Foto/ Rafael Flores

Os indicados ao Prêmio Caymmi de Música – 2ª edição foram anunciados, na tarde desta terça-feira, 4, no Teatro Gregório de Matos, em Salvador.

A premiação está dividida em quatro categorias principais, compostas por Canção, Música Instrumental, Show e Videoclipe e suas respectivas subcategorias, contemplando 110 nomes de artistas e produtores. Entre os indicados está o artista maracaense Achiles Neto, na Categoria Show: Intérprete Masculino.

“No Brasil não temos nenhum prêmio no formato do Caymmi, isso mostra a força da música da Bahia, como ela movimenta a cena cultural, a economia e o turismo. Somos um Estado musical”, disse Elaine Hazin, diretora geral do evento.

É inegável a importância do Prêmio à música baiana, aspecto valorizado por todos os artistas presentes no evento, como o músico Filipe Lorenzo, indicado a seis categorias, entre elas o de melhor show. “Fui contemplado com o prêmio na categoria Música na edição passada. Agora recebi essas seis indicações, estou bastante feliz. Esse é um mérito de uma equipe, de vários parceiros que fizeram o show junto comigo. O prêmio é de grande importância para a cena cultural baiana e ter participado disso foi muito legal”, afirmou.

A cantora Flávia Wenceslau, indicada na categoria Show – Intérprete Feminino destacou sua afeição pelo prêmio. “Tenho uma relação afetiva com o prêmio e muito me honra. Já venci na categoria CD Regional, com meu primeiro disco. Isso me abriu portas”, disse.

Premiação.  Uma das novidades desta segunda edição é o local da premiação, que sai da sala principal do Teatro Castro Alves (TCA) e ocupará a Concha Acústica, o que permitirá uma maior participação do público, que abraçou o Festival Caymmi de Música, reunindo, em média, 15 mil pessoas por dia, nas quatro etapas do evento, que será realizado no dia 11 de agosto.

Os ingressos serão vendidos a preços populares, a partir da próxima semana. Quanto aos prêmios, o melhor show ganhará R$ 10 mil, a melhor música instrumental, o melhor videoclipe e a melhor canção com letra, R$ 5 mil; as subcategorias recebem troféus.

Confira os indicados ao Prêmio Caymmi

1. Melhor Show

– Duo BAVI

– Filipe Lorenzo

– Pirombeira

– Sertanília

– Skanibais

2. Categoria Show: Intérprete Masculino

– Achiles

– Silvio de Carvalho (Tabuleiro Musiquim)

– Kalu (Kalu // Forró da Gota)

– Teago Oliveira (Maglore)

– Filipe Lorenzo


Praça recebeu grande público

Festa esperada ano a ano, o São Pedro de Itiruçu é um destino certo do folião no período Junino. Itiruçu é privilegiada de ser a escolha de milhares de foliões após o São João, o que aquece a economia local.

Sem dúvida da realização, a prefeitura confirmou as atrações do evento antes 30 dias antes, o que ajudou na propagação das atrações, que foram mescladas com bandas da cidade, seguindo assim o que foi implantado desde 2014, quando por motivo de queda do FPM- Fundo de Participação dos Municípios- , a festa diminuiu drasticamente a contratação de grandes atrações. A receita caseira deu certo, pois as chamadas   ‘pratas da casa’ deram conta do recado.

Na edição de 2017, algumas bandas consideradas com um grau maior de publicidade, por ter na formação nomes de nome nacional, como o cantor Léo Fera, da Banda Forrozão; Sem Retoque, Raneychas e Rose Banda, foram às principais atrações da festa.

 

As atrações deram conta do recado e fizeram, como sempre, grandes shows.  As pratas da casa também tiveram destaque, como a cantora Déa Oliveira, que na noite de sábado foi elogiada pelo folião como a melhor apresentação da noite. A banda Hot Xote mais uma vez arrebentou na Praça seu fugir do estilo Xote, que agrada o público forrozeiro. Ademais, a festa não teve apresentações que superassem uma à outra. No domingo o público esperava o arrocha do Sem Retoque e o Forró de Rosy Banda. Antes tiveram as pratas da casa Sete Love e a estreia de Nino Qualidade tocando arrocha, com a Banda Toque Novo do Arrocha; uma prévia de Sem Retoque, o show agradou.

 

O que melhorou durante o evento

 

A grade havia sido organizada dando as atrações da festa os últimos horários da noite, como na primeira noite de sexta-feira, que por conta da divisão errónea e amadora, o público não gostou, por exemplo, do horário de Forrozão, já quase no final da noite. Corrigida a tempo, já para a noite de sábado, a grade teve uma melhor divisão dos artistas e quem ganhou foi a festa, o público ficou presente de início ao fim. No domingo alterações nos horários confundiu o público, que esperava, por exemplo, Rosy Banda às 00h00, como divulgado, mas houve alteração e Sem Retoque se apresentaria às 00h00. A Banda atrasou e a coordenação antecipou o último show da festa para a meia noite, sem aviso, o que não agradou o folião. Os Ballas assumiu o horário e em seguida se apresentou Sem Retoque, com um show básico padronizado e na ordem musical do álbum. Rosy Banda assumiu o palco para fazer sua apresentação, com um público cansado, já no final do evento.

 

 

A locução do evento teve a presença de Roberto Brito, que fez o evento 9 vezes seguidas. Joca Santos foi o parceiro de palco, com a presença de Sérgio Siolli. O poder do improviso, a experiência na animação do público ajudou na espera entre uma apresentação e outra.

 

Ponto positivo e que continue

 

A apresentação de quadrilhas antes dos shows, no sábado e domingo deve ser preservada e resgatada. Estes elementos leva a Praça um público idoso, que não curte os shows da noite. A apresentação de alunos, como a turma do NEAB, também foi positivo. O bom mesmo é propagar nos próximos anos a presença das famílias e tornar à tarde de domingo, ou seja, incluir o público que prestigia apresentações. O primeiro passo foi dado. Parabéns!

 

A prefeita Drª Lorena, festejou em todas as entrevistas para imprensa e elogiou a presença do público, além de parabenizar a equipe da coordenação pelas noites perdidas para que o São Pedro acontecesse com tranquilidade. A gestora acompanhou de perto todas as ações durante a festa. Válidas as comemorações, pois o município cumpriu bem o papel na promoção de um dos melhores São Pedro da Bahia.

 

Segurança

 

A festa foi tranquila, sem registros de violência.

 

São Pedro 2018

 

Para a edição 2018, ficou a experiência adquirida, que na soma de todo trabalho deve ser comemorada o êxito da festa, que superou as expectativas de público. O que deve ser melhorado e avaliado para 2018 é uma  divisão antecipada da grade. Outro ponto a ser observado foi o  desentendimento entre a prefeitura e a Rádio Itiruçu FM, que após 12 anos ficou sem fazer a transmissão do evento, sentida por  milhares de pessoas que acompanhavam todos os anos o som da Praça. A retransmissão do GSSOM, sistema de som da cidade, que também não levou às Praças a música do palco deve ser revista. Enfim, nada que não possa ser reavaliada, mas, de certo, as intercorrências não tiram o brilho do São Pedro 2017. Afinal, o trabalho de um evento público só é bem avaliado quando o público comparece e isso não faltou no São Pedro. É bom pensar com carinho na estrutura de som, que se avalie a volta de dois palcos, ajudaria e o público não ficaria disperso nas paradas. Outros métodos testados não resolveram. Bom rever a colocação de barracas dentro da cobertura da feira livre, numa possível chuva, o público teria onde se acomodar; este vale para as famílias que acompanham com crianças.

 

Fica a dica para as Pratas da Casa!

 

Como o São Pedro é uma vitrine para uma carreira de sucesso, é bom que nossos artistas busquem a profissionalização de seus grupos, dando a eles identidade para que o público conheça por nome, pois é corriqueiro se apresentar a cada edição como nome diferente. Persistam no estilo e busquem a sonhada realização profissional.

 

Por Tiago Santos.


Léo Fera é a principal atração da primeira noite. Foto/Blog Itiruçu Online.

Sexta-feira (30)

O São Pedro de Itiruçu começa nesta sexta-feira (30) com destaque para a Banda Forrozão e o cantor Léo Fera, principal atração da primeira noite de festa. Além de Forrozão, à noite de sexta-feira terá o cantor de Forró Genard, o arrocha romântico de Dhandara Bandeira, o autentico forró com Léo Fera e a Banda Forrozão; e fechando a noite com o romantismo de Ricardo Alencar. A Festa da sexta inicia às 22h.

 

Sábado (01)

Raneychas é a principal atração do sábado.

A segunda noite do São Pedro terá cinco atrações, sendo a principal atração da noite Raneychas. De acordo com a ordem divulgada, se apresentam Swingão do Forró, Dona Cila, Déa Oliveira, Raneychas e fecha o evento a banda Os Ballas. A Noite de sábado não terá forró apenas a principal atração, Raneychas, as demais bandas tocam o puro forró. A festa do sábado tem horário previsto para iniciar às 20h.

Domingo (02)

O último dia do São Pedro também serão 5 bandas no palco do forró. A festa inicia às 19h com Sete Love, em seguida se apresenta Toque Novo do Arrocha, para então uma das principais atrações da noite subir ao palco, com show agendado para as 23h, Rosy Banda levará a praça muito forró. Após Rosy Banda quem recebe o púbico é a Banda Sem Retoque. Fecha o São Pedro 2017 a Banda da cidade Hot Xote, levando ao público um show autentico de forró.

A Festa

Foto/Itiruçu Online

O São Pedro 2017 não terá a mesma estrutura de dois palcos dos últimos anos, mas para compensar o atraso em uma apresentação e outra, será proporcionada uma tenda eletrônica comandada pelo DJ Ivan Show, que deve animar os foliões nos intervalos. O São Pedro é uma tradição na Bahia e a Praça Gilberto Scaldaferri deve receber grande público nos três dias de evento. O tema do São Pedro 2017 é: Festa na Roça. O apoio principal é do governo da Bahia, por meio da Bahiatursa.


 

Agora sim!  O São Pedro terá o legítimo forró da época junina. Rosy e Banda foi confirmada como uma das atrações do evento, que até então contava apenas com Raneychas, Sem Retoque e Forrozão em  destaque, sendo a grade completada com artistas da cidade.
A Rosy e Banda terá para o domingo (02) o autêntico Forró, ausente nos festejos Juninos. Ele é a principal atração da noite de domingo e vai esquentar o frio da Praça com muito forró e animação. Será a segunda participação de Rosy no São Pedro de Itiruçu. A primeira foi em 2016, convidado pelo Itiruçu Online a fazer parte da grade. O Show foi elogiado pelos foliões e a praça ficou lotada.
 

Além de Rosy Banda, Forrozão, Dona Cila e Déa Oliveira, levarão aos foliões o estilo do forró. Confira abaixo show de Rosy no São Pedro 2016. A programação oficial do evento ainda não foi divulgada dando os dias corretos de cada apresentação. Aguarde.


Apesar da tradição em comemorar as festas juninas durante o São João, algumas cidades do interior da Bahia optam por celebrar a festa durante o São Pedro, comemorado nesta quinta-feira (29).

Muritiba

De 28 de junho à 01 de julho: Colher de Pau, Tio Barnabé, Poizé, Nosso Xote, Forrozão Pensa N’eu e outras atrações.

Amélia Rodrigues:

De 30 junho à 02 de julho: Luan Santana, Marlus Viana, Seu Maxixe, Flor Serena, Ney Alves, Forró dos Boys e outras atrações.

Dias d’Ávila

De 29 de junho à 01 de julho: Flávio José, Banda Cactus, Estakazero, Silvano Salles, Arreio de Ouro, Sandro Coutto e outras atrações.

Bom Jesus da Lapa

De 29 de junho à 02 de julho: Maiara & Maraisa, Limão Com Mel, Cavaleiros do Forró, Lordão, Fernanda Portilho, Gatinha Manhosa, 100 Parea e outras atrações.

Ilhéus

Dias 27 e 28 de julho: Simone e Simaria, Naiara Azevedo, Thaeme e Thiago, Danniel Vieira e outras atrações.

Eunápolis

De 29 de junho à 01 de julho: Jorge e Mateus, Wesley Safadão, Bell Marques, Cacau com Leite, Lordão, Arriba Saia, Cheiro de Forró e outras atrações.

Itabuna

De 29 de junho à 01 de julho: Danniel Vieira, Aviões, Adelmário Coelho, Dorgival Dantas, Estakazero, Cacau com Leite, Aduilio Mendes, Genard e outras atrações.

Itiruçu

De 30 de junho à 02 de julho: Forrozão e Léo Fera, Raneychas, Sem Retoque, Toque Novo do Arrocha e outras atrações.


Todos os 279 Termos de Adesão de prefeituras baianas ao Programa Municípios Culturais já foram assinados e devidamente publicados no Diário Oficial do Estado. O trabalho vem sendo realizado pelo Governo da Bahia, através da Secretaria de Cultura da Bahia (SecultBa) e suas vinculadas, o Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (Ipac), Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb), Fundação Pedro Calmon (FPC), Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI).

O número de adesões representa 67% do total de 417 municípios baianos e sinaliza um avanço na construção de políticas públicas de cultura nos municípios com o apoio do Estado. Para o secretário Jorge Portugal, este programa “será a principal forma que a nossa secretaria criou para contribuir com o desenvolvimento cultural e artístico dos municípios”. Portugal acrescentou que a “Bahia e toda a sua cultura, em todos os territórios, continuará sendo referência para o Brasil”.

Segundo o superintendente de Desenvolvimento Territorial da Cultura, órgão vinculado à SecultBa e responsável pelo programa, Sandro Magalhães, neste primeiro momento, os municípios vão apresentar um plano de trabalho que será implementado nos próximos anos de vigência do Municípios Culturais. Para o superintendente Sandro Magalhães, a adesão da maioria dos municípios sinaliza o êxito do programa. “Em um segundo momento, os técnicos da SecultBa vão orientar e acompanhar o trabalho proposto através dos planos apresentados pelos municípios que aderiram ao programa”, disse o superintendente de Desenvolvimento Territorial da Cultura.

Entre os municípios que formalizaram suas adesões destacam-se Igaporã, no Território Sudoeste Baiano e Cachoeira, no Território do Recôncavo, que consolidaram 100% de institucionalização de seus sistemas municipais de cultura. Porém, apenas 4% dos municípios baianos estão nesta situação.


Missão Ushuaia, Venezuela, projeto de documentário e missão humanitária idealizada pelo documentarista jequieense Dado Galvão, reúne uma bandeira abaixo-assinada do MERCOSUL, enviada por correio postal, desde Jequié (BA), em novembro de 2015, solidariedade, cartas e cinema, como ferramentas na luta pela democracia na Venezuela.

O parlamentar argentino no PARLASUR, Humberto Benedetto, apresentará projeto de declaração que tramitará durante a XLVIII sessão do Parlamento do MERCOSUL/PARLASUR, que acontecerá dia 26 de junho em Montevidéu, capital do Uruguai, declarando a Missão Ushuaia, Venezuela, (www.MissaoUshuaia.org) como de interesse Cultural e Humanitário para o PARLASUR.

A missão é formada pelos brasileiros Dado Galvão (documentarista), Arlen Cezar (fotógrafo), e os venezuelanos Carlos Javier (jornalista e escritor), Evelyn Pinto (diretora cultural da Assembleia Nacional da Venezuela, ativista de Direitos Humanos). Assista ao vídeo e entenda os objetivos da missão.


A I Cavalgada e Forró da Fazenda Boa Vista, em Itiruçu, promete agitar o 1º final de semana do mês de junho, domingo 11,  com atrações sertanejas, forró e arrocha. O percurso da cavalgada é com saída do distrito de Upabuçu, às 09h00min, com destino ao Povoado Luiz Caetano- Várzea.
Os sertanejos Anaílton e Fabiano, além da banda de Forró 100Parea e do cantor Lucas Araújo, são atrações que animam o evento. Cerveja e churrasco é Free. Camisa do evento custa o valor de R$ 100,00. Para mais informações, número de contato no cartaz do evento (Foto acima).


Fotos/ Blog Itiruçu Online

O lançamento do São Pedro de Itiruçu 2017 foi realizado na noite desta terça-feira (30) no Plenário da Câmara Municipal. Durante o evento que contou a presença de artistas e convidados, a prefeita Dra. Lorenna Di Gregório anunciou as atrações do festejo, que vai acontecer entre os dias 30/06 a 02 de julho. Serão três dias de festa na Praça Gilberto Scaldaferri. O tema escolhido foi: O São Pedro é 10.

Conforme anunciadas com exclusividade para o Itiruçu Online, Raneychas e Sem Retoque fazem parte da grade, que está fechada com as bandas regionais e locais, sendo : Dona Cila, Déa Oliveira, Os Ballas, Portal da Bahia, Toque Novo do Arocha, Dhandara Bandeira, Ricardo Alencar, Lucas Araújo, Sete Love e Hot Xote.

Artistas locais

Segundo a prefeita, a expectativa é que a festa gere impacto na economia do município e movimente o comércio. “É um esforço de uma equipe trabalhando para realizar um São Pedro com responsabilidade com as finanças municipais, focando no funcionamento da máquina, mas não deixando de realizar a festa. A gente não quer fazer apenas um bom São Pedro, queremos melhorar Itiruçu e, como é a primeira realização de nossa gestão, estamos arrumando a casa para que nos próximos anos possamos fazer ainda melhor. A gente vai conseguir gastar menos dinheiro e fazer uma festa de qualidade, valorizando nossos artistas e dando a eles uma vitrine para a carreira, que é o palco do São Pedro. E acabou àquela história de ‘não vai haver São Pedro’, pois o poder público precisa se organizar para que as pessoas também se preparem antecipadamente e tenham Itiruçu como destino nesta época do ano”, destaca Lorenna.

Além do lançamento oficial do São Pedro, a prefeitura, por meio da Assessoria de Comunicação, lançou a página oficial do governo municipal. “Este momento é importante e queremos o cidadão nos ajudando diariamente. A prefeita nos orientou a ouvir as pessoas e encaminhar as demandas aos setores públicos. Nossa página além de transmitir a prestação de contas à sociedade do que estamos investindo com o dinheiro público, irá também atuar na função de ligação entre a prefeitura e a sociedade”, garantiu Itamara Magalhães, assessora de comunicação.

Diretora de Cultura, Taine Neves.

O evento contou com a presença da prefeita Lorenna Di Gregório, do vice-prefeito Júnior Petrúquio, o presidente da câmara Ezequiel Borges, do vereador Duda de Zili,  Gilmar Bacelar representando à imprensa, artistas locais e secretários municipais, além de pessoas da sociedade.


Foto/Anderson Oliveira

O show de Roberto Carlos na noite deste sábado (27), em Vitória da Conquista, foi o maior de toda história da cidade. A avaliação passa pela estrutura, organização, público e principalmente por se tratar do maior nome da música brasileira ao lado de uma orquestra impecável. Todos notaram que Roberto Carlos estava alegre e muito descontraído. Revelou nos camarins que a cidade contribuiu e que gostou muito da sua apresentação em Conquista.

O público regional que compareceu ao Lomantão vibrou com o grande espetáculo. Também uma noite onde as mulheres desfilaram no Lomantão com muito charme e elegância. Foi uma noite de gala. O evento foi uma realização da empresa da Rede Bahia IContent, em parceria com a TV Sudoeste. A Prefeitura deu todo apoio e recebeu o reconhecimento dos promotores e da equipe do cantor Roberto Carlos. Da Resenha Geral.