Em Iramaia, Prefeito Tunga tem dobro de intenções de voto de Zezinho, diz pesquisa BN/Séculus

Em Iramaia, o atual prefeito e candidato à reeleição Tunga é o favorito para vencer a disputa no pleito de 2020. Dados de intenções de voto levantados pela Séculus Anális e Pesquisa sob encomenda do Bahia Notícias mostram a vantagem do candidato.

Quando os pesquisadores perguntam aos eleitores de Iramaia em quem votariam para prefeito sem apresentar opções, Tunga foi o mais citado e concentra 56,77% nas intenções de voto. Zezinho é o segundo colocado com 26,60%. Teka soma 4,28% e 3,33% não votariam em nenhum. Outros 7,84% não souberam e 1,19% não opinaram.

Na pesquisa estimulada, que o eleitorado aponta em quem votaria a partir das alternativas dadas, Tunga tem mais que o dobro de intenções de voto que o segundo colocado. O candidato à reeleição soma 57,48%, enquanto Zezinho tem 26,60%. O índice de Teka é de 4,28%. Não escolheram nenhum 3,09%, não souberam 7,60% e não opinaram 0,95%.

Já no cenário que aferiu a rejeição, Zezinho aparece com a maior pontuação ao somar 39,43%. Tunga tem 22,80% e Teka 15,44%. Aqueles eleitores que não apontaram nenhum representam 11,64%, os que não souberam 5,23% e não opinaram 5,46%.

AVALIAÇÃO DA GESTÃO

O levantamento BN/Séculus também levantou dados sobre a avaliação da população de Iramaia da atual gestão, do prefeito Tunga. Os resultados mostram que para 33,73% ela é boa, para 23,99% regular e 20,19% ótima. Entre os que avaliam de forma negativa os índices são de 12,59% que consideram “péssima” e 6,89% “ruim”. Não opinaram 2,61%.

O levantamento do Bahia Notícias com a Séculus Análise e Pesquisa fez 560 entrevistas entre os dias 4 e 5 de novembro de 2020. O intervalo de confiança é de 95% e a margem de erro máxima estimada é de 4,0 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra.

Os dados referentes à pesquisa eleitoral das Eleições Municipais 2020 foram encaminhados à Justiça Eleitoral e protocolizados sob o número BA-08320/2020.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas