A Câmara de Vereadores de Santo Estevão reprovou na noite de 12 Maio de 2011, o projeto da prefeitura que tinha como objetivo realizar um empréstimo de oito milhões de reais para serem investidos em calçamento e reforma do hospital municipal..

De acordo com Hugo Nogueira, presidente da Casa, um empréstimo de com um valor tão alto iria resultar em débito para o município durante um prazo de dez anos. “Um projeto como esse nunca deve ser aprovado e ainda mais quando se alega que é para calçamento, uma vez que o município de Santo Estevão já é quase todo calçado”, frisou o presidente.

Ainda de acordo com o presidente, o ex-gestor calçou tudo com recursos próprios e nunca precisou tomar empréstimos. “Seria interessante que os recursos de dois anos e meio fosse mostrado, isso até porque o projeto para pedir o empréstimo tem também outra finalidade que é a de realizar reformas no hospital que está recebendo para isso recursos do governo do estado”, ressaltou Hugo Nogueira.

Indagando sobre o destino da arrecadação do IPTU, o presidente da Câmara de Vereadores de Santo Estevão afirma pedir mais repressão para o gestor atual, que segundo ele não está justificando de forma clara a necessidade de se fazer um empréstimo de oito milhões de reais. “No mês de abril, o município teve uma arrecadação altíssima do IPTU e agora que estamos em maio o prefeito quer fazer um empréstimo tão alto”, disse Nogueira, questionando, “onde está o dinheiro arrecadado?”, indagou.

Além da contestação dos oito milhões, o presidente ainda informou sobre alguns pontos da cidade que estão sem iluminação. “Todos os meses o município arrecada cento e dez mil reais da taxa de iluminação pública e depois disso, estamos percebendo que, por exemplo, não podemos mais andar na lagoa, um dos pontos turísticos da cidade porque está escuro, então desde quando começou a cobrar as redes de iluminação pública foram reduzidas”, questionou o presidente.

Concordando com o ponto de vista do presidente Nogueira, o vereador Luciano Freitas ressaltou a importância de não se aprovar um projeto, ele ainda salientou que gestores passados realizaram vários investimentos na região sem fazer empréstimos, tudo com recursos próprios. “Fazendo um projeto como este, o prefeito está assinando um atestado de incompetência para gerir os recursos públicos e os vereadores que são preocupados com o bem do município e do povo votaram contra”, disse Luciano, acrescentando ainda que, “todos os edis que votaram contra estão de parabéns”, completou.

Além de Luciano Freitas, o vereador Narcíseo também votou contra o projeto. Segundo ele, a aprovação para realizar um empréstimo tão alto iria “afundar” o município. “Se o prefeito quer tomar um empréstimo para pagar daqui a dez anos, isso não vai fazer bem ao município, até porque ele já tem um débito de um milhão e duzentos mil reais, já está endividado, não pode procurar mais divida”, disse o vereador Narcíseo.

Ainda de acordo com Narcíseo, se o prefeito enviasse um projeto pedindo empréstimo para pagar no período do seu governo, a Câmara aprovaria. “Ele só não pode fazer divida para pagar depois, daqui a dez anos ele não sabe onde vai está”, salientou.

Assessoria do presidente



Pesquisa do Ibope, divulgada nesta quinta-feira, revela que a sociedade brasileira é contra a união estável para casais do mesmo sexo. Segundo o estudo nacional, realizado entre os dias 14 e 18 de julho, 55% dos brasileiros são contra o casamento gay e 45% são favoráveis. As opiniões variam muito em função da religião, idade e escolaridade dos entrevistados. O instituto estimulou o debate após a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) em reconhecer a união gay.

A pesquisa apontou que as pessoas menos incomodadas com o tema são: mulheres, jovens, os mais escolarizados e as classes mais altas. As regiões Norte, Centro-Oeste e Nordeste se destacaram como as áreas do País com mais resistência às questões que envolvem o tema.

Em maio deste ano, por unanimidade e com placar de 10 votos a 0, os ministros do Supremo reconheceram a união estável para casais do mesmo sexo. Com isso, companheiros em relação homoafetiva duradoura e pública têm os mesmos diretos e deveres das famílias formadas por homens e mulheres. Ultimo segundo



“Olha, mulher é igual a lata, um chuta e outro cata, um chuta e outro cata…eu chutei, você catou”. Músicas como esta, que fazem o sucesso de várias bandas de pagode na Bahia, estão na mira da Assembleia Legislativa.

A deputada estadual Luiza Maia (PT-BA) impetrou um projeto na Casa que prevê a proibição de financiamento público para bandas e artistas que incentivem a violência e o preconceito contra as mulheres.

Se o projeto for aprovado, o Governo do Estado e as prefeituras baianas ficarão proibidos de contratar artistas com repertório que desvalorize ou exponha as mulheres a constrangimentos. Ela já ganhou o apoio de dez deputadas da Casa e mantém um abaixo-assinado na internet para pedir apoio ao projeto. “Você não pode estar deixando normalizar, como se fosse natural a violência, o desrespeito e a desvalorização da mulher”, defende a deputada.

Os músicos não concordam com o projeto lei e argumentam. De acordo com Robson Costa, vocalista da banda Black Style, tudo não passa de uma brincadeira. “As mulheres interpretam de uma forma assim, como uma brincadeira, sabe? Zoar uma da outra. É sempre uma brincadeira de dançar e de coreografar”, acredita. Do G1



Os usuários da BR-116 devem atentar para as condições climáticas, pois a frente fria que chegou a região durante essa semana tem causado Nevoeiros ao amanhecer, neblinas que deixam as pistas escorregadias, alem da pouca visibilidade que exigi mais atenção por parte dos usuários da BA 250, e da BR 116.

Cuidados – A Polícia Rodoviária Federal sugere algumas dicas para guiar com prudência, como manter os faróis baixos acessos. Além de melhorar a visibilidade, ajuda o motorista que vem de trás ver o seu veículo. Manter distância do veículo da frente, dependendo da velocidade, 15 metros é uma distância segura.
O motorista deve tomar cuidados redobrados ao entrar em pontes, fazer retorno ou voltar para a pista, em caso de parada, e sempre reduzir a velocidade, principalmente nos desvios da rodovia e com locais de travessia de pedestres e escolas. Nas chuvas torrenciais ou nevoeiros muito densos, não é seguro parar o veículo no acostamento. O ideal é procurar abrigo em locais como os postos de gasolina. Não dirija com o
pisca – alerta ligado, pois isso confunde o motorista que está atrás.


Duas toneladas e meia de maconha foram apreendidas e 1.620 pés da planta foram destruídos pela Polícia Militar durante uma operação na madrugada de terça-feira (26) no município de Jussara, no semiárido baiano. A operação aconteceu após uma denúncia anônima sobre a plantação, que ficava em uma roça no povoado de São Caetano. As 2,5 toneladas de maconha prontas para o consumo estavam distribuídas em 168 sacolas de 400 kg de maconha em processo de “secagem”. A polícia também apreendeu na roça dois motores que bombeavam a água do poço artesiano para a irrigação e outros materiais que ajudavam na plantação, como quatro reservatórios de água, 100 metros de encanação, 12 sacos de aduo, 3 kg de sementes, duas bombas de pulverização, duas balanças e um veículo GM. Quando os policiais do CIPE Semiárido chegaram ao local, alguns homens que estavam lá reagiram e houve uma troca de tiros. Plantações de capim, cana de açúcar, sorgo, abóbora e melancia serviam para disfarçar o plantio de maconha no local. Todo o material apreendido foi encaminhado para a delegacia de Jussara. (G1)

O deputado Marcelo Nilo é o presidente da Assembleia desde 2007. Está, portanto, no seu terceiro mandato. E, não esconde de ninguém, até porque o regimento da Casa permite, que se o “cavalo passar selado” emplaca o 4º mandato para legislaturas 2013/2014, ano eleitoral para governador, deputados e senadores.

Marcelo tem sido fundamental para Wagner, embora, em tese, o presidente é o magistrado e não torce por ninguém, particularmente. Na prática, sem Marcelo, o governo teria mais dificuldades em aprovar as matérias.

É um dos deputados mais antigos da Casa, fanático pelo poder legislativo, excelente articulador político e conseguiu, em 2011, implantar o projeto Assembleia Itinerante levando o Poder Legislativo ao interior do Estado, inciando por Feira de Santana.

Mesmo com a elástica base governista atual, Marcelo continua sendo uma peça chave nessa engrenagem wagneriana.É provável que, em 2013, enfrente dificuldades para reeleger-se presidente. Mas, hoje, seria imbatível, pois, transita bem em todos os partidos, inclusive no PT, partido que deseja seu lugar. Bahia Já


Candidata a musa do Brasileirão pelo Bahia, a bela Dani Mangá ganhou destaque nos noticiários de todo o país depois de seu suposto envolvimento amoroso com o jogador Ronaldinho Gaúcho, craque no Flamengo.

Com Ronaldinho, Dani diz que é só amizade, mas confessa que teve um envolvimento recente com um ex BBB. “Foi algo rápido, mas gostei de ficar com ele”, diz. O bonitão participou da edição 9 do reallity show e arrancou suspiros da mulherada, apesar de na época, ter um amor fora da casa.

No Spa Urbano, em Salvador, Dani bateu um maior bolão na frente das lentes da fotógrafa Andréa Farias para o ensaio sensual do iBahia.



Assim que assumiu a comarca de Maracás, o Juiz José Brandão, despertou um sentimento de esperança por parte dos moradores de Itiruçu, que estão ansiosos pela implantação do Toque de Acolher na cidade. Diversos fatores contribui para que o sistema seja implantado no município, pois a comunidade não aguenta mais assistir de camarote a crianças e adolescentes até altas horas nas ruas da cidade, alguns até embriagando-se com bebidas alcoólicas, menores sendo tratadas como prostitutas do sexo e levadas para outros município por estranhos na busca por prazeres. Alem de conviver com o aumento do uso de drogas, que já se tornou rotineira na praça principal da cidade, o que tem deixando pessoas de bem sem saírem de suas casas no período noturno. Na semana passada chegou a noticia de que o Juiz José Brandão foi transferido e não mais assumiria a portaria na cidade, a tristeza é notória por parte da população, que já estava com o pé atrás quanto ao apoio do município e agora perdeu de vez a esperança de dias melhores para a juventude local.




Depois das reclamações das vassouras, os garis são ameaçados com sanções administrativas com descontos nos salários. Segundo informações, do Blog Itiruçu Noticias, os garis foram obrigados a trabalhar com vassouras grandes e pesadas, havendo ainda uma nova represaria pelo chefe do setor de limpeza publica , que ameaçou descontar 20 reais dos salários e obrigou os mesmos a trabalharem com as vassouras. Alguns da classe, já procuraram a promotoria publica onde será agendada uma audiência com os reclamantes. Ambos trabalham sem fardamento e equipamento de higiene adequados.


Os vereadores Diógenes Serra e Vilberto Leal, estiveram na tarde desta segunda-feira 25/07 , visitando o andamento da obra do estádio de futebol. Na ocasião, eles conversaram com o responsáveis pela obra, ficando surpreso com o posicionamento do mesmo, que diz sentir falta de um governo participativo em Itiruçu entre legislativo e executivo, revelou também está tendo pouca colaboração do prefeito municipal quanto ao andamento da obra. Os edis, preocupados com o andamento dado a mesma, colocaram a câmara a disposição da empresa Medil Edificações no intuito de dá o apoio necessário para o término da mesma. Os vereadores dão exemplo de trabalho e dinamismo, pois execer a função de legislador é exatamente dessa forma, procurando dialogo e não criando fatos para promover seus mandatos.