O Sport está rebaixado para a Série B do Brasileiro de 2022. A sentença veio com a vitória do Juventude sobre o Bragantino na noite desta terça-feira. Com o resultado – combinado com outros da rodada -, o Rubro-negro se tornou o segundo clube com a queda matematicamente confirmada, após a lanterna Chapecoense. Agora, o Leão acumula seis rebaixamentos para a Série B na história do Campeonato Brasileiro: 1989, 2001, 2009, 2012, 2018 e 2021.

O Sport, 19º colocado, ainda pode chegar aos 42 pontos na Série A, uma vez que tem três partidas a disputar (contra Flamengo, Chapecoense e Athletico). Contudo, não tem mais chances de ultrapassar os adversários fora da zona de rebaixamento – o Furacão, 16º, tem 42, mas venceria o Leão no desempate por número de vitórias.

Com a queda confirmada, o Rubro-negro não tem direito a premiação no Brasileiro. Disputa a reta final apenas para cumprir tabela e tentar terminar o campeonato em uma posição melhor – ocupa o penúltimo lugar. Olhar para frente
Ao longo das últimas semanas, mesmo reforçando a esperança pela permanência, o Sport vinha trabalhando no planejamento para 2022.

O executivo de futebol Jorge Andrade, por exemplo, chegou no início de novembro com a missão de montar o elenco para o próximo ano. Pouco depois, o clube acertou a renovação de contrato com o técnico Gustavo Florentín, que permanece para a nova temporada. O comandante, inclusive, tem indicado nomes para a formação do plantel.

Em 2022, além da Série B, o Sport disputa o Campeonato Pernambucano, a Copa do Nordeste e a Copa do Brasil. Globo Esporte.


Renato Gaúcho não é mais o técnico do Flamengo. A decisão foi tomada pela diretoria nesta segunda-feira, após conversa com o treinador. A saída acontece depois da perda do título da Libertadores para o Palmeiras, no sábado, em Montevidéu, no Uruguai.

Mauricio Souza, ex-sub-20 e que vinha sendo auxiliar na comissão de Renato, comandará o time até o fim do Campeonato Brasileiro.

– O Clube de Regatas do Flamengo informa que, após conversa entre as partes, o técnico Renato Gaúcho não comanda mais o time principal – publicou o clube nas redes sociais. Com contrato até o fim do ano, Renato já não seguiria no clube em 2022 por opção da diretoria e do próprio treinador e por não haver mais clima diante do trabalho e dos resultados. Restava a decisão da ruptura imediata ou ao término do Brasileirão. Pela questão da logística de voltar no mesmo voo e do luto pela derrota, a diretoria do Flamengo evitou bater o martelo na capital uruguaia.

Independentemente do resultado na decisão, a permanência do treinador para 2022 já estava em xeque, fosse pelo trabalho que não é bem avaliado internamente, fosse por atitudes no dia a dia que irritam jogadores. Terça-feira, dia do empate com o Grêmio, por exemplo, Renato não foi ao CT do próprio clube gaúcho dar treino para os titulares, o que causou irritação.

Sob o comando de Renato Gaúcho, o Flamengo foi eliminado para o Athletico-PR na semifinal da Copa do Brasil e perdeu o título da Libertadores para o Palmeiras. O treinador deixa o time na vice-liderança do Brasileirão, com remotas chances de título.

Ao todo, Renato comandou o Rubro-Negro em 38 jogos, com 25 vitórias, 8 empates e 5 derrotas, um aproveitamento de 72,8%. Globo Esporte.


Torcida do Vitória apoia o Leão em último jogo pela Série B (Foto: Tiago Reis/TV Bahia)

Diante do seu torcedor, o Vitória escreveu, neste domingo, um novo capítulo triste da sua centenária história. No Barradão, o Rubro-Negro foi batido por 1 a 0 pelo Vila Nova e retorna para a Terceira Divisão após 16 anos. Para escapar da queda, os baianos precisavam vencer e contar com tropeços de rivais diretos, mas sequer conseguiram fazer a sua obrigação.

Éder Monteiro marcou o gol da partida nos minutos finais. Nos dois rebaixamentos do Vitória para a Série C (2005 e 2021), o presidente era o mesmo: Paulo Carneiro.


Últimos dois campeões da Libertadores, Palmeiras e Flamengo decidiram, o título de 2021 do maior campeonato de clubes da América, no estádio Centenário, em Montevidéu (Uruguai).  Uma final histórica, tida como a melhor entre times brasileiros.

A partida decisiva entre os clubes brasileiros foi a quinta na história a ser realizada entre equipes do mesmo país.  O jogo foi elétrico, com o time paulista abrindo o placar ainda no primeiro tempo, sofrendo o empate quase aos 80 minutos do segundo tempo.

As duas equipes disputaram o titulo na prorrogação. Deyverson aproveita vacilo de Andreas Pereira e marca o quinto gol pelo Palmeiras na temporada, o primeiro na Libertadores e garantindo o Tri do Palmeiras.
O tricampeonato do Palmeiras na Libertadores rendeu também um reforço aos cofres. Pelo título conquistado no Uruguai, o clube receberá mais 15 milhões de dólares (o equivalente a R$ 84 milhões na cotação atual) de premiação.

Ao todo, o Palmeiras receberá US$ 22,5 milhões (cerca de R$ 126 milhões) de premiação pela campanha vitoriosa na Libertadores. O clube recebeu um valor a cada fase que superou no torneio. Além das premiações da Conmebol, o Palmeiras ainda receberá mais R$ 12 milhões como bônus do contrato da Crefisa.

Vice-campeão, o Flamengo recebeu mais 6 milhões de dólares (R$ 33,6 milhões), totalizando uma premiação de 13,5 milhões de dólares (cerca de R$ 76 milhões).


Flamengo e Palmeiras buscam a glória eterna da Copa Libertadores da América, a partir das 17h (horário de Brasília) deste sábado (27), no estádio Centenário de Montevidéu (Uruguai).  O jogo coloca frente a frente os dois últimos vencedores da competição (o Rubro-Negro da edição 2019 e o Verdão da edição 2020).

O Flamengo chega à busca do tricampeonato continental (venceu em 1981 e em 2019) em um momento de instabilidade da temporada. Após ficar de fora da final da Copa do Brasil (após eliminação nas semifinais diante do Athletico-PR), a equipe da Gávea viu o título do Brasileiro ficar mais distante, pois tropeçou quando poderia diminuir a distância para o líder Atlético-MG.

Assim, a conquista da Libertadores é a grande oportunidade de encerrar a temporada levantando um troféu. Na coletiva antes da decisão o técnico Renato Gaúcho deixou claro que sabe que a vitória é de suma importância em um país como o Brasil, no qual só ficam gravados na história os nomes dos vencedores: “Trabalhamos para buscar os resultados, os títulos. Entramos para vencer, mas o adversário também. Amanhã [sábado] temos uma decisão. O mais importante é que chegamos por méritos. No Brasil, infelizmente, só dão importância a quem vence”.

Para alcançar este objetivo o treinador contará com força máxima, inclusive o meio-campista uruguaio De Arrascaeta, que desfalcou o time da Gávea em vários jogos da temporada. Com isso, a provável escalação do Flamengo na decisão é: Diego Alves; Isla (Matheuzinho), Rodrigo Caio, David Luiz e Filipe Luís; Willian Arão, Andreas Pereira, Éverton Ribeiro e Arrascaeta; Bruno Henrique e Gabriel Barbosa.

O Verdão também busca a terceira glória da Libertadores (após vencer em 1999 e em 2020). Porém, para alcançar este objetivo terá que quebrar um incômodo tabu, voltar a vencer o Flamengo, o que não acontece desde 2017 (neste período as equipes mediram forças em 9 oportunidades, com 5 triunfos do Rubro-Negro e 4 empates).

Na opinião do técnico Abel Ferreira, este retrospecto não pode tirar o ânimo de sua equipe. “Apesar de não ganhar há mais de quatro anos [do Flamengo] temos chance de fazer isto amanhã [sábado]. Minha trajetória no Palmeiras tem sido fazer história com estes jogadores aqui e agora”.

Na coletiva antes do jogo ficou no ar a possibilidade de o experiente volante Felipe Melo começar na equipe titular. Caso ele realmente fique com a vaga entre os 11 iniciais do Verdão, o Palmeiras deve entrar em campo com: Weverton; Mayke, Gustavo Gómez, Luan e Piquerez; Felipe Melo, Zé Rafael, Raphael Veiga e Gustavo Scarpa; Dudu e Rony.


Apoiado por sua torcida, que marcou presença na Arena Fonte Nova, o Bahia tinha tudo para sair da zona de rebaixamento na noite deste domingo, 21, mas jogou mal, foi pouco criativo e só empatou em 0 a 0 contra o Cuiabá, pela 33ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. A equipe do Centro-Oeste ainda teve dois gols anulados no primeiro tempo, em lances que causaram polêmica. O resultado mantém o Tricolor na zona maldita e perto de cair para a segunda divisão.

Faltando cinco jogos para o fim do Brasileirão, o Bahia é o 17º colocado, com 37 pontos, dois a menos que o Juventude, primeiro time fora da zona de rebaixamento. O Tricolor volta a campo na próxima sexta-feira, 26, em um duelo de vida ou morte contra o Grêmio, que cumpre jogo atrasado contra o Flamengo no meio da semana e pode chegar ao confronto contra o Tricolor baiano com um ponto na frente.


A situação do Bahia no Campeonato Brasileiro ficou ainda mais delicada na noite desta quinta-feira (18). Derrotado por 1×0 no clássico contra o Sport, na Arena Pernambuco, o tricolor entrou de vez na zona de rebaixamento.

O Esquadrão precisava vencer para não ficar entre os quatro últimos, mas fez um jogo muito ruim tecnicamente, vacilou na marcação e viu Paulinho Moccelin anotar o único gol do duelo.  Estacionado nos 36 pontos, o Bahia está agora na 17ª colocação, a três pontos do Atlético-GO, primeiro time fora da zona. O tricolor tem um jogo a menos no Brasileirão. Já o Sport conseguiu respirar e com 33 pontos mantém viva a chance de escapar da degola.


Com duas rodadas de antecedência, o Botafogo subiu para a Série A do Brasileiro. A equipe saiu atrás, mas conseguiu a virada diante do Operário hoje (15), por 2 a 1, e garantiu seu retorno para a elite do futebol nacional. Jogando em casa, o Glorioso tomou um susto com o gol de Fabiano aos 16 do segundo tempo, mas conseguiu virar o placar com Pedro Castro e Navarro.

Com o resultado, o Bota se mantém na liderança da Série B após a 36ª rodada, com 66 pontos. Já o clube paranaense fica na 12ª colocação, com 45 pontos.  As duas equipes jogam fora de casa na 37ª rodada. Na sexta (19), às 19h, o Fantasma visita o Brusque. No domingo (21), às 19h, o Glorioso visita o Brasil de Pelotas. Já na despedida do torneio, que terá todos confrontos da 38ª rodada, às 16h, do próximo dia 28, o Bota recebe o Guarani e o Operário encara o CRB em Ponta Grossa, no Paraná.


Nem duas punições num mesmo fim de semana foram suficientes para parar Lewis Hamilton no Brasil. O piloto inglês, cada vez mais à vontade no país do seu ídolo, Ayrton Senna, brilhou novamente no Autódromo de Interlagos e venceu o GP de São Paulo neste domingo. De quebra, reduziu a vantagem de Max Verstappen na liderança do campeonato. O holandês chegou em segundo lugar, logo à frente do finlandês Valtteri Bottas.

Foi a 101ª vitória do inglês na F-1, a terceira no Brasil, comemorada com a torcida, que encheu as arquibancadas do circuito paulistano. Após cruzar a linha de chegada, Hamilton ganhou uma bandeira brasileira, com a qual desfilou em seu carro até parar diante do pódio. Ao longo da semana, o inglês declarou diversas vezes que se sentia cada vez mais brasileiro.

Numa das melhores provas da temporada, Hamilton brilhou tanto no sábado quanto no domingo. Antes de chegar em primeiro ao fim das 71 voltas, ele surpreendeu no sprint race ao finalizar as 24 voltas em quinto lugar. Foram 15 ultrapassagens no sábado e mais 10 neste domingo, totalizando 25. E logo num fim de semana em que sofreu duas punições. No sábado, largou em último. Neste domingo, foi apenas o 10º no grid. Mas ele precisou de apenas 19 voltas para pular do 10º para o 2º posto.

No campeonato, a situação ficou mais equilibrada. Verstappen chegou aos 332,5 pontos, contra 318,5 de Hamilton. Faltam ainda três etapas para o fim da temporada.


Foto/Blog Itiruçu Online.

Depois de um período de 8 anos fechado para reformas, o Ginásio de Esportes Senador Jutahy Magalhães volta a sediar competições de Futsal neste sábado (06), quando inicia a 1ª Copa J. Santos de Futsal.

Serão 06 equipes no certame, com representantes de Itiruçu, Jaguaquara, Lajedo do Tabocal e o Entroncamento de Jaguaquara.

Logo na primeira rodada um dos jogos mais esperados será entre o Time Modelo de Maracás contra a Pizzante, de Jaguaquara. O jogo preliminar, às 19h00, duelam pelos primeiros pontos as duas Juventus, a de Itiruçu x a de Lajedo do Tabocal.

Estão confirmadas, além dos estreantes deste sábado, a União Desportiva Itiruçu – UDI-, e a Juventus do Entroncamento de Jaguaquara, que duelam no próximo sábado, dia 13, às 19h00.

As equipes de Itiruçu estão retomando a pratica do Futsal, ficando um período de 10 anos sem participarem de competições. O certame é de iniciativa privada, sendo coordenada pelo ex-jogador e treinador Jorginho Santos, que leva o nome da Copa, com objetivo beneficente.

A entrada dos torcedores, além de exigir uso de Máscaras e comprovante de Vacinação contra Covid, ao menos 1ª dose, será permitida com 1KG de alimento ou o valor de R$5,00.