Acidente com ônibus escolar mata diretoras, professoras e alunos no interior de São Paulo

acidente

Um acidente entre uma carreta e um ônibus de estudantes deixou ao menos 11 mortos em Ibitinga, cidade a 347 km de São Paulo, segundo a PRE (Polícia Rodoviária Estadual). Entre as vítimas, estão quatro adultos — duas diretoras e dois professores — e sete adolescentes. A 11ª vítima também seria do ônibus, mas foi localizada embaixo do caminhão e a PRE não soube informar se é um aluno ou um funcionário da escola. Outras 30 pessoas ficaram feridas no acidente.

Ainda de acordo com a PRE de Itápolis, que atende a Ibitinga, o acidente ocorreu por volta das 23h30 de segunda-feira (27) no km 368 da rodovia Deputado Leônidas Pacheco, que liga as cidades de Ibitinga e Borborema, na região de Itápolis.

O caminhão carregava óleo vegetal e pegou fogo com a batida. O ônibus da Viação Jabotur ficou danificado.

Os adolescentes, com idades entre 13 e 17 anos, são da Escola Estadual Dom Gastão Liberal Pinto, da cidade de Borborema. Ainda segundo a PRE, cerca de 35 adolescentes e cinco adultos voltavam de uma excursão na capital paulista. Os feridos, 16 graves e 14 leves, foram levados para as Santas Casas de Ibitinga e Borborema. Segundo informações da Prefeitura de Borborema, a diretora que morreu no acidente não era da Escola Estadual Dom Gastão Liberal Pinto. A vítima, que trabalhaba em um colégio municipal, estava no ônibus acompanhando seus filhos gêmeos na viagem. A prefeitura não tem informações sobre o estado de saúde dos jovens.  Continue a leitura, clique aqui.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas