Bolsonaro diz que ‘ser patrão é uma desgraça’ no Brasil

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta 3ª feira (5.jan.2020) que o desemprego no Brasil é alto, entre outros motivos, por causa da falta de formação da população. Ele disse que “uma parte considerável [das pessoas] não está preparada para fazer quase nada. Nós importamos muito serviço”.

Bolsonaro também disse que “ser patrão é uma desgraça” por causa da judicialização de questões trabalhistas. O presidente afirmou que “O Brasil tinha mais ações trabalhistas que o mundo inteiro junto”.

O chefe do Executivo também comentou o auxílio emergencial para autônomos: “Muita gente autônoma recebeu auxílio emergencial. Por coincidência, não é caso isolado, eu estava andando de moto na Praia Grande, no Guarujá. Tinham uns 5 moleques dentro de um carro que me reconheceram e disseram ‘valeu presidente, obrigado pelo auxílio’. Estavam no carro de, vou chutar, uns 50 mil reais. Eram autônomos”.

“Alguns querem que prorroguem, mas o dinheiro do auxílio não estava num cofre, nós nos endividamos”. Ele disse ainda que “a gente não está com recurso para investir. Estamos com uma dívida de mais de mais ou menos R$ 5 trilhões”.

As declarações foram em conversa com apoiadores no Palácio do Alvorada. Na ocasião, Bolsonaro também reclamou das críticas contra ele pelo fato do Brasil ainda não ter vacinação contra a covid-19. “O pessoal fica me criticando, [dizendo que] os países todos estão vacinando, não é verdade. Mais ou menos 25% dos países estão vacinando”, afirmou o presidente.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas