Ezequiel diz que é preciso tomar a segunda dose da vacina. Foto/Blog Itiruçu Online.

O líder do governo Lorenna Di Gregorio na Câmara de vereadores, Ezequiel Borges (PSD), usou a tribuna da casa para chamar a atenção da população sobre a importância dos imunizados com a primeira dose para que retornem e completem o plano de imunização contra a doença do coronavírus.

“Estamos avançando na imunização, mas quero fazer um alerta à sociedade. Estive conversando com a equipe de saúde e me foi relatado o grande número de pessoas que não voltaram para tomar a segunda dose e completar o ciclo de imunização. Não gosto de falar da questão política do presidente, mas, em uma de suas viagens aos EUA, ele teve que comer pizza na rua pela exigência da vacinação. Peço ajuda a vocês da imprensa, ao Itiruçu Online que é líder no seguimento, e  todos que puderem fazer essa orientação quanto importância da segunda dose da vacina, para que possamos retomar nossa vida normal e, quem sabe, tão logo possamos festejar juntos nosso São Pedro, ou até no próximo natal já possamos ter um clima diferente do ano passado”, disse.

PRIMEIRA, SEGUNDA E TERCEIRA DOSE DA VACINA

O Plano Nacional de Imunizações (PNI) conta, atualmente, com quatro vacinas (Coronavac, AstraZeneca/Oxford, Pfizer e Janssen) em ampla aplicação no território nacional. Desses imunizantes, apenas a da Janssen obedece ao esquema de dose única e, portanto, não exige uma segunda dose para completar o esquema vacinal para a aquisição da imunidade contra o vírus SARS-CoV-2, da COVID-19. Sendo assim, caso você tenha sido vacinado com a primeira dose dos demais imunizantes, não deixe de tomar a segunda dose, após o intervalo recomendado, para que você seja imunizado adequadamente e, assim, aumentar a sua defesa contra o coronavírus!

POR QUE MUITOS NÃO ESTÃO RETORNANDO PARA TOMAR A SEGUNDA DOSE?

Com milhares de pessoas já vacinadas com a primeira dose, fica difícil dizer qual seria o real motivo de muitas delas não estarem retornando para a aplicação da segunda dose do imunizante. Por isso, selecionamos abaixo algumas hipóteses mais prováveis, juntamente à explicação do porquê cada uma delas não justificaria o atraso ou o adiamento do esquema de imunização atualmente indicado pelo Ministério da Saúde:

“Após a primeira dose da vacina, já estou imunizado”


Foto/Blog Itiruçu Online.

 

Presidente da Câmara, Nino Mota, informou que o projeto não será votado nesta segunda-feira, dia 20, e sim na próxima segunda-feira, dia 27.

A Câmara de vereadores de Itiruçu debate a aprovação do Projeto de Lei, de autoria do executivo municipal, que dispõe sobre a doação de terrenos para pessoas carentes da comunidade, na sede e zona rural. Embora aparente ser muito bom para beneficiar quem sonha em ter um terreno para construir sua residência, houve reclamações entre vereadores até da base do governo Lorenna Di Gregorio (PSD), alegando que muitos terrenos em localidades citadas já estão demarcados e com construções.

O Itiruçu Online visitou algumas localidades e, de fato, comprovou que já há diversos deles com construções iniciadas, principalmente no condomínio Nova Itália e D’Milano, além de na quadra da cantina, onde já iniciaram construções, mesmo sem a doação legal.  Na Vila Geraldo Cerqueira, segundo o vereador Ito do Feto relatou na sessão que o PL foi apresentado, o único terreno possível a doação já é ocupada há anos na localidade.

Como a prefeita detém a maioria, mesmo com evidências de a maioria dos terrenos já possui donos, o PL deve ser aprovado sem dificuldade. Difícil mesmo ficaria para os que irão sonhar com a fila de cadastros que será disponibilizada pós aprovação. Clique aqui e confira mais sobre o assunto.

A sessão será transmitida ao vivo  a partir das 19h30, em nossa página no Facebook: CLIQUE AQUI.


Colégio Cid Alves com aulas presenciais. Foto/Itiruçu Online.

A Secretaria Municipal de Educação havia confirmado o retorno das aulas presenciais na rede de ensino de Itiruçu para o dia 13 de setembro. Nesta segunda-feira (13), as escolas receberam os alunos que deverão seguir os protocolos sanitários como o uso das máscaras.

Para avalizar o retorno, de acordo com a Secretaria de Educação, foi feito um estudo garantido a aprovação das famílias e estabelecido normas de segurança para alunos e professores.

Desde o início da pandemia da Covid-19 que a Educação estava trabalhando com as equipes das Unidades de Ensino (UE), e planejando o calendário, estratégias e ações a serem postas em prática com a volta às aulas, de acordo com as medidas sanitárias, financeiras e pedagógicas que deverão ser tomadas no continuum1 de 2020-2021, tendo como política a orientação de pais, alunos, funcionários e professores sobre procedimentos, protocolos e possíveis consequências da pandemia que vivemos.

No entanto, o protocolo foi dividido em três fases:

FASE 1 – As atividades são remotas, com as/os estudantes em casa a semana inteira, usando as tecnologias disponíveis, bem como as atividades impressas.

 FASE 2 – As atividades são remotas e presenciais, alternadamente. Um dia os estudantes estarão na escola e no dia seguinte os estudantes estarão realizando as atividades em casa.

 FASE 3 – As aulas serão presenciais, na escola.

A fase 2 (retorno das aulas híbridas e/ou semipresenciais) está prevista para o dia 13/08/2021 para as turmas do 1º ao 9º Ano do Ensino Fundamental.


A Itiruçuense Paula Melissa foi selecionada para participar de um novo reality que está chegando no território baiano. Do mesmo criador do reality “BBBaiano”, vem aí o “No extremo”.

Dez participantes estarão fixados na região metropolitana de salvador passando por regras de sobrevivência durante uma semana, no período de 6 a 12 de setembro.

Os jogadores se alojarão em campo aberto e se instalarão num acampamento montado por eles próprios. A jornada do programa é formada por disputa de provas com o intuito de somar pontos e tentar sobreviver até a grande final no dia 12 de setembro. O programa pega o gancho do famoso Reality global “no limite”.

O público participará do programa votando em enquetes na rede social do Instagram, ajudando assim a dar rumo ao jogo.


Foto/Blog Itiruçu Online.

Rendeu o gesto dos Bolsonaristas em parabenizar o município de Itiruçu pelos 86 anos de história usando um outdoor com a mensagem “Itiruçu acima de tudo, Deus acima de todos”. O outdoor foi vandalizado  e pintado com lama durante a manhã desta quarta-feira (01).

Itiruçu é um dos municípios baiano que o eleitorado, na última eleição, deu uma votação de quase 80% aos candidatos do PT, principal adversário de Bolsonaro. Nas redes sociais o outdoor dominou o assunto mais comentado do dia entre os simpatizantes e que são desfavoráveis ao presidente.

Acima de tudo é preciso exercer a democracia, permitido que todos possam manifestarem-se de forma livre, dentro dos limites do respeito. O que um tem direito de fazer conforma a legislação, é permitido ao outro.


A cidade de Itiruçu completou 86 anos de emancipação político-administrativa. Para celebrar a data festiva, a prefeitura preparou uma programação com um pacote de reformas entregues nesta quarta-feira (01) pela prefeita Lorenna Di Gregorio (PSD).

Confira fotos de como ficou a Escola pós reforma, gerida pela diretora Professora Cida.

A Programação iniciou com o hasteamento das bandeiras no pavilhão na sede da prefeitura, seguida das entregas das reformas nas Escolas Rita Pimentel Ribeiro, Adalício Novaes e  Geraldo Cerqueira. Foram entregues ainda o Núcleo de Educação Especial e a Reforma da Unidade de Saúde João Batista. Ainda para finalizar a data, haverá uma live cultural às 19h, com artistas da cidade.

Para complementar a programação, a diretoria de esportes promoveu uma maratona com maratonistas da cidade e região, concluída mesmo com o tempo chuvoso.

O ato festivo contou com a participação de toda equipe administrativa: prefeita, vice-prefeito, vereadores e Secretários, além das presenças dos deputados Jorge Solla do PT e Euclides Fernandes do PDT, aliados do governo Lorenna. No ato, a prefeita anunciou o que chamou de maior pacote de obras da História em termos financeiros, somando mais de 20 milhões, com a construção de uma nova delegacia da PC, uma nova escola e complexo esportivo, pavimentações e recuperação de estradas vicinais.


No aniversário de Itiruçu patriotas comemoraram colocando outdoors no município parabenizando pela data. Nas placas aparecem o Presidente Bolsonaro e a frase ’86 ANOS! ITIRUÇU ACIMA DE TUDO, DEUS ACIMA DE TODOS’ uma referência à frase clássica do presidente ‘Brasil acima de tudo, Deus acima de todos’. Bolsonaro sempre faz reverência aos governos militares do Brasil, período onde Itiruçu teve seus melhores índices de desenvolvimento, principalmente na educação e economia com a construção dos maiores colégios públicos da cidade e investimento na produção de café e verduras que chegou abastecer 60% do que se consumia em Salvador. A época ficou marcada na cidade por não haver desemprego nem criminalidade.

Após vários anos sem receber investimentos federais o governo Bolsonaro tem feito ações na zona rural com abertura de poços artesianos através do DNOCS (Departamento Nacional de Obras Contra a Seca), um dos poços foi aberto no Campo Federal para o projeto de hortas comunitárias da Secretaria de Agricultura do município. Tem sido recorde também a alocação de recursos federais para o município que está permitindo à prefeitura a realização de várias obras como a construção da praça de alimentação ao lado do Grupo Escolar Francisco Mangabeira.


A Escola Menino Jesus, nasceu de um sonho da professora Urânia de Cássia Lemos Oliveira, que visando oferecer os seus dons educacionais à população Itiruçuense e promover uma educação que proporcionasse a formação integral do aluno, contribuiria para o desenvolvimento intelectual da comunidade. Assim, em 08 de março de 1983, é fundada a Escola Menino Jesus, em clara homenagem ao Menino Jesus, atendendo ao pedido de sua mãe Erenilda. Nesse intuito, alugou o galpão pertencente ao Sr. Gabriel Ieverse, situado à Rua Albino Serra, centro da cidade e montou a escola. Anos depois, migra para o casarão, situado à Rua Juscelino Kubitscheck. Após muitos esforços, é construída a atual sede, situada a Rua Américo Andrade, nº 206. São 38 anos contribuindo para a educação do nosso município, oferecendo uma educação de qualidade nas etapas da Educação Básica: Educação Infantil e Ensino Fundamental I. É um orgulho para a Escola Menino Jesus fazer parte da história de muitos alunos e de pais ex-alunos, que também optam pela educação oferecida por esta instituição aos seus filhos.

Em reconhecimento ao trabalho oferecido à comunidade, tem a capacidade de oportunizar a socialização do conhecimento em prol da formação moral dos alunos.E essa soma de esforços que permite o pleno desenvolvimento dos alunos como cidadãos. A Escola Menino Jesus sente-se honrada em fazer parte desta história. Ao mesmo tempo que parabeniza Itiruçu pelos seus 86 anos de história e progresso.

Profª: Edna Gomes.

 

O CAFÉ

Cadê o nosso café?
Quem daqui o tirou?
Um dos nossos patrimônios econômicos,
onde as famílias tiravam o seu sustento…

As festas populares eram patrocinadas por ele.
Quanto glamour!
Famílias inteiras se empenhavam na colheita,
era bonito de se vê o cafezal florido,
a sua fragrância exalava emoção…

A economia cafeeira
movimentava a cidade,
era comum presenciarmos
caminhões e caminhões,
subindo e descendo
cheios de café e de pessoas,
que acordavam cedo para laborar.
Muitas pessoas subiam e desciam às ruas,
com balaios nas costas,
que levavam suas boias-frias,
comidas gostosas…

Pessoas vinham até de outras cidades
para o café colher,
era uma verdadeira comunidade,
de cantorias e de muita parceria…
Eta saudade!
Tempo que não volta mais…

Hoje, os espaços onde
eram os cafezais são pastos.

Os investimentos se foram,
os cafeicultores se desmotivaram,as matas derrubaram e
a chuva abrandou…

Só nos resta lembrança
de uma cultura de amor,
onde o pobre tinha trabalho,
mesmo pago a pouco valor.

Os versos, nos remete à saudade!
Saudade das festas
do final da colheita
comemorada com vinho, tubaína,
pão e muita animação,
assim esquentava o coração!

Após a colheita,
o café do chão era dado à meia
ou por completo às ”catadeiras ”,
que se debruçavam ao chão.

Parabéns Itiruçu! 86 anos de memorias e tradição.

Profª Edna Gomes.


Foto/Itiruçu Online.

Usando o discurso de que houve silencio por parte da prefeita Lorenna Di Gregorio sobre o Projeto de Lei de autoria do vereador Sidimar Santos (PP), que obriga a Embasa a instalar válvulas de retenção para os consumidores de forma gratuita em todos os imóveis que utilizam dos serviços da empresa.

O ato foi homologado por ato legislativo, depois de o presidente ter dado o prazo de 15 dias para a sanção do executivo, o que não ocorreu. O Projeto foi aprovado por unanimidade na casa,

De acordo com o Projeto 307/2021, fica assegurado o fornecimento, a instalação e a manutenção de eliminadores de ar (válvulas de retenção de ar) nos hidrômetros, pela concessionária de fornecimento de água em todos os imóveis que utilizam dos serviços da EMBASA, custeados pela própria EMBASA, de forma gratuita para os usuários do serviço.

As válvulas de retenção de ar (eliminadores de ar) a serem instaladas devem obedecer a todas as especificações técnicas, nacionalmente reconhecidas, de segurança e confiabilidade, devendo ser instaladas na tubulação de modo a impedir que a pressão do ar seja contabilizada como água fornecida, e em local que seja possível ser verificada.

O consumidor dos serviços solicitará a instalação do equipamento junto à concessionária, que terá prazo máximo de 60 dias úteis para instalação do equipamento.

O não cumprimento do prazo disposto no artigo anterior acarretará a isenção da cobrança mensal ao usuário até que seja instalado o equipamento, sem prejuízo das medidas previstas no Código de Defesa do Consumidor, Lei n. 8.078 de 11 de setembro de 1990.


Na noite desta segunda-feira (23), antes da Sessão da Câmara Municipal, o Vereador Nino Mota, presidente do Legislativo, realizou a entrega de uniformes padronizados para equipes de futebol, Society e Futsal em Itiruçu, da sede e zona rural.

Foram entregues no total de 6 kites completos com camisas, shorts e meias. Os desportistas receberam o material e agradeceram ao presidente da Câmara. “Por hora atendemos a necessidade de algumas equipes que nos procuraram. Buscamos a parceria com o deputado, Bobô, que ajudou atender à necessidade. Como desportista que sou, fico feliz de poder contribuir com a organização de quem faz o futebol amador acontecer, agora de forma mais organizada”, diz.