Foto/Blog Itiruçu Online

A morte de Edvan Santana Souza, de 35 anos, que morreu na tarde da terça-feira (16), na cidade de Itiruçu, pode não ter sido suicídio, conforme anunciado anteriormente. Investigadores da Polícia Civil aguardam o resultado oficial do laudo, mas à causa da morte ainda não foi definida, sendo qualificada como “A Esclarecer”, diante de novos fatos que apontaram uma linha de investigação para homicídio.

De acordo com informações colhidas pelo Itiruçu Online, Edvan foi morto após ter sido ferido com vários golpes de facão no pescoço, desferido na nuca, o que quase decapita a vítima, sendo humanamente impossível que alguém tenha força para se matar nas condições encontradas. A quantidade de golpes desferidos também ficou indefinida, segundo o IML.  O fato ocorreu na Rua Rosalino Primo Amâncio, conhecida por Beija-Flor.

A delegada Dra. Viviane Rosa, que responde pela delegacia territorial de Itiruçu neste mês de Janeiro, em substituição a delegada Dra. Maria do Socorro Damásio, em período de férias, segue ouvindo declarações e estar empenhada em elucidar o caso. Dra. Viviane Rosa é titular na delegacia de Maracás.


Com a lesão sofrida pelo goleiro Léo Paredão no amistoso ADJ x Vitória da Conquista, a Associação Desportiva Jequié (ADJ) foi em busca da contratação de um novo goleiro. O presidente da ADJ, Leur Lomanto Júnior confirmou oficialmente a contratação do goleiro Gustavo. O arqueiro de 24 anos, assinou contrato e se apresenta à Comissão Técnica nesta quinta-feira, 18 de janeiro.

O presidente Leur Lomanto Júnior falou da contratação do novo goleiro. “Agimos rápido e fomos buscar um excelente goleiro, de nível de Seleção Brasileira. Promissor, talentoso, Gustavo chega para agregar, somar. Em sua passagem pela Seleção Brasileira sub-20, pudemos observar que ele é um goleiro extremamente ágil, de muita qualidade. Sua experiência será fundamental na disputa do Baianão”, afirmou.

Luiz Gustavo Almeida Pinto é natural de Colatina-ES e já defendeu as cores do Vitória-BA, Atlântico-BA e Seleção Brasileira sub-20.

O novo arqueiro disse estar muito feliz e preparado para a oportunidade. “Agradeço pela confiança que o presidente Leur, diretoria, comissão técnica e gestor depositam em mim. Trabalho muito forte e dou o meu máximo para estar preparado. Surgiu a oportunidade, infelizmente, com a lesão de um colega, mas futebol é assim. A chance aparece quando a gente menos espera. E temos que estar sempre pronto para responder da melhor maneira. É mais um desafio e tenho certeza que tenho capacidade para corresponder à altura. Vestir a camisa de um time de uma torcida linda e apaixonada, para qualquer atleta, é muito importante e me deixa contente”, declarou Gustavo.


A abertura das inscrições no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) foi antecipada para 23 de janeiro, conforme anunciou hoje (18) o ministro da Educação, Mendonça Filho. Segundo ele, estudantes que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017 e que queiram tentar uma vaga em instituições públicas de ensino superior têm entre 23 e 26 de janeiro para se inscrever.

O anúncio foi feito durante entrevista coletiva para divulgar os resultados do Enem 2017, liberados pouco antes das 12h de hoje. O prazo inicial para registrar a nota da prova e se candidatar a uma instituição pública de ensino superior era de 29 de janeiro a 1º de fevereiro. De acordo com o ministro da Educação, o motivo da antecipação seria apenas “saciar a ansiedade” dos candidatos.

O cronograma das demais seleções da pasta, como o Programa Universidade para Todos (ProUni) e o Programa de Financiamento Estudantil (Fies), segundo ele, permanece inalterado.

Importante saber

Para auxiliar os futuros universitários, o Stoodi, plataforma de educação à distância com foco em vestibular/Enem, fez um levantamento dos principais dados da edição 2017 do Sisu, que podem nortear a escolha neste ano. Os números foram segmentados por instituições e cursos mais procurados, e maiores e menores notas de corte.


Frente do carro ficou destruída (Foto: Reprodução/GloboNews)

Pelo menos 20 pessoas foram atropeladas no calçadão da Avenida Atlântica, em Copacabana, na zona sul do Rio de Janeiro, por um motorista que perdeu o controle de seu veículo, por volta das 20h15 desta quinta-feira, 18, na altura da Rua Figueiredo de Magalhães. Até as 21h30, não havia informações sobre o estado de saúde das vítimas – a princípio, segundo o Corpo de Bombeiros, ninguém morreu.

O carro atravessou tanto a ciclovia como a calçada e só parou no início da faixa de areia. O motorista fugiu, mas já foi identificado e detido. No fim da noite, ele estava sendo encaminhado à 12ª Delegacia de Polícia, em Copacabana, onde o caso será registrado.

O trânsito foi interrompido em duas faixas da Avenida Atlântica, no sentido Leme, no trecho próximo à Rua Figueiredo de Magalhães.

Pelo menos um bebê está entre as vítimas. Os feridos receberam atendimento no próprio local e estão sendo encaminhados para hospitais da região pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Quinze pessoas feridas foram levadas ao Hospital Municipal Miguel Couto, no Leblon, na zona sul.


Segundo o presidente da ABCVAC (Associação Brasileira das Clínicas de Vacina), Geraldo Barbosa, no mês de janeiro não haverá reposição de estoque da vacina de febre amarela nas clínicas de vacinação particulares. A previsão é que – caso o Carnaval não atrapalhe – novas doses sejam recebidas no final de fevereiro. As vacinas são produzidas fora do país e, por isso, o abastecimento pode sofrer com restrição na capacidade de distribuição.

O laboratório responsável pelo abastecimento, o Sanofi Pasteur, entendendo a excepcionalidade da atual situação do país, solicitou a aprovação em caráter excepcional da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) para a importação de um novo lote da vacina com embalagem internacional (dizeres em idioma Inglês, Francês e Espanhol), que acabou de ser concedida. A vacina, que já teve distribuiçãode mais de 400 milhões de doses ao redor do mundo, é chamada de Stamaril e está registrada em mais de 100 países

Em posicionamento enviado à ABCVAC, a Sanofi informou que tanto a empresa, quanto a ANVISA estão empreendendo todos os esforços para acelerar a importação e disponibilizar esta vacina o mais rapidamente possível, seguindo todas as normas e regras aplicáveis para o processo de importação e disponibilização das doses no mercado privado. A Sanofi já iniciou o processo de importação e o lote estará disponível para comercialização no mercado em aproximadamente 30 dias.

Ainda segundo Barbosa, o número de doses não deve resolver completamente o problema de desabastecimento, mas será um número expressivo que irá ajudar o Programa Nacional de Imunização. “Essas vacinas serão distribuídas de forma a atender a todos os estados”, diz. Ainda segundo o presidente da associação, atualmente, não tem estoque em praticamente nenhuma clínica do Brasil.


Foto/Blog Itiruçu Online

A Secretaria da Administração do Estado (Saeb) publica, nesta sexta-feira (19), no Diário Oficial do Estado (DOE), o Edital Saeb 01/2018 de abertura de inscrições para o concurso público da Polícia Civil da Bahia. O anúncio foi realizado pelo governador Rui Costa, nesta quinta (18), durante o #PapoCorreria, transmitido ao vivo pelas redes sociais.

“Fiquem atentos, pois é a regra do edital que vale, não adianta depois da prova tentar mudar as regras, pois elas visam dar estabilidade jurídica, segurança às pessoas. Com isso, nós vamos reforçando a segurança pública do Estado”, disse o governador Rui Costa, durante o programa.

O certame vai oferecer mil vagas na corporação, sendo 880 para investigador, 82 de delegado e 38 para escrivães. O impacto econômico das contratações será de R$ 31,4 milhões, em 2018. O concurso demonstra, mais uma vez, o compromisso do Governo do Estado em reforçar a segurança pública na Bahia.

Entre 2015 e 2017, oEtapasno nomeou 2.557 novos policiais militares. Neste mesmo período, 796 novos policiais foram incorporados aos quadros da Polícia Civil. Contratou também 422 novos agentes penitenciários e 126 peritos para o Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Em junho de 2017, o Estado realizou concurso da Polícia Militar (PMBA) e Corpo de Bombeiros (CBMBA) com 2.750 vagas (duas mil para a PMBA e 750 para o CBMBA). Ainda em 2017, realizou concurso para oficiais, sendo 60 da PM e 30 para o Corpo de Bombeiros.

As inscrições para o concurso da Polícia Civil começam às 10h (horário de Brasília) do dia 1º de fevereiro e ficarão abertas até 2 de março. As inscrições serão feitas exclusivamente pela internet, por meio do site da Fundação para o Vestibular da Universidade Júlio de Mesquita Filho – Fundação Vunesp. No website da instituição, os candidatos precisam clicar no link referente ao concurso público e efetuar a inscrição, conforme os procedimentos estabelecidos no edital.

Após efetuar a inscrição, o site gera um boleto que deve ser pago na rede bancária. A inscrição apenas será considerada válida depois do pagamento. A taxa custa R$ 160 para os candidatos que vão disputar uma das vagas para delegado e R$ 140 para quem for concorrer aos cargos de investigador de polícia ou de escrivão.

Requisitos

Os candidatos que vão concorrer a uma das vagas de delegado precisam ter diploma de conclusão do curso de bacharelado em Direito, devidamente registrado e reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC). Já para os interessados em disputar os cargos de investigador ou de escrivão de polícia é exigido diploma de conclusão de curso superior (em qualquer área), devidamente registrado no MEC. Os investigadores deve possuir também Carteira Nacional de Habilitação (CNH) válida, categoria B, no mínimo.

A remuneração inicial para os delegados de polícia, com regime de trabalho de 40 horas semanais, atingirá o valor de R$ 11.389,96. Já os investigadores e escrivães de polícia terão remuneração inicial de R$ 3.915,85, em regime de 40 horas semanais.

Das 880 vagas para o cargo de investigador, 572 serão para ampla concorrência, enquanto 264 vão ser para candidatos negros, conforme a Lei Estadual 13.182/2014, que garante 30% do total para a para cota racial. Outras 44 vagas de investigador serão reservadas para pessoas com deficiência, de acordo com a Lei Estadual 12.209/2011.

Para delegados, vão ser 53 vagas para ampla concorrência, 25 para negros e quatro para pessoas com deficiência. Já para escrivães serão 25 para ampla concorrência, 11 para negros e duas para pessoas com deficiência.

Etapas

O certame possuirá sete etapas, sendo seis eliminatórias. Primeiro serão realizadas as provas objetivas (1ª etapa-eliminatória) e as provas discursivas (2ª etapa-eliminatória), depois os exames biomédicos (3ª etapa-eliminatória), o teste de aptidão física (4ª etapa-eliminatória), o exame psicotécnico (5ª etapa-eliminatória), a prova de títulos (6ª etapa-classificatória) e a investigação social e de conduta pessoal (7ª etapa-eliminatória).


Um estudo realizado no Instituto de Perinatologia da Bahia (Iperba), por pesquisadores do PET-Saúde/Redes da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, mostra o nível de conhecimento das adolescentes a cerca de métodos contraceptivos. Foram entrevistadas adolescentes grávidas entre 15 e 17 anos, que realizaram pré-natal na instituição, sendo questionadas sobre o conhecimento de anticoncepcional; uso de anticoncepcional antes da gestação; e intenções contraceptivas para serem usadas após a gravidez.

Dentre as 90 adolescentes participantes, a idade média na primeira relação sexual foi de 13,8 anos. A maioria das participantes era solteira (65%), de raça mista (63%), tinham uma renda familiar abaixo do salário mínimo (63%), viviam juntos com os pais (60%), relatavam altas taxas de abandono escolar (43%) e desemprego (90%).

Mais de 80% das entrevistadas disseram que sua gravidez não foi planejada devido à irregularidade ou a falta de uso de anticoncepcionais. A maioria das participantes relatou conhecimento de preservativos (91%), da pílula contraceptiva oral combinada (83%) e de contraceptivos injetáveis (76%). No entanto, menos da metade (42%) relataram conhecimento de métodos anticoncepcionais reversíveis de longa duração (LARCs), como o DIU e implante. Em termos de intenções contraceptivas após a gravidez, os métodos mais citados eram a injeção (40%), o dispositivo intra-uterino (19%) e a pílula (10%).

A pesquisa mostrou, então, um baixo conhecimento de métodos contraceptivos, especialmente de LARCs (os contraceptivos mais eficazes), entre adolescentes grávidas no Nordeste do Brasil. O baixo nível socioeconômico e as altas taxas de gravidez não planejada e os índices de abandono escolar do ensino médio podem ser fatores relacionados, apontando para um aconselhamento de saúde sexual e reprodutiva insuficiente nessa população. Pensando nisso, o grupo de pesquisadoras, composto pelas médicas Milena Brito, Fernanda Scoppeta, Marlene Quadro e Samara Requião, desenvolveu ações educativas na unidade, além de receber a doação de 20 implantes contraceptivos para disponibilizar às adolescentes que desejassem utilizar o método.

 

Planejamento familiar e atendimento à adolescente no Iperba

O Iperba oferece à população de Salvador o serviço de planejamento familiar para mulheres e adolescentes, além de realizar oficinas educativas. O agendamento das consultas acontece de segunda a sexta-feira. O direito ao planejamento familiar é garantido constitucionalmente e regulamentado pela Lei 9.263/96. É atribuição do Estado fornecer recursos educacionais e científicos para que os cidadãos brasileiros possam ter filhos quando ou se quiserem. Aos adolescentes, enquanto sujeitos de direito, deve-se assegurar a atenção integral à saúde, inclusive a sexual e a reprodutiva.

Quando a gravidez ocorre na adolescência, observa-se maior risco de morbi-mortalidade materna e infantil, nascimentos prematuros e de recém-nascidos com baixo peso. Além disso, complicações socioeconômicas como abandono escolar, relacionamentos familiares conflituosos e recorrência de gestação na adolescência.

Ascom do Iperba


O preço do botijão do gás de cozinha (GLP) cairá 5% a partir de amanhã (19) nas refinarias da Petrobras em todo o país e os reajustes do botijão de até 13 kg passarão a ser trimestrais e não mais mensais. A informação foi divulgada hoje (18) pela estatal. As revisões feitas pela Petrobras poderão ou não se refletir no preço final ao consumidor, uma vez que a lei brasileira garante liberdade de preços no mercado de combustíveis e derivados. O preço médio de GLP residencial sem tributos comercializado a partir de amanã nas refinarias da Petrobras será equivalente a R$ 23,16 por botijão de 13kg. No entanto, o preço final ao consumidor vai depender de repasses feitos por distribuidoras e revendedores.

Segundo a estatal, a queda no preço é decorrência de uma revisão feita pela companhia em sua política de preços do GLP de uso residencial, comercializado em botijões de até 13 kg, e que “definiu novos critérios para aplicação dos reajustes, além de uma regra de transição para 2018”, que já implicará na queda de amanhã. Em nota, a Petrobras informa que o objetivo da decisão foi “suavizar os repasses da volatilidade dos preços ocorridos no mercado internacional para o preço doméstico, ao mesmo tempo em que se mantém o disposto na Resolução 4/2005 do Conselho Nacional de Política Energética, que reconhece como de interesse da política energética nacional a prática de preços diferenciados para a comercialização do GLP de uso residencial”.

Estes novos critérios permitirão manter o valor do GLP referenciado no mercado internacional, “mas diluirão os efeitos de aumentos de preços tipicamente concentrados no fim de cada ano, dada a sazonalidade do produto, embora a referência continuará sendo o preço do butano e propano comercializado no mercado europeu, acrescido de margem de 5%”, diz a nota.

Reajuste trimestral

A partir deste ano, os reajustes de preços passam a ser trimestrais em vez de mensais, com vigência no dia 5 do início de cada trimestre. O período de apuração das cotações internacionais e do câmbio que definirão os percentuais de ajuste será a média dos doze meses anteriores ao período de vigência e não mais a variação mensal. Qualquer redução ou aumento de preços superior a 10% terá que ser autorizada pelo Grupo Executivo de Mercado e Preços (Gemp), formado pelo presidente da Petrobras  e pelos diretores de Refino e Gás Natural e Financeiro e de Relacionamento com Investidores. Nestes casos, a data de aplicação dos ajustes pode ser modificada. Caso o índice de reajuste seja muito elevado, o Gemp poderá não aplicá-lo integralmente, e compensar a diferença. O mecanismo de compensação vai permitir comparar os preços praticados com a nova política e os preços que seriam praticados com a política anterior. As diferenças acumuladas em um ano, ajustadas pela taxa selic, serão compensadas por meio de uma parcela fixa acrescida ou deduzida aos preços praticados no ano seguinte.


A ciidade de Wenceslau Guimarães, baixo do sul da Bahia, a cerca de 300 km de Salvador, vive um surto de malária, com uma morte registrada e sete pessoas sendo tratadas com quadro confirmado da doença, segundo informações da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab). De acordo com o órgão, a morte foi de um homem de 33 anos, ocorrida no dia 16 de janeiro. A secretaria informou que as unidades de Vigilância Epidemiológica do Estado e do Município já foram acionadas. Ainda não é possível apontar se os pacientes foram contaminados na cidade ou se alguém contraiu a doença durante viagem.

A Secretaria de Saúde ressaltou que classifica o cenário como “surto localizado” em Wenceslau Guimarães, sem haver registros da situação no restante do estado. A malária é uma doença infecciosa causada pelo parasita Plasmodium. É transmitida pela picada do mosquito de gênero Anopheles ou por contato pelo sangue, como o compartilhamento de seringas. Os sintomas incluem mal-estar, calafrios, seguido de suor intenso e prostração. No caso do plasmodium do tipo falciparum, pode ocorrer uma grave anemia, potencialmente fatal.


Uma das mais belas cachoeiras da área de Mata Atlântica da região de Jequié teve sua beleza cênica alterada em decorrência da destruição da mata ciliar do Rio das Pedras, importante afluente do Rio das Contas. O fotógrafo e ambientalista Dimas de Campos fez registros fotográfico de antes e depois do desmatamento (veja as fotos) e lamentou o crime ambiental:

“É uma pena que ninguém nunca mais vai poder conhecer este lugar com a magia e o encantamento que eu conheci há muitos anos atrás, quando não se tinha estrada até a cachoeira e nem estacionamento pra carros.”.

Para o ambientalista Domingos Ailton, presidente do Grupo Ecológico Rio das Contas – GERC e membro titular do Conama, crimes ambientais como esse da destruição da vegetação ciliar vem ocorrendo por conta da falta de eficácia dos órgãos ambientais em combater os autores da degradação ambiental. “Este crime ambiental do Rio das Pedras é um absurdo e continua ocorrendo porque Jequié do ponto de vista ambiental, é um município sem lei. Os órgãos ambientais, a exemplo do Inema e da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente da Prefeitura de Jequié não agem com vigor para coibir o crime ambiental.” Além de enviar a denúncia da agressão ambiental para o Brasil inteiro através da Rede de Ongs da Mata Atlântica, o GERC vai exigir do Ministério Público que instaure processo e acione os órgãos de fiscalização ambiental para quem praticou o crime ambiental seja identificado e punido, que evite a construção de qualquer empreendimento no local da destruição da mata ciliar e que o autor do delito seja obrigado a restaurar a vegetação ciliar destruída.
Ascom do GERC