Aiquara: Após ameaça de paralisação, prefeitura garante pagar professores do município

IMG-20150909-WA0056

Os professores e servidores da Rede Municipal de Ensino de Aiquara se reuniram na manhã desta quarta-feira (09) no salão da Câmara de Vereadores com o objetivo de dá início a uma paralisação. O motivo seria o atraso nos pagamentos. De acordo com um dos docentes, o munícipio já teria ultrapassado a data limite estabelecida por lei para efetuar o pagamento referente ao mês de agosto. “Houve uma preocupação por parte dos funcionários e professores que resolveram parar as atividades, por volta das 10h da manhã dessa quarta-feira, e reunir a categoria para discutir uma ação. Formamos uma Comissão que foi até a prefeitura, onde o setor de finanças nos garantiu que até o hoje o pagamento seria efetuado. Com isso, os professores e funcionários resolveram dá mais uma credibilidade a prefeitura. Mas, ainda este mês a APLB se reunirá com o setor financeiro do município para tratar de vários assuntos, dentre eles, essa questão da data certa para o pagamento”, disse um dos lideres da mobilização, durante entrevista a rádio local Bem Querer FM.

Até o fechamento desta matéria, o pagamento ainda não havia sido confirmado. Caso a prefeitura não cumpra o acordo, os profissionais da educação devem se reunir novamente e tomar novas decisões. Comentam-se na cidade que o prefeito Oseias Rebouças (Tico) teria perdido completamente o equilíbrio das finanças do município, inclusive, alguns servidores já reclamam de salários atrasados. O gestor do município não foi encontrado para comentar o assunto. (Giro em Ipiaú)


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas