Foi realizada na noite deste último sábado (09), a Cerimônia de formatura dos Doutores do ABC da Escolinha Menino Jesus, turma do infantil II. Houve também a colação de Grau da turma do 5º ano. A ornamentação do local foi toda direcionada ao mundo dos contos de fadas com Príncipes e Princesas: Branca de Neve e os sete anãos.

Pais e familiares acompanham o ato orgulhosos e buscavam espaço para registrarem os momentos das crianças. No slide acima algumas fotos dos principais momentos do avento.


Será lançado no próximo dia 16 mais um livro do escritor itiruçuense, Prof. Dr. Joceval Andrade Bitencourt.  É sua segunda obra que trata como tema central ‘Descartes e a Morte de Deus’.  A obra será lançada pela Editora Paulus, em Salvador, na Rua Direita da Piedade, próxima a Secretaria de Segurança Pública, às 10h;

 

Quem é Joceval Andrade Bitencourt?

 

Nascido em Itiruçu, graduado e pós-graduado filosofia pela Universidade Federal da Bahia     ( UFBA), com mestrado e doutorado pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP). Autor do livro: Descartes e a Morte de Deus. Atualmente é professor na Universidade do Estado da Bahia (UNEB), membro do Conselho Estadual de Educação da Bahia (CEE). Tem trabalhado na área de Filosofia, com ênfase em Filosofia do século XVII, Filosofia Polícia Subjetividade, Ética.

A Obra:

 

Nos três capítulos o autor busca percorrer de forma abrangente o território filosófico de Descartes, procurando entender o esforço intelectual deste, bem como as consequências desse esforço, para justificar e legitimar a presença de Deus na ordem das razões do homem. O livro trata das possibilidades e limites da metafísica cartesiana, tendo como alvo principal investigar se é possível creditar à filosofia de Descartes a inauguração, na cultura ocidental, do postulado da “morte de Deus”. O resultado desse postulado na ciência e na metafísica cartesiana é a afirmação do homem como centro em torno do qual deve gravitar todo conhecimento, cuja causa originária é a autonomia da razão. O cogito, ao afirmar, através dos fundamentos do método, inspirado nas leis da matemática, a primeira verdade, subordina todas as verdades a essa primeira verdade. Como consequência, o homem tornasse o único ser responsável pelo aparecimento da verdade no mundo.


O governador do Estado, Rui Costa, sancionou a Lei nº 13.809/2017 que reestrutura e estabelece normas de promoção das carreiras de professor e coordenador pedagógico dos Ensino Fundamental e Médio do magistério público estadual. A Lei foi publicada no Diário Oficial desta terça-feira. A medida beneficiará 29 mil educadores com um ganho médio de 14% até maio de 2019. Os investimentos chegarão a R$ 348 milhões. O pagamento de 6% sobre o vencimento básico dos educadores, referente à primeira promoção, será feito ainda este ano. O valor da segunda promoção será antecipado em setembro de 2018. Com a Lei, o vencimento inicial do magistério estadual passa a ser de R$ 2.446,66, acima do Piso Nacional da Categoria (R$ 2.298,80).

“Mesmo em um momento em que a conjuntura econômica nacional está enfraquecida, o governador Rui Costa fez questão de encaminhar este projeto para a Assembleia Legislativa e hoje sanciona esta Lei, demonstrando o compromisso do Governo do Estado com a Educação e o respeito ao trabalho dos educadores”, destacou o secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, ao acrescentar que esta é uma das medidas adotadas pelo Estado para fortalecer o eixo pedagógico das escolas.

As promoções estão condicionadas à matrícula e à frequência dos professores e coordenadores em um curso de capacitação, dividido em dois módulos, cujas inscrições deverão ser abertas, às 10h, desta quarta-feira (6), conforme portaria a ser publicada no Diário Oficial. Os educadores precisam se matricular no primeiro módulo do curso para ter direito a receber, este ano, a antecipação correspondente a 6% sobre seu vencimento básico. Ao final do Primeiro módulo, os professores serão promovidos para um grau imediatamente superior, dentro do mesmo padrão, com pagamento de cerca de 1% sobre o vencimento básico. Assim, a promoção vai integralizar um ganho médio de 7%. 


Não é de hoje e nem de ontem que sabemos das dificuldades encontradas pelos jovens das cidades do interior, os quais terminam os estudos e partem em busca dos seus sonhos. Com o jovem Jaguaquarense, Reinaldo, não foi diferente. Deixou o seu povo e partiu sozinho em busca de oportunidades. Assumiu a função de professor em um colégio privado, logo após virou coordenador escolar e assumiu a direção do ensino da EJA (Educação de Jovens e Adultos), nesta mesma escola.

 

Em 2007, foi o terceiro colocado no concurso público para professores, em Camaçari. Tomou posse neste mesmo concurso em 2009 e, hoje, ocupa o cargo de Coordenador de Educação de uma importante instituição pública, a qual denomina-se Cidade do Saber. Professor Reinaldo, hoje, é motivo de orgulho para nossa região, por sabermos que vem sendo destaque pelo que faz, colaborando, e muito, com a comunidade camaçariense.

Parabéns, Reinaldo!

Sentimos orgulho em saber que você é gente da gente, pessoa que conhecemos a história e abraçamos com nossos corações. Parabéns pelo trabalho, pois é de gente como você que a educação desse país precisa. Gente  que trabalha com amor e dedicação, ajudando a construir ideias e a superar desafios!

 

Jaguaquara e região te abraçam com o coração!


Roberto Gondim, um dos melhores Secretários de Educação dos municípios da Bahia já virou figurinha carimbada nas Conferências de Educação nos municípios da região do Médio Rio de Contas e até no Vale do Jiquiriçá.

 

Já participou no Município de Barra do Rocha e já tem agenda confirmada para as Conferências de Educação nos municípios de Ubatã, Ipiaú, Apuarema, Aiquara, Maracás; incluindo um debate em Feira de Santana.

 

O sucesso do Secretário Roberto Gondim vem acontecendo pelo seu excelente desempenho à frente da Secretaria Municipal de Educação de Jequié. Ele que encontrou uma secretaria totalmente desestruturada e, em apenas 11 meses de trabalho, já começou a colher bons resultados.


A alfabetização das crianças na idade certa, até os 8 anos de idade, é uma das ações estratégicas desenvolvidas pela Secretaria da Educação do Estado em regime de colaboração com 381 municípios baianos, por meio do Programa Estadual Pacto pela Educação. A iniciativa envolve formação de professores, distribuição de material didático e assessoramento técnicos dos municípios. E foi com o objetivo de socializar as experiências realizadas ao longo do ano letivo de 2017, no âmbito do programa, que a Secretaria realizou, nesta segunda-feira (27), em seu auditório, no Centro Administrativo da Bahia, na capital, o seminário Rede de Experiência, dentro do ‘Ciclo de Alfabetização: refletindo as experiências pedagógicas e de gestão’.

O seminário envolveu profissionais da Educação de nove municípios pertencentes ao Núcleo Territorial de Educação (NTE) 26 – Região Metropolitana de Salvador (RMS) e contou com a participação do secretário Walter Pinheiro, para quem as ações do Pacto são essenciais para que os estudantes continuem, com sucesso, seu percurso formativo. “Com o programa, podemos colaborar com as escolas municipais estruturando os estudantes para que cheguem às unidades estaduais, além de contribuirmos para a alfabetização na idade certa. E isso tudo é proporcionado pelas experiências e atividades desenvolvidas pelos professores, que convivem e conhecem a realidade de cada localidade, acabando com aquela ideia de estarmos estabelecendo fórmulas para a aprendizagem dos alunos”.

A coordenadora local do Pacto, em Lauro de Freitas, Antônia Batista, que ingressou no programa este ano, disse que o desafio é o de melhorar os resultados das avaliações externas, como a do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) e da Avaliação Nacional da Alfabetização (ANA) no município, que está entre os prioritários do Pacto. “O compromisso com a alfabetização na idade certa é permanente, e este mais do que um programa de governo, deve ser tratado como parte de uma política pública de alfabetização”.

Após o término das ações relativa às avaliações do programa este ano, os educadores estaduais irão se voltar para a primeira formação presencial do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC) com a unidade formadora, que no caso é a Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB) e irá acontecer na segunda quinzena de dezembro.
“Como a nossa ideia é dar continuidade à ação formadora, o PNAIC vem para complementar a nossa ação do Pacto Estadual. Vai ser importante porque esse trabalho não vai parar na ponta”, afirmou a coordenadora de Programas Especiais (Cope), da Secretaria da Educação, Elenir Alves. O ciclo será realizado, nesta terça-feira (28), no município de Amargosa (NTE 9), e na quarta (29), em Jacobina (NTE 16).


O gabarito oficial do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foi divulgado nesta terça-feira (14) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão do Ministério da Educação responsável pela aplicação das provas.

(Abaixo, veja TODAS as imagens ou baixe os PDFs)

Com o gabarito, o estudante saberá quantas questões ele acertou, porém, as notas só serão divulgadas no dia 19 de janeiro, segundo o Ministério da Educação. A Teoria de Resposta ao Item (TRI) permite que um mesmo número de acertos gere notas diferentes, pois as questões têm pesos diferentes.

BAIXE O PDF COM OS GABARITOS


O Governo do Estado envia, nesta terça-feira (7), um projeto de lei para a Assembleia Legislativa do Estado da Bahia (Alba), concedendo duas promoções para professores e coordenadores pedagógicos do ensino fundamental e médio. O anúncio foi feito pelo governador Rui Costa, durante o #PapoCorreria, transmitido ao vivo, hoje, pelas redes sociais. A medida vai representar um ganho médio de 14% para a categoria, até maio de 2019. O projeto vai beneficiar 29 mil educadores e terá um investimento total de R$ 348 milhões.

O Projeto de Lei prevê a reestruturação da carreira do magistério público do ensino fundamental e médio, com duas promoções para professores e coordenadores pedagógicos. O governo vai antecipar o pagamento de 6% sobre o vencimento básico dos educadores, referente à primeira promoção, ainda este ano. O valor da segunda promoção será antecipado em setembro de 2018. O PL define que o vencimento inicial do magistério passa a ser de R$ 2.446,66, acima do Piso Nacional da Categoria (R$ 2.298,80).

As promoções estão condicionadas a matricula e a frequência dos professores e coordenadores em um curso de capacitação, dividido em dois módulos. Os educadores precisam se matricular no primeiro módulo do curso para ter direito receber, este ano, a antecipação correspondente a 6% sobre seu vencimento básico. Ao final do curso, em maio de 2018, os professores serão promovidos para um grau imediatamente superior, dentro do mesmo padrão, com pagamento de cerca de 1% sobre o vencimento básico. Assim, a promoção vai integralizar um ganho médio de 7%.

O segundo módulo do curso iniciará em setembro de 2018, com a antecipação do pagamento da promoção de 6% sobre o vencimento básico para professores e coordenadores matriculados. Ao final do segundo módulo, em maio de 2019, os educadores recebem o correspondente a cerca de 1% sobre o vencimento básico e serão promovidos para um grau imediatamente superior, dentro do mesmo padrão. Assim, a segunda promoção vai integralizar um ganho médio de 7%.

Desta forma, os professores e coordenadores pedagógicos do ensino fundamental e médio terão um ganho médio de 14%, até setembro de 2019. Incidirão sobre o percentual todas as vantagens calculadas sobre o vencimento básico. Vale ressaltar que, para fazer jus às promoções os educadores deverão observar os critérios de freqüência e aproveitamento dos cursos, conforme previsto no Projeto de Lei.

As promoções para a carreira do magistério público do ensino fundamental e médio foram fruto de negociações entre o Governo do Estado e representantes sindicais da categoria. Desta forma, as duas partes celebraram o acordo que resultou no Projeto de Lei encaminhado para Assembleia. A medida demonstra o compromisso do Governo do Estado com a educação e o respeito ao trabalho dos educadores, concedendo ganhos reais acima da inflação, que mesmo diante da conjuntura econômica negativa do país.


Estudantes do curso de Nutrição da Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC) de Jequié realizaram na noite desta segunda-feira (06), protestos reivindicando melhorias no curso. A manifestação aconteceu por volta das 19h, no estacionamento da faculdade. De acordo com os alunos ao Itiruçu Online, a instituição não está cumprindo com o seu papel gerando dificuldades com a infraestrutura inadequada, pois faltam laboratório, ambulatório, livros, aulas práticas e um número maior de professores específicos do curso. Ainda segundo as reclamações, foram feitas a direção da FTC pedido de melhorias, mas não estão tendo respostas.

Com bolinhas vermelhas no Nariz, caracterizando estarem sendo feitos de “Palhaços”, as turmas exibiram cartazes com alguns dizeres: ‘Livro, direito suprimido’; ‘Nutrição FTC parou’; ‘Nutrição pede Socorro’; ‘Hoje quero ser levado a sério’; ‘Aula Prática aqui é visita técnica’; dentre muitas outras que foram exibidas por alunos da Unidade de Ensino.

 

“Sou do 5º semestre, primeira turma, mas desde o segundo semestre que lutamos por estrutura, livros,  mais professores qualificados,  pois colocam um professor em mais de uma disciplina ficando cansativo para eles e para a gente , não temos aulas práticas, nem laboratório adequados para o curso”, disse uma aluna ao Itiruçu Online.

 

NOTA DE ESCLARECIMENTO – A Direção Geral da FTC Jequié, em atenção às reivindicações apresentadas por representantes dos estudantes do Curso de Nutrição da unidade, esclarece que foi protocolado o documento com os pontos apresentados pelo grupo e que será formada uma comissão para que seja estabelecido o diálogo em busca das soluções.  O objetivo da FTC Jequié é atender as demandas dos estudantes e planejar os investimentos necessários para as melhorias na unidade. Desde já, a Rede FTC reafirma seu compromisso com a educação e o desenvolvimento da região e constantemente vem investindo em infraestrutura e no projeto pedagógico da Instituição para continuar ofertando com qualidade um Ensino Superior moderno, humanizado e contextualizado com as principais tendências do mundo acadêmico e do mercado de trabalho.


Os alunos regulares da rede estadual já podem renovar suas matrículas. O período de renovação foi iniciado nesta segunda-feira (6) e seguirá até o próximo dia 30 de novembro. O cronograma já havia sido divulgado pela Secretaria da Educação do Estado, no Diário Oficial (DOE), no último dia 27 de outubro.

Para realizar o processo, o estudante pode utilizar a internet, acessando o site da Secretaria, ou ainda se dirigir à escola onde estuda e fazer o procedimento. Caso o aluno seja menor de 16 anos, os pais ou responsáveis devem confirmar a permanência ou não do jovem na escola e ainda precisam entregar um documento assinado comprovando a decisão.

Educação Especial

Para aqueles alunos que possuem necessidade educacional especial, que querem ingressar ou regressar às salas de aula da rede estadual em 2018, têm entre os dias 13 e 14 deste mês para realizarem a pré-matrícula.

Diferente da matrícula para alunos regulares, este procedimento só pode ser realizado por meio da web, utilizando o site da Secretaria.

A pré-matrícula só será efetivada após a entrega da documentação (original do histórico escolar, original e cópia da carteira de identidade ou certidão de registro civil e original e cópia, com data recente, do comprovante de residência), na escola sugerida pelo cadastro pelo Núcleo Territorial de Educação (NTE), nos dias 25, 26 e 29 de janeiro de 2018.