Armamento civil é tema de encontro em Salvador neste sábado

IMG-20160517-WA0017

Anualmente mais de 60 mil brasileiros são vítimas de assassinatos. Diante da incapacidade de o estado conter essa avassaladora violência e proteger os cidadãos, a questão do armamento civil está em pauta. Quem vem discutir o polêmico tema em Salvador é o presidente do Movimento Viva Brasil, o advogado Bené Barbosa. Com entrada franca, no próximo sábado, às nove horas no Hotel Portobello, em Ondina, Bené fará a palestra “Mentiram para mim sobre o desarmamento”.

Um dos organizadores do evento, promovido pela Fundação Liberdade e Cidadania e Juventude Democratas, o pré-candidato a vereador Alexandre Aleluia diz que a proposta é realizar uma discussão racional e séria sobre o tema. Ele lembra que, embora tenha sido rejeitado por 63,9% dos eleitores em referendo realizado pelo Tribuna Superior Eleitoral em 2005, o Estatuto do Desarmamento, instituído no governo Lula, continua em vigor.

“A sociedade brasileira não pode ficar a reboque de argumentos retóricos desonestos e exagerados, vinculados a interesses ideológicos e partidários de quem não preza a liberdade individual e o direito de legítima defesa. A questão do armamento civil precisa ser discutida honestamente e racionalmente”, afirma Alexandre Aleluia.

Críticos do Estatuto do Desarmamento, medida que praticamente impossibilitou a aquisição e o porte legal de armas para a defesa do cidadão contra a criminalidade, Bené Barbosa pretende expor contundentes argumentos a favor do armamento civil e contra o atual Estatuto que só favorece àqueles que agem à margem da lei.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas