Começa hoje (4) o prazo para pedir a isenção da taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2022. O pedido pode ser feito até o dia 15 de abril. A taxa de inscrição da última edição do exame foi R$ 85. Os pedidos devem ser feitos na Página do Participante.
O mesmo prazo, de 4 a 15 de abril, vale para os estudantes isentos no Enem 2021 que por algum motivo faltaram no dia da prova e que desejam fazer o Enem 2022 gratuitamente. Esses estudantes devem também enviar documentos que justifiquem a falta.
Os resultados, tanto da justificativa de ausência quanto da solicitação de isenção da taxa de inscrição para o Enem 2022, serão divulgados no dia 22 de abril, na Página do Participante. Quem tiver o pedido negado poderá recorrer entre 25 e 29 de abril.  O resultado dos recursos será divulgado no dia 6 de maio.
O pedido de isenção não garante a participação no exame, para isso é preciso ainda fazer a inscrição no Enem 2022. Os estudantes devem ficar atentos ao cronograma do exame, que será divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Direito à isenção

Pelas regras do Enem, têm direito de fazer o exame gratuitamente todos os participantes que estão cursando a última série do ensino médio este ano em escolas públicas. São isentos também os participantes que cursaram todo o ensino médio em escola pública ou que sejam bolsistas integrais em escolas particulares. Esses candidatos precisam ter renda igual ou inferior a um salário mínimo e meio, ou seja, R$ 1.818 por pessoa.

Têm direito ainda à isenção os participantes em situação de vulnerabilidade socioeconômica, por serem membros de família de baixa renda, e que estejam inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). Nesse caso, os interessados deverão informar o  Número de Identificação Social (NIS) único e válido.

Justificativa

Os participantes que tiveram a isenção aprovada no Enem 2021 e que não compareceram às provas precisarão justificar a falta para obter novamente a isenção. Para isso, é necessário enviar documentação que comprove o motivo da ausência. Todos os documentos deverão estar datados e assinados e não serão aceitos documentos autodeclaratórios ou emitidos por pais ou responsáveis.

A lista com os documentos aceitos está no edital publicado no Diário Oficial da União, entre eles atestados médicos e boletins de ocorrência. Somente serão aceitos documentos nos formatos PDF, PNG ou JPG, com o tamanho máximo de 2 MB.

O Enem 2022 será nos dias 13 e 20 de novembro. As notas do Enem podem ser usadas para ingressar no ensino superior, em universidades públicas e privadas e para participar de programas federais, como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), o Programa Universidade para Todos (ProUni) e o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).


Uma cidade que sempre viveu uma turbulência nas contas da educação quando o assunto é salários dos professores, teve, nessa terça-feira (22), a garantia de que a gestão municipal vai pagar os 33,24% no piso salarial dos professores.  A confirmação foi repassada ao Itiruçu Online.

O Prefeito Antonio Sampaio participou de uma reunião com professores e a Secretaria de Educação, com a contabilidade e a secretária de administração, onde anunciaram o compromisso do pagamento do Piso Salarial, concedendo o reajuste dos 33,24%, inclusive pagando os retroativos.

Sampaio não aderiu a choradeira dos prefeitos para descumprir a nova Lei no Piso Salarial dos professores mesmo sendo sua receita menor que outros municípios do Vale Jiquiriçá. Irajuba era um dos municípios que, pela previsão dos últimos, era dado como certo o não cumprimento do piso, mas o prefeito já garantiu pagar.


A Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC) divulgou no Diário Oficial, deste sábado (19/03), a autorização de análise de requerimentos para a concessão de 1.200 licenças prêmio, sendo 1.000 convertidas em pecúnia. A medida contempla professores da carreira do magistério público estadual dos ensinos Fundamental e Médio.

Em 2021, o Estado já havia concedido 7.492 licenças-prêmio convertidas em pecúnia, com o objetivo de normatizar os procedimentos administrativos para a concessão de benefícios aos integrantes da carreira de magistério público, que optaram por converter suas licenças em pecúnia. “Isso significa que ao invés de tirar o período da licença, os professores recebem o dobro da remuneração para continuar em sala de aula”, explicou a superintendente de Recursos Humanos da Educação, Rosário Muricy.

A superintendente falou ainda sobre o impacto da iniciativa na rede estadual de ensino. “É importante dizer que as licenças-prêmio convertidas em pecúnia atendem aos profissionais da carreira que fizeram esta solicitação à SEC. Outro detalhe importante é que, com isto, estamos mantendo os nossos profissionais do magistério em sala de aula, garantido a aprendizagem dos estudantes”, afirmou.

A conversão dos períodos de licença-prêmio em abono pecuniário alcança, preferencialmente, o professor enquadrado nas seguintes condições: com maior tempo de serviço no Estado; que não tenha sido beneficiado com a conversão da licença em pecúnia há, pelo menos, um ano; e esteja em efetiva regência de classe.


Fotos/Blog Itiruçu Online.

Professores de Itiruçu realizaram um protesto nesta quarta-feira (16), em frente à prefeitura percorrendo o centro da cidade, para reivindicar um reajuste de 33,24% nos salários, índice estabelecido pelo governo federal para o novo piso nacional da categoria.

A administração propõe alta de 10,06% nas remunerações, portanto, índice inferior. Os servidores são contra esta medida e alegam que o índice sugerido pelo governo municipal desvaloriza a profissão. Os docentes exibiram faixas e cartazes pedido respeito da prefeita municipal com a categoria.


Prefeito Marquinhos prega diálogo com professores sobre reajuste do Piso. Foto/Blog Itiruçu Online.

O prefeito de Lajedo do Tabocal, Marquinhos Senna (PP), concedeu entrevista ao Blog Itiruçu Online nesta segunda-feira (14), comentando à situação que envolve as negociações dos professores com o governo municipal. Em pauta, o aumento de 33, 24% dado pelo Governo Federal no Piso Nacional dos docentes. O município apresentou uma proposta de 10,18% de reajuste, mas não foi aceita, havendo a indicação de paralisação das atividades- Relembre, Confira aqui. 

De acordo com o gestor, o diálogo será imprescindível para se chegar a um denominador que atenda à classe, observando todas as possibilidades que o município possa cumprir, garantindo a funcionalidade da máquina pública.

– “Sempre coloquei em todas as reuniões que tivemos com a APLB e, também, com os demais setores que, imprescindivelmente, a força do diálogo é necessária. É importante que quando entramos num diálogo, antes de tudo, é preciso ir com a verdade e muita transparência, além de desarmados. Quando se trata de contabilidade, a frieza dos números não deixa margem para erros, paixões e entendimentos. Então, quando oferecemos esse aumento de 10,18%, claro que queríamos oferecer muito mais, só que  chegamos a isso com base em estudos financeiros que nossa equipe contábil mostrou. Importante dizer que esse estudo não foi apenas com a equipe contábil do município, mas em conjunto com à equipe da APLB, acompanhado pelo advogado Dr. Joel, muito competente e renomado. Mostramos à nossa realidade financeira e propomos um aumento, que dentro do necessário para o funcionamento da educação, já vai inserir 96% da receita do FUNDEB” -, disse o gestor.

O prefeito comentou comparações feitas com outros municípios que anunciaram pagar o valor total do reajuste, afirmando que cada realidade precisa ser observada de forma técnica analisando receita e o teor de como é capitalizado os recursos para educação.

– “Quando se faz comparações com outros municípios, é preciso entender à situação de cada gestão da educação. De toda receita do Fundeb não podemos deixar de aplicar 70% no pagamento de pessoal, incluído a funcionalidade da educação. O impacto para o município colocando 10,18% de aumento, será muito maior que de outros municípios que vão conceder os 33,24% e, mesmo assim, terão uma folga de investimento. Nós pensamos em valorizar o professor, pois sabemos que o profissional valorizado ele tem uma iniciativa a mais para prestar um bom serviço, porém, não podemos esquecer também que o centro da educação é o aluno que iremos assistir e, nesse sentido, é nossa obrigação garantir toda estrutura para o ensino de modo geral. Se a gente conceder os 33,24% iremos gastar todo recurso do Fundeb e (as contas não deixam caminhos) ainda ter que tirar recursos de outras receitas para pagar apenas salários. É preciso dialogar com transparência, tenho certeza que nossa responsabilidade é de fazer as coisas da forma correta” -, concluiu.

Na próxima quarta-feira, 16, o gestor volta a dialogar com a categoria parta avançar nas negociações.


Com pesar, a Uesb informa o falecimento da professora Ana Karina de Francisco, aos 44 anos, em Barretos (SP). Titular da área de Genética, Ana Karina atuava no Departamento de Ciências Biológicas (DCB) da Uesb, campus de Jequié, desde julho de 2010. A docente faleceu nessa terça, 8.

O velório e o sepultamento serão realizados no Velatório Municipal de Brotas, interior de São Paulo, nesta quarta, 9.

Por meio da Portaria 108/2022, a Uesb decreta luto oficial por três dias, nos três campi, e suspensão das atividades acadêmicas e administrativas, no campus de Jequié, nesta quarta, 9, em sinal de pesar. Nesse momento de dor, a Universidade manifesta, também, sua solidariedade aos amigos e familiares da professora.


Filho de lavrador, Sandro Nascimento, 20 anos, é o mais novo aprovado para o curso de Medicina da Universidade Federal da Bahia (UFBA). A história do ex-aluno da rede pública de ensino estadual viralizou na internet e rendeu homenagens a toda família durante encontro com o secretário da Educação, Jerônimo Rodrigues, nesta segunda-feira (7).

O futuro médico, sua mãe Luciana Nascimento, seu pai João Batista e o irmão Henrique foram recebidos na Secretaria da Educação (SEC), em uma homenagem a Sandro pela conquista da vaga no curso mais concorrido da UFBA. Na ocasião, o secretário destacou o quanto a história do estudante sensibiliza a todos da equipe da pasta, para continuar sua missão e compromisso com uma educação pública de qualidade.

“Quando um estudante nosso ingressa em uma universidade como a UFBA é um forte indicador de que a escola pública tem validade e de que professores e professoras têm responsabilidade nesse resultado, juntamente a um governo que tem o compromisso de investir na educação”, sinalizou Rodrigues. O secretário aproveitou para destacar a matrícula de 720 mil estudantes na rede pública de ensino baiana.

Vocação

Sandro concluiu o ensino médio no Colégio Estadual Norberto Fernandes, em Caculé, onde já participava dos projetos de extensão propostos pela escola, como as feiras de ciências, para a expansão de seus conhecimentos e auxílio no direcionamento das suas habilidades.

Foi cuidando da avó paterna, dona Teresa, hipertensa e diabética, que Sandro, ainda adolescente, percebeu o quanto sua dedicação em ajudar era capaz de aliviar o sofrimento daquela senhora. Hoje, prestes a começar sua jornada de seis anos de estudos, o jovem diz demonstrar interesse pela oncologia e iniciação científica.

“Com a medicina quero apurar minhas competências e atuar com honestidade, servindo as pessoas e contribuindo com a sociedade, doando meu trabalho a quem mais precisar”, declarou o calouro.

Trajetória


As irmãs gêmeas Samyra e Sarah Aramuni, moradoras de Teixeira de Freitas, no sul da Bahia, conseguiram uma façanha que surpreendeu muita gente, exceto elas próprias, que após terem um desempenho abaixo do esperado no Enem do ano passado, estabeleceram uma rotina de estudo de mais de 10 horas por dia.

Beirando o exagero para superar a decepção do primeiro Enem após deixar o ensino médio, ambas acabaram recebendo a recompensa agora, com a aprovação para cursar Medicina em mais de 30 faculdades públicas do Brasil. As jovens de 19 anos concluíram o ensino médio numa escola pública de Teixeira de Freitas, e agora são orgulhos da cidade com o desempenho extraordinário no Enem.

Segundo contaram à Rede Bahia, a escolha está feita, e as duas estão de mudança para o sudeste do país, já que optaram por cursar Medicina na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), uma das mais prestigiadas do Brasil. Enquanto Samyra passou em segundo lugar com a notaça que obteve, Sarah foi terceira colocada no Sisu.


Os estudantes da Universidade Federal da Bahia (UFBA) matriculados em disciplinas na modalidade presencial que não estiverem com o esquema vacinal contra a Covid-19 completo terão a inscrição do componente curricular cancelada. Ao menos, caso não regularizem a sua situação até que sejam decorridos 25% do semestre letivo.

Isso significa que, caso o estudante não tenha recebido as doses necessárias para que o esquema de vacinação esteja completo até a metade de abril, a inscrição na disciplina presencial será cancelada. O esquema vacinal é considerado completo com duas doses para Pfizer, Oxford e Coronavac e uma aplicação para Janssen. Não é necessária a terceira dose, ou segunda, no caso da Janssen, para assistir às aulas.

A resolução é do Conselho Universitário da Universidade Federal da Bahia, de reunião realizada no último dia 23 de fevereiro. De acordo com a universidade, a grande maioria da comunidade já comprovou a vacinação completa.

Um formulário foi enviado por e-mail a cada membro da comunidade universitária. Segundo a UFBA, foram registradas mais de 41 mil respostas, das quais 98,5% confirmavam o ciclo vacinal completo. Correio*


O governador Rui Costa autorizou a realização de um novo concurso público para a Secretaria de Educação do Estado (SEC). A autorização está publicada no Diário Oficial do Estado, edição de hoje (02). Serão oferecidas 1.806 vagas para professores de Ensino Médio e 307 vagas para coordenadores pedagógicos que deverão atuar em unidades escolares da Educação Básica e em Núcleos Territoriais da Educação (NTEs).

A realização do concurso visa alocar docentes de Ensino Médio em municípios com menos de 65 mil habitantes das mais diversas regiões do Estado, além de priorizar o provimento de professores para os componentes de português e matemática mesmo nos municípios de maior número populacional. Nesse sentido, a previsão é de que sejam contratados professores dos principais componentes curriculares do Ensino Médio, a exemplo de História, Inglês, Matemática, Português, Química e Sociologia, que irão atuar com uma carga horária de 40 horas semanais.

Também com carga horária de 40 horas, os coordenadores pedagógicos irão suprir a demanda de escolas com mais de 1.000 estudantes matriculados onde haja oferta de Ensino Médio e/ou Ensino Médio Integrado à Educação Profissional e das unidades onde não haja coordenador lotado. Além disso, estão previstas 27 vagas especificamente para atuação em Núcleos Territoriais de Educação (NTE).

O secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, disse que o concurso valoriza a carreira do magistério público estadual e amplia a qualidade da Educação. “Com este novo concurso, iremos suprir a demanda por provimento de professores e ampliar o quadro de coordenadores pedagógicos. Isto também significa valorizar a carreira e qualificar ainda mais a nossa rede, porque teremos professores e coordenadores do quadro efetivo do magistério público estadual”, afirmou.