Caminhão carregado de goiaba capota na BR 324 trecho de Riachão do Jacuípe e mata motorista

Reprodução do Calila Notícias

Reprodução do Calila Notícias

O caminhoneiro Renato Rossi Magalhães, 34 anos, morreu depois de capotar o caminhão Ford Cargo 2422, placa KKF 4146 licença de Custódia no Estado de Pernambuco, carregado de goiaba por volta das 04h da madrugada desta sexta-feira (21) na BR 324 trecho Vila Aparecida/Riachão do Jacuípe.

Segundo Ranniery Barreto Carvalho que se identificou como sendo compadre de Renato por ter batizado um dos quatro filhos, ele lhe ligou por volta das 23h de ontem quando estava saindo da cidade de Juazeiro-BA dizendo que levaria a carga de goiaba para Feira de Santana, inclusive informou na ligação que havia atropelado um jumento na saída e enviou via WhatsApp uma fotografia mostrando o dano causado no para-choque.

morte

“Uma colega viajava junto com ele e informou o ocorrido para a gente. Eu sou conterrâneo e compadre dele, mas moro em Juazeiro, e ao tomar conhecimento me desloquei para cá”, contou Ranniery que veio acompanhado de outro amigo ex-caminhoneiro Francisco Alexandro Nery que também é custodiano e mora em Petrolina.

Ainda de acordo com Ranniery, Renato ficava até mais de 20 dias sem ir em casa depois que passou a fazer esse trecho. ” Ele estava querendo trocar o caminhão, eu mandei a foto de um que ele tinha interesse via whatsapp e disse que ia verificar de perto na cidade de Lajedo-pE. “Era apaixonado por caminhão e costumava ‘conversar com o caminhão que chama de vermelhão”, lamentou Ranniery enquanto observava a cabine do carro destruída e o corpo ainda que invisível sob o veículo.

capotamento-de-caminhão-na-

Somente a Policia Técnica pode definir a causa real do acidente, mas o amigo Francisco disse que o desnível do acostamento pode ter sido o causador.Eu sei o que é dirigir caminhão, se sair da pista no nível desse que estamos vendo aqui a depender da forma como ele puxa o volante a virada é inevitável, afirmou Francisco.

A Polícia rodoviária Federal – PRF esteve no local aguardando a chegada da equipe da Polícia Técnica de Serrinha e do rabecão que chegaram por volta das 11h e solicitaram um guincho para desvirar o veículo, única forma possível para retirar o corpo das ferragens. A PRF interditou os dois sentidos da via enquanto o guincho e a Policia Técnica fazia a remoção, que aconteceu por volta do meio dia.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas