Batida entre carretas ocorreu na manhã deste sábado (24), na BR-116, no sudoeste da Bahia — Foto: Blog do Marcos Frahm

Uma pessoa, ainda não identificada, morreu neste sábado (24), após a batida entre duas carretas no km 595 da BR-116, trecho da cidade de Irajuba, no sudoeste da Bahia. As informações são da Polícia Rodoviária Federal (PRF).De acordo com a PRF, o acidente ocorreu por volta das 11h10 e após a batida as carretas pegaram fogo. Os veículos de carga foram tomados pelas chamas e ficaram destruídos. Não há detalhes sobre feridos e informações iniciais apontam que a pessoa que morreu era o motorista de uma das carretas. Equipes da PRF e Corpo de Bombeiros estiveram no local. A PRF ainda não tem informações sobre as causas do acidente, mas informações preliminares apontam que pode ter ocorrido uma ultrapassagem. G1.


Jociane e José Gutemberg eram passageiros do ônibus envolvido no acidente com a carreta no sul da Bahia — Foto: Arquivo Pessoal

Quatro das cinco vítimas da batida entre uma carreta e um caminhão no sul da Bahia, foram identificadas nesta sexta-feira (23). O acidente ocorreu na noite de quinta-feira (22), na BR-101, próximo a entrada de Uruçuca, município no sul da Bahia. Dez pessoas ficaram feridas. O motorista do coletivo está entre os mortos. Ele foi identificado como Carlos Antônio dos Santos Júnior, de 50 anos, que morava no bairro Banco da Vitória, em Ilhéus. Conforme familiares da vítima, ele trabalhava como motorista há mais de 30 anos. “Foi um choque muito grande, até agora a gente está sem acreditar. A ficha ainda não caiu. Era uma pessoa muito querida”, disse Maiara Teixeira, prima de Carlos Antônio. As outras pessoas que morreram são passageiras do coletivo: Jociane Silva dos Santos, de 25 anos; José Gutemberg Dias Neto, de 23 anos, e Jorge Eduardo Pereira Santos, de 47 Anos. Uma das vítimas segue sem identificação.

O motorista Carlos Antônio e o passageiro Jorge Eduardo, ambos morreram no acidente no sul da Bahia — Foto: Arquivo Pessoal

O enterro de Carlos Antônio dos Santos está previsto para as 17h desta sexta-feira, em Ilhéus. Jociane será sepultada em Itapitanga, também cidade do sul da Bahia, mas o horário ainda não foi definido. O enterro de José Gutemberg está previsto para 16h desta sexta-feira, também em Ilhéus. Já o de Jorge Eduardo ainda não tem horário nem data definidos, mas será em Itabuna. A polícia detalhou que Jociane e José Gutemberg faziam um curso em Jequié e estavam voltando para casa, em Ilhéus. Além da identificação dos corpos pelo Departamento de Polícia Técnica, informações preliminares da polícia indicam que o motorista da carreta estava em alta velocidade e fez uma ultrapassagem indevida.

O homem ainda não foi encontrado, pois ele deixou o local do acidente após a batida. A polícia ainda disse que o motorista da carreta pode ser indiciado por homicídio culposo, quando não há intenção de matar, e também por omissão de socorro. Do total de feridos, oito foram levados para o Hospital de Base de Itabuna, e um segue em observação na mesma unidade de saúde. Cinco pessoas morreram e 10 ficaram feridas após batida entre um ônibus e uma carreta, por volta das 20h30 de quinta-feira (23), na BR-101, no sul da Bahia. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente ocorreu próximo à entrada da cidade de Uruçuca.

PRF detalhou que o ônibus saiu da cidade de Jequié, no sudoeste do estado, por volta de 18h30, e tinha como destino o município de Ilhéus, no sul da Bahia. O coletivo transportava 13 pessoas, e o acidente ocorreu quando faltavam 50 km para chegar em Ilhéus. A carreta envolvida no acidente transportava paletes, suportes de madeira, e pegou fogo após o acidente. Segundo informações da Viação Cidade Sol, proprietária do ônibus envolvido no acidente, todos os mortos estavam no coletivo, sendo o motorista e quatro passageiros. Testemunhas relataram que o ônibus seguia na rodovia, a carreta surgiu na contramão. O motorista do ônibus tentou desviar, mas ainda assim ocorreu a batida. Segundo as equipes de resgate, quando as ambulâncias do Samu de Ilhéus e Itabuna chegaram no local do acidente, não tinha mais nenhum ferido aguardando socorro. As vítimas foram resgatadas por veículos particulares que passavam pela rodovia no momento da batida. Com informações do G1.


A colisão entre uma carreta carregada de paletes e um ônibus na BR-101 deixou vários feridos. De acordo com as informações preliminares, o choque entre os veículos ocorreu nas imediações do Posto Santo Antônio, trecho da rodovia entre o trevo de Uruçuca e o município de Itabuna. A carreta tombou no acostamento da rodovia e pegou fogo. Já o ônibus parou às margens da rodovia. Informações iniciais apontam para ao menos quatro mortos e cinco presos nas ferragens. Ambulâncias e viaturas do Samu  e do Corpo de Bombeiros foram deslocadas para o local do acidente. Ainda de acordo com as informações preliminares, o ônibus da Viação Cidade Sol seguia para Jequié. Com colaboração do Giro em Ipiaú.


Uma pessoa morreu após sofrer um acidente de moto sobre a ponte do bairro Cidade Nova, trecho urbano da BR 116, em Jequié. O acidente aconteceu por volta das 22 horas de terça feira e teve como vítima um homem conhecido como Vanderlei, funcionário da empresa Fortaleza Transportes. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, carreta e moto estavam passando sobre a ponte quando em uma tentativa de ultrapassagem a moto colidiu na lateral da carreta, o motociclista chegou a ser socorrido e morreu ao dar entrada no Hospital Prado Valadares. Júnior Mascote.


Um grave acidente deixou uma pessoa morta na tarde desta quinta-feira (08) na BR-420, trecho do município de Jaguaquara. De acordo com informações colhidas pelo Itiruçu Online, um caminhão que transportava carga de batata acabou capotando na curva de Alberto Tripode após o motorista ter perdido o controle da direção, entre o município de Jaguaquara e Distrito do Entroncamento.  O condutor do caminhão identificado pelo prenome de Geléia, morador de Jequié sofreu ferimentos e foi socorrido ao hospital de Jaguaquara.

Vítima não resistiu aos ferimentos. Foto arquivo pessoal.

Já a carona não teve a mesma sorte. Durante o capotamento chegou a ser arremessada para fora do veículo e acabou ficando presa, sendo socorrida ao Hospital Prado Valadares em Jequié, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu.  A vítima foi identificada por Neyla Lorrany Lisboa. Neyla era técnica de enfermagem.


Matéria reproduzida na íntegra do Blog Marcos Frahm

Um grave acidente automobilístico ocorrido na noite desta quarta-feira (17/07) deixou uma pessoa morta e três feridas na Rodovia BA-026. Conforme informações preliminares apuradas pelo Blog Marcos Frahm, uma ambulância de uma funerária de Brumado/BA e um caminhão com placa de Uberlândia/MG colidiram frontalmente entre os povoados de Cascalho, município de Iramaia, e Pé de Serra, pertencente a Maracás. Ainda segundo apurou a redação, a vítima fatal estava a bordo da ambulância. Os sobreviventes foram socorridos para hospitais da região. Não há detalhes sobre as circunstâncias do acidente, que deve ser registrado pela Polícia Rodoviária Estadual (PRE).

Identificação da vítima

A vítima fatal do acidente automobilístico ocorrido na noite desta quarta-feira (17/07), na BA-026, era acompanhante de uma paciente transportada em uma ambulância de uma funerária da cidade de Brumado. O homem, que segundo o Instituto Médico Legal de Jequié, para o corpo foi levado não portava documentos e os peritos aguardam familiares para o reconhecimento no IML, conforme informações apuradas pelo Blog Marcos Frahm. Ele era esposo da mulher que era levada no veículo no momento em que a ambulância colidiu frontalmente com um caminhão com placa de Uberlândia/MG.

A mulher e o motorista da ambulância foram socorridos por equipes do Samu de Iramaia e Maracás ao Hospital Geral Prado Valadares (HGPV), em Jequié, onde permanecem internados com lesões graves. O condutor d caminhão também ficou ferido e socorrido. O acidente aconteceu entre os povoados de Cascalho E Pé de Serra. Não há informações sobre as causas da colisão. *Informações do Blog Marcos Frahm.


Um acidente envolvendo um caminhão da banda do cantor Léo Santana deixou duas pessoas mortas na BR-116, na altura da cidade de Itatim,  no sábado (6). A informação foi confirmada pela assessoria do artista. Conforme a nota divulgada pela produção do cantor, neste domingo (7), as vítimas estavam em um caminhão contratado para transportar os equipamentos da banda. Não há informações sobre as causas do acidente.

De acordo com a ViaBahia, o acidente aconteceu por volta das 9h, na altura do km 523, quando o caminhão da banda bateu de frente com outro veículo do mesmo porte. As vítimas foram identificadas como Luiz Gustavo da Ressurreição, que dirigia o caminhão, e Ivonilson de Brito Lima, que seguia como passageiro. Os dois saíram de Salvador e estavam sozinhos no veículo. A idade deles não foi informada. Não há detalhes de para onde o caminhão seguia.

No Storie do Instagram, Léo lamentou o acidente e falou sobre a relação com as vítimas.

“É muito ‘punk’ ter que trabalhar quando se recebe uma notícia ruim, drástica. Um caminhão da minha banda, da minha equipe, com duas pessoas que trabalhavam na equipe da gente acabou batendo de frente com uma carreta. Os dois vieram a falecer. Ter que trabalhar com isso na cabeça é muito forte, é muito punk. Fica meus pêsames para os familiares do Gustavo e do Nabo, que eram moleques que eu gostava demais. Que Deus conforte os corações de vocês”, disse o artista.

Léo fez shows na noite de sábado em Fortaleza e em São Gonçalo do Amarante, ambas no Ceará. A agenda do artista segue normalmente. G1.


Carreta tombou após volta de ré em ladeira. Fotos/Blog Itiruçu Online.

Uma carreta de placa AQL- 2967, licenciada de Cruz das Almas, que retornava de São Paulo transportando embalagens de Pizza e papelão, tombou na BA-026, perímetro do município de Planaltino na manhã deste sábado (06), por volta das 07h30.

De acordo com informações colhidas pelo Itiruçu Online no local do acidente, o veículo não conseguiu vencer uma ladeira e acabou descendo de ré, saído da pista e tombando na curva. O motorista ainda tentou controlar a direção, mas não obteve êxito. Ninguém ficou gravemente ferido. A PRE foi acionada e esteve na localidade para registrar ocorrência do acidente.


A comunidade de Itiruçu recebeu com pesar a notícia do falecimento do comerciante Wellington, proprietário da Panificadora Lousado, ocorrido na noite desta sexta-feria (5).

De acordo com informações obtidas pelo Itiruçu Online,  Wellington pilotava uma motociclista quando se envolveu numa  colisão com uma  carreta na BR-116, próximo ao Posto Paraná, na região do Entroncamento de Jaguaquara.

Wellington Souza sofreu fraturas expostas nos braços, pernas, ombro e boca. Segundo populares o motociclista seguia de Jequié para Jaguaquara quando bateu em uma carreta que entrava no posto de combustível e foi arremessado para a pista, sendo atingido por outro veículo. Wellington chegou a ser  socorrido para o Hospital Geral Prado Valadares, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Além de Itiruçu, Wellington era proprietário de comércio em Jaguaquara.


Após ser baleado em uma tentativa de assalto na noite de domingo (24), no Anel Rodoviário de Jequié, acesso à BA 547 (Jequié-Florestal-Apuarema-Itamari-Gandu), o jovem  Mateus Macedo (Dentinho), foi socorrido e levado para o Hospital Geral Prado Valadares-HGPV, onde não resistiu à gravidade do ferimento evoluindo a óbito. “Dentino” atuou no futebol profissional envergando a camisa da Associação Desportiva Jequié-ADJ, na temporada 2015. No momento do crime ele estava retornado de moto da cidade de Apuarema, onde ultimamente atuava em equipe de futebol amador da cidade. Jequié Repórter.