A testagem para o novo coronavírus nas escolas estaduais do município de Jequié, no sudoeste do estado, começa nesta segunda-feira (3), às 14h, conforme informou o Secretaria de Educação do Estado da Bahia (SEC). Ao todo, serão testados 10.771 pessoas, sendo 9.964 estudantes, 560 professores e 247 funcionários, em 13 escolas estaduais e quatro anexos do município do sudoeste baiano. O governador Rui Costa já tinha anunciado a realização dos testes nas redes sociais, na última quinta-feira (30).

De acordo com a SEC, a testagem também será feita, em datas que ainda serão divulgadas, nas escolas estaduais de Itabuna e Ilhéus, ambas da região sul da Bahia. Os testes na rede estadual de ensino começaram em julho, com estudantes, funcionários e professores das cidades de Ipiaú, Uruçuca e Itajuípe, também no sul da Bahia.

De acordo com secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, a testagem é mais uma ação do protocolo de segurança para a retomada do ano letivo. Ele informou que ainda não há uma data definida para a volta às aulas, mas os testes ajudam no diagnóstico para a tomada de decisão.

Em Jequié, os testes serão realizados das 14h às 17h, com professores e funcionários, e seguem na terça-feira (4) com o mesmo público, das 8h às 17h. A partir da quarta-feira (5) serão testados os estudantes, que devem esperar o comunicado da escola para se dirigirem com hora marcada até a escola, entre 8h e 17h. Para Itabuna e Ilhéus, a programação está sendo desenvolvida em parceria com as prefeituras. No município de Ilhéus, serão 12.327 pessoas testadas, sendo 11.370 estudantes, 661 professores e 296 funcionários, localizados em 18 escolas, sendo quatro unidades indígenas.

Já no município de Itabuna, a testagem acontecerá em 14 unidades escolares, contemplando 12.011 pessoas, sendo 11.224 estudantes, 580 estudantes e 207 funcionários. Nos três municípios, a testagem será feita por equipes das Secretarias Municipais de Saúde, com acompanhamento dos gestores escolares e das equipes técnicas da SEC, dos Núcleos Territoriais de Educação (NTE) e do Núcleo Regional de Saúde da Secretaria de Saúde do Estado (Sesab).

Na aplicação dos testes serão utilizados todos os protocolos de segurança. As pessoas deverão usar a máscara de proteção individual e serão orientadas a manter as distâncias necessárias no atendimento, na escola. Os ambientes estarão higienizados e serão disponibilizados álcool em gel e pias com sabão para a lavagem das mãos.


Profissionais na linha de frente da luta contra a pandemia de Covid-19 em vários países continuam reclamando da falta infraestrutura e de material adequeado para combater a doença. Nos Estados Unidos, epicentro da pandemia, médicos e enfermeiros afirmam serem vítimas de censura e represálias quando ameaçam denunciar suas condições de trabalho. Um estudo divulgado pela revista científica The Lancet no final de julho confirmou que os profissionais do setor da saúde correm 3,5 vezes mais chances de serem contaminados pela Covid-19 que o restante da população. A pesquisa, realizada nos Estados Unidos e no Reino Unido entre março e abril, também aponta que o risco de contágio entre médicos e enfermeiros é 1,3 vez maior entre os que não têm acesso a equipamentos de proteção adequado.

O estudo apenas confirma o receio dos profissionais da saúde que, desde o início da pandemia de Covid-19, estão na linha de frente contra o vírus e, por estarem mais expostos, reclamam da falta de infraestrutura e de material para combater a doença. Mas em alguns países, médicos e enfermeiros que tentam alertar para a situação não são bem vistos.

Em alguns casos, eles chegam a ser impedidos de falar com a imprensa, afirmam associações sindicais. Como os funcionários do hospital Langone Health, em Nova Iorque, que receberam, no final de março, uma nota da direção indicando que falar com a mídia sem autorização estava sujeito a “medidas disciplinares, inclusive demissão”. “Os hospitais amordaçam os enfermeiros e outros trabalhadores do setor da saúde com o objetivo de preservar sua imagem”, denunciou em março na imprensa norte-americana Ruth Schubert, porta-voz de uma associação de enfermeiros.

Auxiliar de enfermagem demitida


O Governo da Bahia abriu nesta segunda-feira (3), no Hospital Regional de Juazeiro (HRJ), no norte do estado, dez novos leitos de UTI dedicados ao tratamento de pacientes com diagnóstico de coronavírus (Covid-19). No total, o município de Juazeiro alcança 74 leitos sob gestão estadual entre clínicos e de Terapia Intensiva, distribuídos entre o HRJ e a Promatre, e reduz a taxa de ocupação para apenas 55%.
De acordo com o secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, a unidade receberá pacientes a partir desta terça (4). “O principal esforço do governador Rui Costa frente a pandemia é ampliar e descentralizar o atendimento aos pacientes graves. Dessa forma, reduzimos a necessidade de deslocamento dos pacientes e ampliamos a resolutividade da rede de saúde”, afirma o secretário.
Outra boa notícia é que até, o fim do mês, serão entregues 20 novos leitos de UTI no Hospital Regional de Juazeiro. Atualmente, a macrorregião Norte possui 146 leitos entre clínicos e de Terapia Intensiva exclusivos para pacientes com a Covid-19, nos municípios de Juazeiro, Remanso, Paulo Afonso e Senhor do Bonfim.

Foto/Blog Itiruçu Online

Neste domingo (02), a Secretaria de Saúde de Itiruçu registrou em seu boletim o 1º óbito pelo novo coronavírus. Trata-se de uma senhora com 87 anos de idade e que já tratava outras comorbidades que teve o quadro agravado. De acordo com as informações, a paciente deu entrada no hospital da cidade no último dia 24, apresentando sintomas moderados e ficou internada, falecendo neste domingo, dia 02. A senhora já havia sido diagnóstica positiva para Covid-19 no último dia 25, sendo relatado no Boletim Epidemiológico da Secretaria de Saúde.


A Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Saúde, registrou mais um óbito, sendo um homem, de 78 anos, residente no Joaquim Romão, portador de hipertensão e diabetes, e que estava internado no HGPV.

Houve o registro de mais 106 novos casos, perfazendo um total de 3.351 pessoas confirmadas com a doença, até agora. O número de pessoas que se encontram recuperados e não apresentam mais os sintomas da doença permanece em 1890. Os que estão em quarentena somam 4.616 pessoas. Conforme os dados repassados pelo HGPV e pelo Hospital São Vicente, a taxa de ocupação geral dos leitos de UTI/adulto é de 89,7%.


O novo boletim epidemiológico de Itiruçu divulgou os dados deste sábado (01), com uma criança de 05 meses tendo contraído o novo coronavírus. De acordo com a Secretaria de Saúde do município, a criança é contactante de caso positivo e apresentou sintomas leves, sendo diagnosticada através do teste RT PCR para Covid-19. O mesmo encontra-se bem, estável e recuperando em casa.

Mais duas pessoas tiveram casos confirmados, sendo um homem 33 anos, contactante de caso positivo, e uma mulher 42 anos, profissional de saúde, que atua no município e no Hospital Prado Valadares, sendo que estava de férias das suas atividades no município e apresentou sintomas leves. Ambos estão se recuperando em casa, sem a necessidade de internação.;

O boletim apresenta 35 casos diagnosticado, sendo que 21 foram recuperados. 04 pessoas ainda aguardam o tempo correto para realizar o teste, 05 já aguardam o resultado e 84 estão  sendo monitoradas.


O Brasil chegou a 2.610.102 casos acumulados de covid-19. Nas últimas 24 horas, foram registradas mais 57.837 pessoas infectadas. Ontem (29), o sistema trazia 2.552.265 casos desde o início da pandemia. Os dados são da atualização diária do Ministério da Saúde, divulgada no início da noite desta quinta-feira (30). Também conforme o balanço do órgão, foram 91.263 vidas perdidas desde o início da pandemia. O painel recebeu 1.129 novos registros nas últimas 24 horas. Ainda há 3.591 óbitos em investigação. Ontem, o sistema marcava 90.134 falecimentos em função da doença.

Ainda de acordo com a atualização diária do Ministério da Saúde, há 694.744 pacientes em acompanhamento. Outras 1.824.095 pessoas já se recuperaram da covid-19. A taxa de letalidade (número de mortes pelo total de casos) ficou em 3.5%. A mortalidade (quantidade de óbitos por 100 mil habitantes) atingiu 43,4. A incidência dos casos de covid-19 por 100 mil habitantes é de 1.242.


A primeira-dama Michelle Bolsonaro teve exame positivo para covid-19 hoje (30). “Ela apresenta bom estado de saúde e seguirá todos os protocolos estabelecidos”, diz a nota da Secretaria Especial de Comunicação Social. Michelle tem 38 anos e está sendo acompanhada pela equipe médica da presidência. O presidente Jair Bolsonaro também já contraiu a doença. Ele anunciou o resultado positivo do teste no dia 7 de julho e permaneceu em isolamento no Palácio da Alvorada até o último sábado (25), quando informou que estava recuperado. Também nesta quinta-feira, o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes, informou hoje que testou positivo para covid-19


O empresário Celso Brandão Lobão, 66 anos, morreu na manhã desta quinta-feira (30),  morreu vítima do coronavírus (Covid-19),  em um hospital da cidade de Vitória da Conquista. Empresário do setor de peças e acessórios para autos, proprietário da Lobão Auto Center, localizada na Avenida Landulfo Caribé, em Jequié. Era um dos filhos, do saudoso comerciante Radamesse Lobão, que atuou por muitos anos no futebol amador da cidade, presidindo o Jequiezinho Esporte Clube.  Celso estava internado no leito de UTI, lutando contra a doença, mas não resistiu. Jequié repórter.


A Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Saúde, registrou mais três óbitos, sendo uma mulher, de 55 anos, residente no bairro Joaquim Romão, que estava internada no Hospital São Vicente; uma mulher, de 85 anos, residente no Centro, portadora de hipertensão e diabetes, que estava internada no HGPV; e um homem, de 82 anos, residente no Jequiezinho, portador de hipertensão e doença pulmonar obstrutiva crônica, e que estava internado no HGPV.

Houve o registro de mais 40 novos casos, perfazendo um total de 3.027 pessoas confirmadas com a doença, até agora. Mais 50 pessoas tiveram alta, sendo liberadas para suas atividades, contabilizando 1.750 pacientes que encontram-se recuperados e não apresentam mais os sintomas da doença. Os que estão em quarentena somam 4.610 pessoas. A taxa de ocupação dos leitos de UTI/adulto é de 76,9%, conforme os dados repassados pelo HGPV e pelo Hospital São Vicente.

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 4.204 casos de Covid-19, 43 óbitos e 3.567 curados. Dos 153.313 casos confirmados desde o início da pandemia, 136.511 já são considerados curados, 13.532 encontram-se ativos e 3.270 tiveram óbito confirmado. O boletim epidemiológico atualizado pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesab), às 17h desta terça-feira (28) contabiliza ainda 30.8998 casos descartados e 80.151 em investigação.

Na Bahia, 14.511 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Empresários realizam carreata de protesto pela prorrogação do fechamento do comércio

Em nota do site Jequié repórter, relata que os empresários e prestadores de serviços em setores diversos realizaram na manhã desta terça-feira (28), uma carreata de protesto nas ruas de Jequié, contra a prorrogação do fechamento do comércio local  por mais uma semana, [mantendo abertos apenas os considerados essenciais], pelo Decreto municipal propagadas por veículo de sonorização, os manifestantes chamavam a atenção da comunidade, para a importância das empresas para a economia do município, notadamente na absorção de mão-de-obra, com a disponibilidade de vagas de trabalho. Foi também enfocada as dificuldades que muitas empresas estão enfrentadas por permanecerem com as portas fechadas, muitas deles correndo o risco de não retomarem as suas atividades. Os participantes do ato público mantiveram cuidados sanitários para que ocorresse qualquer tipo de aglomeração entre as pessoas. A carreata teve como ponto de partida a praça da Catedral de Santo Antonio, no centro da cidade.