícia Militar de Jequié (CPM) que se prepararam para o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), tiveram uma oportunidade diferenciada para fixar os conhecimentos adquiridos durante o ano. O recente cursinho, criado há três meses, pelo TEN CEL PM José Silvério de Almeida Neto, Diretor Militar e Coordenado pelo CAP PM Marcelo Pinho, professor de Matemática e Física, vem intensificando durante essa semana as revisões da área de extas e ciências da natureza.

No próximo domingo (12), as áreas de matemática e ciências da natureza serão cobradas no ENEM. Temidas ou amadas, quase nunca com direito ao meio termo, essas matérias compõe a revisão final do cursinho, que nesta última semana contou também com o renomado professor de Biologia, DR° Ramiris César Souza Moraes, Biólogo, formado na Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), com doutorado em Ecologia pela mesma instituição de ensino. A aluna Coronel CPM Júlia Borba de Souza agradeceu pelas aulas do cursinho “(…) é de fundamental importância que, na busca pelo conhecimento intelectual, os estudantes valorizem as oportunidades que lhes são dadas. É nessa perspectiva, que o cursinho oferecido aos estudantes do Colégio da Polícia Militar de Jequié busca trabalhar, sempre para que consigam ingressar numa boa universidade e alcançar a plena satisfação pessoal” – completou a Aluna CPM Júlia Borba.

O TEN CEL PM Silvério, salientou ainda que o cursinho do CPM continuará oferendo aulas de reforço de matemática e física para os alunos do Colégio da Polícia Militar que, doravante, farão recuperação, assim como, aqueles que desejarem fazer os vestibulares da UESB e UNEB, com aulas previstas para o meses, de dezembro, janeiro e fevereiro de 2018. O Diretor militar agradeceu ao CAP PM Marcelo Pinho e toda sua equipe pela disposição e pelo excelente trabalho que tem feito a frente do cursinho.


O vice-prefeito da cidade baiana de Santa Cruz Cabrália, Carlos Lero (PSC), assumiu, por tempo indeterminado, a gestão do município, nesta quarta-feira (8). A posse foi realizada por volta das 12h, na Câmara Municipal, conforme informou a assessoria de imprensa da cidade. A sessão foi presidida pelo Vereador Romali Pairana, presidente da Casa Legislativa.

Lero substitui o prefeito Agnelo Santos, que é um dos investigados na operação Fraternos, da Polícia Federal. A ação apura o envolvimento dele, da irmã, Claudia Oliveira, que é prefeita de Porto Seguro, e do marido dela, José Robério Batista de Oliveira, gestor de Eunápolis, na fraude em contratos públicos. Os dois são do PSD.

Os três prefeitos investigados foram afastados do cargo a pedido do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1). No entanto, os vice de Porto Seguro, Beto Axé Moi (PP), e Eunápolis, Flávio Baiaco (PTN) ainda não tomaram posse.

Além do afastamento, a Justiça Federal determinou, o sequestro de bens imóveis e automóveis dos investigados, não só dos prefeitos, como de outros investigados também, além do bloqueio de contas correntes para ressarcimento do erário.

Por meio de nota, o prefeito de Santa Cruz Cabrália, Agnelo Santos, disse que recebeu a decisão de afastamento com muita surpresa. “Tenho a consciência tranquila quanto as acusações que me estão sendo feitas e não vejo qualquer sentido na decisão proferida, que me afasta do mandato de prefeito, para o qual fui eleito democraticamente pelo voto popular, com mais de 70% dos votos válidos”, diz a nota.

“Deixo claro que meu afastamento foi um equívoco, pois no período dos fatos imputados eu não era prefeito e sim empresário. Estão me acusando de ser dono de uma empresa que nunca me pertenceu, mas tenho a certeza que tudo será esclarecido”, completa. Clique aqui e confira detalhes. 


Fotos/Itiruçu Online

O ex-presidiário Geovani Santos da Cruz, vulgo Tinin, 21 anos, morreu no final da tarde desta quarta-feira (08),  na cidade de Itiruçu,  durante ação da Polícia Militar. Geovane já  foi preso e era velho conhecido da Polícia, com passagens por  fazer parte de uma quadrilha que praticava  roubos e furtos na cidade de Itiruçu. Clique aqui e relembre.

Tinin, como era conhecido, cumpria pena no presidio e saiu recentemente. De acordo com a PM, ele é acusado de ter envolvido com homicídios na cidade de Maracás, recentemente. O corpo foi levado ao necrotério do Hospital Pedro Pimentel Ribeiro, em Itiruçu.

Informações preliminares ao Itiruçu Online, dão conta de que a Polícia vinha investigando a participação do acusado em homicídios na cidade de Maracás  e no tráfico de drogas, quando esteve na residência e o acusado tentou fugir da ação policial, sendo alvejado pelos militares, indo a óbito antes de dá entrada na unidade hospitalar.

De acordo com informações da PM, “Tinin” estaria traficando na Rua do Surucucu, quando a 93ª CIPM recebeu uma denúncia anônima e iniciou uma operação com as  guarnições para averiguar a veracidade, já sabendo que  tratava – se de um elemento de alta periculosidade  e que saiu do Conjunto Penal de Jequié, onde cumpria  pena pelo art. 121 ( Homicídio ), sendo   o principal suspeito por outro homicídio cometido na cidade de Maracás,  onde um menor de 14 anos foi a vítima.  Ao chegar ao local indicado pelo denunciante, foi feito o cerco, distribuindo as guarnições na frente e no fundo da casa em que o mesmo se encontrava. Entretanto, no momento em que policiais pediam autorização para entrar na residência,   “Tinim” saiu pelos fundos, quando observou a presença da polícia passou a desferir disparos de arma de fogo contra a guarnição, momento em que houve o revide. Ao cessar o confronto, percebeu – se que o individuo foi atingido, de imediato foi providenciado o socorro, chegando no hospital de Itiruçu foi constatado o óbito.

Com o suspeito a PM encontrou: 1 Revolver Cal. 32 com numeração suprimida; 5 munições, sendo 2 deflagradas, 1 percutidas e não deflagradas e 2 intactas; 18 buchas de maconha e outra quantidade um pouco maior; 1 relógio; Uma corrente prateada; R$ 314,00; e Vários sacos de geladinhos, mesmo tipo de embalagem utilizada nas buchas de maconha.

Atualiza às 20h20 para implementação de informações.


A 93ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) recebeu nesta terça-feira (07) das mãos do vereador Paulo Ézio – Paulinho do PSB- uma moção de aplausos da Câmara Municipal de Itiruçu, apresentada pelo vereador Paulinho e aprovada por unanimidade.

Major Caldas recebeu moção de aplausos. Fotos/Itiruçu Online.

Defende a moção de aplausos aos militares da 93ª CIPM, que desde a sua implantação desenvolve um trabalho de combate ao crime com austeridade, procurando garantir a tranquilidade dos municípios atendidos. Durante o ato de entrega da moção, ocorrido hoje em visita do vereado a sede da 93ª CIPM, o Major Caldas agradeceu a atitude do vereador, afirmando o compromisso da 93ª CIPM para com a cidade de Itiruçu.

Capitão Rener recebeu o reconhecimento através da moção de aplausos.

Já o Capitão Rener, Subcomandante da 93CIPM, disse que os policiais militares da CIPM são movidos pela vocação em servir a comunidade, além do reconhecimento que a sociedade tem pelo trabalho Policial Militar na região. Tanto o Comandante como o Subcomandante enfatizaram a importância que todos os policiais militares da 93ª CIPM tem na concretizam da Moção de Aplauso. “A família 93ª CIPM agradece ao Vereador Paulo Ézio pelo reconhecimento e preocupação com a Segurança Pública”, disse.

Tenente Alan Dias, hoje no PETO, foi homenageado.

Receberam a moção: o Major PM Alexsandro Nascimento Caldas; o Capitão, PM Rener Leal Oliveira; o Ten PM Alan Jakson Dias de Souza; e o Ten PM José Ronaldo Moreira dos Santos.

Tenente Moreira, comandante do pelotão de Itiruçu recebeu moção de aplausos.

O tem PM Alan Jakson Dias de Souza, é reconhecido na cidade de Itiruçu pela forma arrojada com a qual enfrentou os problemas da cidade no tempo em que esteve à frente do 2º Pelotão da PM, deixando o legado positivo e incentivando crianças a sonharem ser policial. Já o seu substituo, Ten PM José Ronaldo Moreira dos Santos, hoje chefe do pelotão de Itiruçu, busca uma aproximação da sociedade e também incentiva uma tarefa da PM e Sociedade na corrente pelo bem.

Acompanhou o ato de entrega da moção o professor e ex-secretário de educação de Itiruçu, Manoel Missias, que trabalhou em parceria com a Polícia Militar, implantando, por exemplo, o Proerd em Itiruçu.