Foto/Itiruçu Online.

O Prefeito de Jequié, Sérgio da Gameleira, tendo em vista o disposto na Lei nº 13.979, de 6 de fevereiro de 2020 e na Portaria MS/GM nº 356 de 11 de março de 2020, decretou o fechamento do comercio da cidade a partir deste sábado, 21.

Com a decisão, fica determinado o fechamento do comércio em geral a partir das 14 horas do dia 21 de março de 2020, pelo prazo de 15 dias, prorrogáveis a qualquer tempo por ato próprio, excetuando-se::

– Mercados, Supermercados, “Mercadinhos”;

– Padarias e Delicatessens;

– Farmácias, Drogarias e Congêneres;

– Postos de Combustível;

– Lojas de Insumos médicos e hospitalares;

De acordo com o Decreto, dos estabelecimentos que terão funcionamento permitido será facultada a possibilidade de consentir a estadia de clientes por tempo superior ao estritamente necessário para aquisição do produto. Não devendo ocorrer consumo in loco sob nenhuma hipótese.  Ficando, sobretudo, determinado o fechamento pelo prazo de 15 dias de clínicas odontológicas, fisioterápicas, estéticas e consultórios de psicologia.

Foi proibida a circulação de transporte coletivo municipal no território de Jequié a partir das 14 horas do dia 21 de março de 2020 pelo prazo de 15 dias prorrogável a qualquer tempo por ato próprio.


O Laboratório de Saúde Pública do Estado da Bahia (Lacen) confirmou o diagnóstico de três novos casos do novo coronavírus (Covid-19) na manhã desta quinta-feira (19). O resultado foi divulgado pelo secretário da Saúde do Estado da Bahia, Fabio Vilas-Boas, durante transmissão ao vivo que realizou no Youtube, no link: https://www.youtube.com/watch?v=yoBxYQfKHlo. No total, a Bahia contabiliza 30 casos, sendo nos municípios de Salvador (18), Feira de Santana (5), Porto Seguro (4), Lauro de Freitas (2), Itabuna (1) e Prado (1).

De janeiro até às 14 horas desta quinta-feira (19), a Bahia registrou 998 casos notificados com suspeita clínica de infecção pelo novo coronavírus. Destes, 30 foram confirmados, 443 foram descartados e 525 aguardam análise laboratorial.

Na região de Itiruçu, Maracás investiga dois casos, e na cidade de Jaguaquara 03 suspeitas são investigadas. Nas cidades existem casos confirmados de dengue e Chycunguya. O resultado para o COVID-19 segue o padrão de análise e divulgação através do Lacen, da Secretaria de Saúde do Estado.

De acordo com o secretário da Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas, “as equipes da vigilância estadual e municipais estão trabalhando ao máximo para reduzir a velocidade de novos casos e até o momento, a cadeia de transmissão está identificada”, afirma.

OS números são dinâmicos e na medida em que as investigações clínicas e epidemiológicas avançam, os casos são reavaliados, sendo passíveis de reenquadramento na sua classificação. Um novo boletim, com dados atualizados, será divulgado às 17 horas de hoje (19).

É importante pontuar que o paciente com diagnóstico positivo para o novo coronavírus pode cursar com grau leve, moderado ou grave. A depender da situação clínica, pode ser atendido em unidades da atenção básica, unidades secundárias ou precisar de internação. Mesmo definindo unidades de referência, não significa que ele só pode ser atendido em hospital.

Os casos graves devem ser encaminhados a um hospital de referência para isolamento e tratamento. Os casos leves devem ser acompanhados pela Atenção Primária em Saúde (APS) e instituídas medidas de precaução domiciliar. Outras informações podem ser obtidas no link: www.saude.ba.gov.br/coronavirus.

O diagnóstico do coronavírus é feito com a coleta de materiais respiratórios (aspiração de vias aéreas ou indução de escarro). Na suspeita de coronavírus, é necessária a coleta de uma amostra que será encaminhada para o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen-BA). Para confirmar a doença, é necessário realizar exames de biologia molecular que detecte o genoma viral. O diagnóstico do coronavírus é feito com a coleta de amostra, que está indicada sempre que ocorrer a identificação de caso suspeito.


O Poder Judiciário, representado pela  Juíza da Vara de Jurisdição de Jaguaquara,  Dra. Andrea Leal Palmarella e pelo promotor Dr. Lúcio Mendes, convocou uma reunião com os prefeitos de Jaguaquara, Itiruçu, Lajedo do Tabocal, Nova Itarana e Planaltino para discutir uma série de medidas que visam conter o avanço do novo coronavírus (Covid-19) na Bahia. A ideia do encontro foi para unificar medidas. A reunião foi realizada no espaço da Câmara de vereadores de Jaguaquara nesta quarta-feira,18.

As ações serão publicadas em decreto na edição do Diário Oficial de cada cidade.  O ponto principal do decreto é a suspensão das aulas por 30 dias na rede municipal, privada e na rede estadual de ensino, dentre diversas outras medidas protetivas de saúde que já foram tomadas por alguns municípios. Outras medidas locais serão adequadas para o funcionamento do comércio, em especial para serviços que por natural forçam a aglomeração de pessoas, bem como manter atenção para evitar a realização de festas e eventos.

Presentes, os prefeitos Juliano Martinelli, de Jaguaquara; Danilo, de Nova Itarana; Lorenna Di Gregorio, de Itiruçu; João Freitas, de Lafaiete Coutinho; Mariane Fagundes, de Lajedo do Tabocal; e Marco Aurélio de Itaquara. Todos os municípios adotarão medidas na tratativa de evitarem o avanço do coronavírus. Os prefeitos estiveram acompanhados de seus secretários de saúde e educação.


O presidente do Instituto Nacional do Seguro Social – INSS, considerando a emergência de saúde pública decorrente do COVID-19- coronavírus- suspendeu o atendimento não programado nas unidades  durante o prazo de 15 (quinze) dias. Com a decisão, a Agência do município de Itiruçu se adéqua  a medida e passa a funcionar no período obedecendo as normas do INSS, devendo manter apenas os serviços agendados referentes ao cumprimento de exigências de requerimentos de benefícios previdenciários e assistenciais, perícias médicas previdenciárias e avaliações e pareceres sociais dos benefícios previdenciários e assistenciais.

Para evitar aglomerações na sala de espera da unidade, deverá ser limitando o acesso apenas aos segurados agendados para os próximos 20 (vinte) minutos de cada agendamento, em especial da perícia médica, não deixando o acesso livre a todos os segurados da mesma hora ou do mesmo turno, somente poderá ser permitido acesso a acompanhantes se indispensável.


A Prefeitura de Planaltino publicou nesta terça-feira (17) no Diário Oficial, o Decreto 255, que trata da aplicação da Lei Federal nº 13.979/2020, contendo medidas para enfrentamento da emergência em saúde pública decorrente da COVID-19, o novo coronavírus. As medidas foram discutidas e pensadas nas ações de prevenção e controle para o enfrentamento coronavírus.

“Estamos fazendo tudo com muita responsabilidade. Não temos nenhum caso da doença, mas diante do cenário internacional, nacional e estadual, essas ações visam à proteção da saúde da nossa população”, diz o prefeito Zeca Braga.

O Decreto destaca as medidas tomadas no âmbito do município de Planaltino e, dentre as medidas, estão:

– A suspensão por prazo indeterminado a concessão de férias e demais licenças, exceto aquelas previstas nos incisos I, II, III, IV, VIII, IX e X, do art. 68 da Lei nº 08/2001, para os servidores públicos municipais pertencentes a Secretaria Municipal de Saúde;

– O agendamento de exames, consultas e procedimentos eletivos a serem realizados em outros municípios;

– Suspensão temporariamente das viagens de pacientes para outros municípios, exceto as de tratamento obrigatório e emergenciais;

– Servidores com mais de 60 anos e/ou portadores de doenças crônicas terão suas faltas justificadas;

– Fica suspenso, pelo prazo de 15 (quinze) dias corridos, o funcionamento dos seguintes estabelecimentos:
I- Academias de Ginástica;
II- Eventos e Shows com fluxo de mais de 30 (trinta) pessoas;
III- Para os eventos que envolvam aglomerações e que não necessitem de autorização ou licenciamento do poder público municipal, a recomendação é que sejam cancelados ou adiados, diante do cenário epidemiológico atual.

– Os Estabelecimentos comerciais deverão disponibilizar dispensadores de álcool gel 70%, para higienização das mãos de clientes e funcionários. O não cumprimento das medidas estabelecidas será caracterizada como infração à legislação municipal e sujeitará o infrator às penalidades e sanções aplicáveis, inclusive, no que couber, cassação de licença de funcionamento;

– Será facultativo a presença dos Alunos em sala de aula dos dias 17 à 20/03/2020, e a contar do dia 24/03/2020, pelo prazo de 15 dias, ficarão suspensas as Atividades de Classe de todas as unidades escolares integrantes da Rede Municipal de Educação.

Clique aqui e confira o DECRETO.


Bahia já registra 13 casos de Covid-19. Porto Seguro, no extremo sul do estado, registra três ocorrências e Prado é a quarta cidade a registrar caso confirmado. A capital, Salvador, tem quatro casos e Feira de Santana cinco. A informação foi divulgada pela subsecretária de Saúde do estado, Tereza Paim, em entrevista ao Jornal da Manhã nesta terça-feira (17).

A subsecretária destacou que os novos casos são importados, ou seja, os pacientes foram infectados em outros locais.

Boletim NOVO CORONAVÍRUS

SECRETARIA DA SAÚDE DO ESTADO
ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO
17 de março de 2020

Bahia tem três novos casos de Covid-19

Três outros casos do novo coronavírus (Covid-19) foram confirmados pelo Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA). São registros de residentes nos municípios de Prado e Porto Seguro. Com esses três diagnósticos laboratoriais, a Bahia chega a 13 casos confirmados de Covid-19 (Salvador – 4 ; Feira de Santana – 5; Porto Seguro – 3; Prado – 1).


Um homem matou a companheira e depois cometeu suicídio dentro de uma casa no bairro Nova Sião, em Poções. O caso foi registrado no início da tarde desta quinta-feira (12). A Polícia Militar chegou até o imóvel, onde estavam os dois, depois que vizinhos ouviram disparos de arma de fogo. A mulher foi identificada como Rosemary Mendes, professora do município, e o homem pelo prenome de Mário, guarda municipal. Os corpos foram removidos para o Instituto Médico Legal (IML) de Vitória da Conquista. A Polícia Civil investiga a motivação dessa tragédia. *Com informações do Blog do Jeferson Almeida.


Na manhã de ontem, terça-feira, 10, um jovem identificado como Ruan da Silva Santos, de 18 anos, cometeu suicídio na cidade de Maracás. O caso ocorreu na Fazenda Boa Nova, região do Lava Pés, onde morava. Segundo informações colhidas, a vítima deixou algumas mensagens em sua rede social dizendo que iria cometer o suicídio. Ele utilizou uma espingarda artesanal e atirou no próprio peito.

Por se tratar de morte violenta, a Polícia Civil acionou o IML (Instituto Médico Legal), que realizou o levantamento cadavérico de local, em seguida encaminhou o corpo para DPT – Departamento de Polícia Técnica – para exame de necropsia. Em seguida o corpo foi devolvido aos familiares para velório e sepultamento. De acordo com informações extraídas de Vandinho Maracás.


Fotos Divulgação/Blog Itiruçu Online.

Os professores municipais da cidade de Lajedo do Tabocal ameaçaram entrar em  estado de greve nesta terça-feira, 10, após cobranças de atraso salarial referente ao mês de fevereiro deste ano e do cumprimento do Piso Nacional dos Professores, ainda não pagos pela gestão municipal.

De acordo com a professora Nádia Alves, diretora local do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB), os funcionários da educação que trabalham no município não receberam o salário de fevereiro. Depois de realizar uma assembleia na plenária da Câmara de vereadores, os professores caminharam no centro da cidade e pararam em frente a sede da prefeitura. No local os gritos foram de “Queremos nosso piso”.

Em nota, a APLB se manifestou após a decisão da categoria com a reportagem do Itiruçu Online. Confira:

Os professores de Lajedo do Tabocal reuniram-se em assembleia para posicionarem-se quanto ao não pagamento do piso salarial e, também, o atraso nos salários dos profissionais da educação. Como é do conhecimento de todos, o Governo Federal reajustou o piso do magistério em 12,84% a partir de janeiro de 2020 , entretanto, o Município de Lajedo não cumpriu o que determina a lei no mês de janeiro e até a presente data nem sequer pagou o salário. O piso é lei, tem que ser pago e não negociado, muito menos nos termos da prefeitura parcelando o percentual de reajuste, o que só acarreta prejuízos a categoria. Já tivemos essa experiência de parcelamento e não concordamos mais com essa proposta. Queremos e merecemos respeito como profissionais que somos. Não estamos em greve ainda, mas estaremos tomando medidas e ações pontuais até que a gestão municipal cumpra com o seu dever porque nós temos cumprido com o nosso. Diz a nota da APLB.

 

 

Ver essa foto no Instagram

 

Com Gritos de Queremos nosso Piso, Professores de Lajedo do Tabocal entram em estado de greve.

Uma publicação compartilhada por Itiruçu Online (@itirucuonline) em


 

Há vagas em todos os municípios do país. As inscrições já começaram e vão até 24 de março.

São dois processos seletivos, para Agentes Censitários Municipais / Agentes Censitários Supervisores (nível médio) e para Recenseadores (nível fundamental). As inscrições serão via internet, pelo site da organizadora do Processo Seletivo, o Cebraspe.  A taxa de inscrição para as funções de nível médio é de R$ 35,80 e para Recenseador, de R$ 23,61. Os valores podem ser pagos em qualquer banco, casa lotérica ou pela internet. Esses profissionais irão trabalhar na coleta de informações do Censo 2020, entrevistando os moradores de todos domicílios brasileiros. O quadro com a distribuição das vagas e os respectivos editais estão à direita desta página.

A data de aplicação da prova para os cargos de ACM e ACS ocorrerá em 17/05/2020; e a aplicação da prova para Recenseadores no dia 24/05/2020.

Confira vagas para Itiruçu e região: 

Para o município de Itiruçu serão 10 Recenseadores, 1 ACM e 1 ACS;

Planaltino serão 08 Recenseadores, 1 ACM e 1 ACS;

Maracás serão 18 Recenseadores, 1 ACM e 3 ACS;

Lajedo do Tabocal serão 08 Recenseadores, 1 ACM e 1 ACS;

Lafaiete Coutinho serão 04 Recenseadores;

E Jaguaquara serão 45 Recenseadores, 1 ACM e 06 ACS;

Informações completas de outros municípios estão nos 2 editais. Edital 01 e Edital 02