“Acusações são mentirosas e eleitoreiras”, dispara Florence

frorence

“É mentira! Repudio e rechaço veementemente as acusações desta matéria veiculada na Revista Veja. O Ministério Público investigou o caso do Instituto Brasil em 2010, e concluiu pela inexistência de qualquer ato ilícito a minha pessoa”, esclarece Afonso Florence. Afonso destaca ainda, que a matéria requentada há 15 dias das eleições é caluniosa e eleitoreira. “Irei responsabilizar judicialmente pela injúria, calúnia e difamação”, finaliza.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas