O prazo para regularização das dívidas dos Microempreendedores Individuais (MEI) foi prorrogado. Com a mudança, a data limite que seria nesta terça-feira (31) passou para 30 de setembro, de acordo com a Receita Federal. Para regularizar sua situação o MEI poderá obter informação no Serviço de Atendimento ao Empreendedor (SAE), órgão vinculado a Secretaria de Desenvolvimento Econômico da Bahia (SDE).
Em Salvador, os Microempreendedores Individuais podem ser atendidos nas unidades do Shopping Barra, Bela Vista, Cajazeiras e Comércio, além disso, já estão em funcionamento as unidades de Feira de Santana, Juazeiro e Jacobina. O atendimento é previamente agendado através do SAC virtual. No dia oito de setembro, a SDE inaugura as unidades do SAE de Teixeira de Freitas e Jequié, e até o final do mês de setembro Irecê e Guanambi também ganharão unidades do serviço.
Segundo Rodrigo Newton, Diretor de Comércio e Serviços e Oportunidades de Negócio o objetivo do SAE é oferecer serviços para todos os empreendedores, principalmente do interior do estado, como apoio para crédito através do Desenbahia, cursos e treinamentos com o Sebrae, orientação sobre medições com o Ibametro e registro de empresas com a Junta Comercial, por exemplo.
“Principalmente com as dificuldades geradas com essa pandemia, o importante é fortalecer o apoio ao pequeno empreendedor e ao MEI, que já configura como 50% dos nossos atendimentos nas nossas unidades”, detalhou Newton.
Dívida ativa
Se não normalizarem sua situação, o MEI poderá ser inscrito na Dívida Ativa, podendo ser encaminhado à Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN).
Além da inscrição em Dívida Ativa, o MEI inadimplente poderá sofrer consequências como perder a qualidade de segurado no INSS e, com isso, deixar de usufruir dos benefícios previdenciários, ter o CNPJ cancelado, ser excluídos do regime Simples Nacional e Simei pela RFB, Estados e Municípios, ter dificuldades na obtenção financiamentos e empréstimos.

O radialista Marcos Cangussu, da 93 FM, recebeu um pedido de desculpas de forma pública, através de decisão judicial, por ter sido caluniado e sofrido injurias em rede social na cidade de Jequié. Um vitória do respeito e da democracia, acima de tudo.

Confira abaixo o pedido de desculpas:

Eu, Carlos Eduardo de Magalhães Souza, venho, por intermédio desta nota, pedir desculpas públicas ao sr. Marcos Geraldo Cangussu Guimarães, respeitável jornalista da rádio 93 FM, pelas palavras difamatórias e injuriosas proferidas no mês de maio do ano passado, precisamente no dia 27/05/2020, contra a sua pessoa.

Trata-se de uma conversa havida na referida data, no bojo do grupo de Whatsapp intitulado de “Grupo dos Comerciantes”, na qual eu, ao me manifestar sobre um recorte de um áudio gravado pelo respeitável jornalista, transcendi os limites da liberdade de expressão e acabei por ofender a integridade e a honra deste, atingindo, por conseguinte, tanto o profissional “Marcos Cangussu”,
quanto o ser humano que o é. Portanto, hoje, ao rever as minhas falas e concluir que elas colidem com a reputação irretocável do profissional, do ser humano e do pai de família que é o sr. Marcos, me valho desta nota para me desculpar publicamente e reiterar o
compromisso de infirmar todas as palavras infelizes lançadas por mim naquela ocasião.


Foto/Blog Itiruçu Online.

Rendeu o gesto dos Bolsonaristas em parabenizar o município de Itiruçu pelos 86 anos de história usando um outdoor com a mensagem “Itiruçu acima de tudo, Deus acima de todos”. O outdoor foi vandalizado  e pintado com lama durante a manhã desta quarta-feira (01).

Itiruçu é um dos municípios baiano que o eleitorado, na última eleição, deu uma votação de quase 80% aos candidatos do PT, principal adversário de Bolsonaro. Nas redes sociais o outdoor dominou o assunto mais comentado do dia entre os simpatizantes e que são desfavoráveis ao presidente.

Acima de tudo é preciso exercer a democracia, permitido que todos possam manifestarem-se de forma livre, dentro dos limites do respeito. O que um tem direito de fazer conforma a legislação, é permitido ao outro.


A cidade de Itiruçu completou 86 anos de emancipação político-administrativa. Para celebrar a data festiva, a prefeitura preparou uma programação com um pacote de reformas entregues nesta quarta-feira (01) pela prefeita Lorenna Di Gregorio (PSD).

Confira fotos de como ficou a Escola pós reforma, gerida pela diretora Professora Cida.

A Programação iniciou com o hasteamento das bandeiras no pavilhão na sede da prefeitura, seguida das entregas das reformas nas Escolas Rita Pimentel Ribeiro, Adalício Novaes e  Geraldo Cerqueira. Foram entregues ainda o Núcleo de Educação Especial e a Reforma da Unidade de Saúde João Batista. Ainda para finalizar a data, haverá uma live cultural às 19h, com artistas da cidade.

Para complementar a programação, a diretoria de esportes promoveu uma maratona com maratonistas da cidade e região, concluída mesmo com o tempo chuvoso.

O ato festivo contou com a participação de toda equipe administrativa: prefeita, vice-prefeito, vereadores e Secretários, além das presenças dos deputados Jorge Solla do PT e Euclides Fernandes do PDT, aliados do governo Lorenna. No ato, a prefeita anunciou o que chamou de maior pacote de obras da História em termos financeiros, somando mais de 20 milhões, com a construção de uma nova delegacia da PC, uma nova escola e complexo esportivo, pavimentações e recuperação de estradas vicinais.


Um grave acidente ocorrido nesta quarta-feira (01), na BR-116, trecho da Coalhada, deixou uma pessoa morta. O veículo carro colidiu em um caminhão e foi parar em um matagal. A vítima fatal foi o Jaguaquarense Márcio Souza dos Santos, de 31 anos, que morreu no local. O corpo foi levado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Jequié.


O Conselho Regional de Enfermagem da Bahia (Coren-BA) e os Correios firmaram protocolo de intenções para ampliar a capilaridade dos serviços da autarquia no Estado, por meio do Balcão Cidadão Correios. O acordo foi assinado na segunda-feira (30), pelo presidente interino do Coren-BA, Holmes Filho, e a superintendente dos Correios na Bahia, Maria de Souza Meirelles.

O Balcão Cidadão é uma estratégia adotada pela estatal que visa expandir a parceria com instituições públicas e privadas para a oferta de multisserviços, por meio da infraestrutura e da capilaridade da rede de atendimento dos Correios. “Com esta parceria, profissionais de Enfermagem poderão realizar uma série de serviços, sem precisar se deslocar para as subseções ou sede do Conselho. Com isso, vamos aumentar a capilaridade dos nossos serviços e oferecer a estes profissionais mais comodidade, qualidade e agilidade no atendimento”, destacou Holmes.

Com a iniciativa, serviços do Coren-BA serão disponibilizados, inicialmente, em 10 agências do estado, que ainda serão definidas. As unidades de atendimento e equipes do Conselho estão afinando os detalhes técnicos para propiciar a oferta de serviços como atualização de dados cadastrais, emissão de certidões, renovação e segunda via de carteira, entre outras demandas. “Já iniciamos a capacitação dos profissionais, principalmente da área de Tecnologia da Informação, para que possamos disponibilizar esses serviços num curto espaço de tempo”, completou o presidente interino.

Para a superintendente dos Correios, Maria de Souza Meirelles, a celebração do contrato com o Coren-BA é muito importante pois é o primeiro do projeto Balcão do Cidadão na Bahia. Ela citou a conveniência e o acesso facilitado que os profissionais de Enfermagem terão com a oferta de serviços nas agências. “Os Correios serão uma extensão dos serviços oferecidos pelo Conselho, através do atendimento multicanal das nossas unidades, preparadas para facilitar o cotidiano dos profissionais da saúde, tão relevantes pelos serviços prestados à população”, comentou a gestora.

Fotos: Divulgação/Coren-BA

No aniversário de Itiruçu patriotas comemoraram colocando outdoors no município parabenizando pela data. Nas placas aparecem o Presidente Bolsonaro e a frase ’86 ANOS! ITIRUÇU ACIMA DE TUDO, DEUS ACIMA DE TODOS’ uma referência à frase clássica do presidente ‘Brasil acima de tudo, Deus acima de todos’. Bolsonaro sempre faz reverência aos governos militares do Brasil, período onde Itiruçu teve seus melhores índices de desenvolvimento, principalmente na educação e economia com a construção dos maiores colégios públicos da cidade e investimento na produção de café e verduras que chegou abastecer 60% do que se consumia em Salvador. A época ficou marcada na cidade por não haver desemprego nem criminalidade.

Após vários anos sem receber investimentos federais o governo Bolsonaro tem feito ações na zona rural com abertura de poços artesianos através do DNOCS (Departamento Nacional de Obras Contra a Seca), um dos poços foi aberto no Campo Federal para o projeto de hortas comunitárias da Secretaria de Agricultura do município. Tem sido recorde também a alocação de recursos federais para o município que está permitindo à prefeitura a realização de várias obras como a construção da praça de alimentação ao lado do Grupo Escolar Francisco Mangabeira.


A Escola Menino Jesus, nasceu de um sonho da professora Urânia de Cássia Lemos Oliveira, que visando oferecer os seus dons educacionais à população Itiruçuense e promover uma educação que proporcionasse a formação integral do aluno, contribuiria para o desenvolvimento intelectual da comunidade. Assim, em 08 de março de 1983, é fundada a Escola Menino Jesus, em clara homenagem ao Menino Jesus, atendendo ao pedido de sua mãe Erenilda. Nesse intuito, alugou o galpão pertencente ao Sr. Gabriel Ieverse, situado à Rua Albino Serra, centro da cidade e montou a escola. Anos depois, migra para o casarão, situado à Rua Juscelino Kubitscheck. Após muitos esforços, é construída a atual sede, situada a Rua Américo Andrade, nº 206. São 38 anos contribuindo para a educação do nosso município, oferecendo uma educação de qualidade nas etapas da Educação Básica: Educação Infantil e Ensino Fundamental I. É um orgulho para a Escola Menino Jesus fazer parte da história de muitos alunos e de pais ex-alunos, que também optam pela educação oferecida por esta instituição aos seus filhos.

Em reconhecimento ao trabalho oferecido à comunidade, tem a capacidade de oportunizar a socialização do conhecimento em prol da formação moral dos alunos.E essa soma de esforços que permite o pleno desenvolvimento dos alunos como cidadãos. A Escola Menino Jesus sente-se honrada em fazer parte desta história. Ao mesmo tempo que parabeniza Itiruçu pelos seus 86 anos de história e progresso.

Profª: Edna Gomes.

 

O CAFÉ

Cadê o nosso café?
Quem daqui o tirou?
Um dos nossos patrimônios econômicos,
onde as famílias tiravam o seu sustento…

As festas populares eram patrocinadas por ele.
Quanto glamour!
Famílias inteiras se empenhavam na colheita,
era bonito de se vê o cafezal florido,
a sua fragrância exalava emoção…

A economia cafeeira
movimentava a cidade,
era comum presenciarmos
caminhões e caminhões,
subindo e descendo
cheios de café e de pessoas,
que acordavam cedo para laborar.
Muitas pessoas subiam e desciam às ruas,
com balaios nas costas,
que levavam suas boias-frias,
comidas gostosas…

Pessoas vinham até de outras cidades
para o café colher,
era uma verdadeira comunidade,
de cantorias e de muita parceria…
Eta saudade!
Tempo que não volta mais…

Hoje, os espaços onde
eram os cafezais são pastos.

Os investimentos se foram,
os cafeicultores se desmotivaram,as matas derrubaram e
a chuva abrandou…

Só nos resta lembrança
de uma cultura de amor,
onde o pobre tinha trabalho,
mesmo pago a pouco valor.

Os versos, nos remete à saudade!
Saudade das festas
do final da colheita
comemorada com vinho, tubaína,
pão e muita animação,
assim esquentava o coração!

Após a colheita,
o café do chão era dado à meia
ou por completo às ”catadeiras ”,
que se debruçavam ao chão.

Parabéns Itiruçu! 86 anos de memorias e tradição.

Profª Edna Gomes.


Um grave acidente de trânsito acaba de ocorrer na noite desta terça-feira (31), na BR-116, imediações do Distrito Industrial, em Vitória da Conquista. De acordo com o Blog do Sena, o acidente envolveu dois veículos de passeio e uma motocicleta e o condutor da moto se feriu fatalmente. Imagens divulgadas no WhatsApp mostra a vítima caída ao chão, sendo assistida por profissionais de saúde. Além da vítima que veio a óbito, o acidente também deixou pessoas feridas.

SAMU 192, Via Bahia e Polícia Rodoviária Federal foram acionados para registro e gerenciamento da ocorrência. A polícia está apurando os detalhes do acidente


A alta da inflação nos últimos meses fez o governo elevar a previsão para o salário mínimo no próximo ano. O projeto da lei orçamentária de 2022, enviado hoje (31) ao Congresso Nacional, prevê salário mínimo de R$ 1.169, R$ 22 mais alto que o valor de R$ 1.147 aprovado na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) . A Constituição determina a manutenção do poder de compra do salário mínimo. Tradicionalmente, a equipe econômica usa o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do ano corrente para corrigir o salário mínimo do Orçamento seguinte.

Com a alta de itens básicos, como alimentos, combustíveis e energia, a previsão para o INPC em 2021 saltou de 4,3% para 6,2%. O valor do salário mínimo pode ficar ainda maior, caso a inflação supere a previsão até o fim do ano.

PIB

O projeto do Orçamento teve poucas alterações em relação às estimativas de crescimento econômico para o próximo ano na comparação com os parâmetros da LDO. A projeção de crescimento do PIB passou de 2,5% para 2,51% em 2022. Já a previsão para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), usado como índice oficial de inflação, foi mantida em 3,5% para o próximo ano. Outros parâmetros foram revisados. Por causa das altas recentes da Selic (juros básicos da economia), a proposta do Orçamento prevê que a taxa encerrará 2022 em 6,63% ao ano, contra projeção de 4,74% ao ano que constava na LDO. A previsão para o dólar médio foi mantida em R$ 5,15.